Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

9 Sinais de que você chegou ao limite

Na vida às vezes passamos por fases em que não temos forças nem para sair da cama. Parece que tudo escapa de nossas mãos e não conseguimos resolver os problemas. Se você está se sentindo assim, é sinal de que suas reservas de energias se esgotaram.

No Incrível.club, reunimos para você 9 hábitos básicos que levam a uma sobrecarga emocional (ou "síndrome de burnout") e compartilhamos algumas dicas para evitá-la.

9. Você parou de se cuidar

Esta é tanto a fonte de exaustão emocional como o seu sintoma. Quando você não se cuida, perde energia e, quando não tem energia, não pode cuidar de si mesmo: é um círculo vicioso. Não se esqueça que cuidar do seu corpo é uma parte importante da vida. Corpo são, mente sã, lembra?

8. Você quer que tudo seja perfeito

A intolerância às coisas imperfeitas contradiz a ideia da própria vida. Somos humanos, não somos perfeitos e o mundo que nos rodeia também não é ideal. Deixe seu ambiente ser como é e, assim, economizará muita energia.

7. Inventa as próprias regras e as segue sem questionar

Quando se restringe a um "eu nunca vou..." ou "todas as manhãs eu vou...", você se condena a se sentir sempre culpado e a ficar estressado. Relaxe. Livre-se dessas listas e comece a tomar decisões com base no senso comum, e não nas notas escritas em um pedaço de papel. Ser constante e ter hábitos definidos é bem diferente de estabelecer metas inalcançáveis.

6. Você acha que deve cuidar de tudo

Trata-se do desejo de "ser bom" para alguém: para o chefe, para os pais ou para o marido. Tudo ao mesmo tempo. Isso representa uma infinita fonte de estresse e, às vezes, as metas são inatingíveis. Aprenda a priorizar, a delegar tarefas e a dizer "não".

5. Tem uma relação pouco saudável com a alimentação

Qualquer extremo é ruim, não só para o organismo (embora este seja o primeiro a sofrer), mas também para o sistema nervoso. Comer em excesso sem perceber, assim como pular refeições o tempo todo são atitudes que reduzem suas reservas de energia e geram todo tipo de complexos, remorsos de consciência e baixa auto-estima.

4. Você sofre porque não consegue ajudar a todos

É impossível ajudar todo mundo. Se você tenta fazê-lo, quebrando-se em pedaços, vai se perder e ainda assim não conseguirá satisfazer todos. A melhor coisa que pode fazer para o mundo é ser feliz. Você deve ajudar estranhos, dedicar-se à caridade e apoiar psicologicamente seus amigos, quando tem muitos recursos (econômicos e emocionais), mas não quando isso de algum modo o prejudica.

3. Você tem baixa auto-estima

Sentir-se culpado de tudo o que acontece ao seu redor custa muita energia e não o leva a nenhum lugar. Nesse caso, o que ajuda é pensar com a cabeça fria e a pedir uma opinião a terceiros. Se você é ruim em algo e isso o atormenta, deve analisar o problema e resolvê-lo. E se não pode mudar algo, simplesmente aceite essa situação como um fato. Afinal, o que não tem remédio remediado está.

2. Vive num mundo de sonhos

Quando seus sonhos não coincidem com a realidade, é muito cansativo. E aí você não só gasta energia na sua vida real como também na imaginária. É mais agradável deixar o universo das fantasias e procurar como tornar seus sonhos realidade.

1. Você não se permite viver

Para levar uma vida feliz e harmoniosa, é muito importante ter pequenos rituais agradáveis para si mesmo e se tratar com amor. Afinal, você é a única pessoa que terá de suportar pelo resto da vida.