Quais são os jeitos mais saudáveis de comer 10+ dos nossos alimentos favoritos

Há uma correlação entre as diferentes cores de vegetais e os benefícios à saúde por eles fornecidos. Os vegetais vermelhos são conhecidos por suas propriedades antioxidantes, enquanto os verdes são famosos por ajudar na boa saúde dos olhos — já os amarelos são frequentemente considerados uma boa fonte de proteína. Mas como devemos comer todos esses alimentos para maximizar seus benefícios nutricionais?

Incrível.club o encoraja a aprender quais alimentos contêm mais minerais e vitaminas, para que você consiga tomar uma decisão embasada sobre o que comer e o que descartar.

1. Bananas

As bananas são uma rica fonte nutricional, incluindo vitaminas B e C, bem como magnésio e potássio. Aqueles fiapos entre a banana e sua casca também precisamos ingerir. Eles são chamados de “feixes vasculares” e distribuem água e nutrientes por toda a fruta. Também é provável que contenham mais fibras e são um excelente complemento à sua dieta. Portanto, não os descarte!

2. Tomates

Cozinhar um tomate pode soar como uma blasfêmia, porém, cozidos, liberam mais licopeno, um antioxidante que combate o câncer. Isso acontece porque o calor quebra as paredes celulares mais resistentes do fruto, permitindo que nosso organismo absorva seus nutrientes mais facilmente. Assar um tomate lentamente, ou fazer um molho cozido também resolverá o problema.

3. Acelga, beterraba e nabo

Você está absolutamente certo ao comer as folhas desses vegetais, mas seus caules também são comestíveis. Cozidos, eles fornecem uma dose de glutamina, um ácido especial que ajuda a curar o corpo. Também possuem um sabor incrível se escaldados e salteados no azeite de oliva. Portanto, aproveite sua compra de vegetais ao máximo, comendo todas as suas partes e receba uma dose maior de vitaminas.

4. Batatas

Comer batata com casca fornece mais fibras, vitaminas e minerais do que comê-la sem. Entre os seus nutrientes estão a vitamina C, várias vitaminas B, ferro, cálcio e potássio. Esse alimento também fornece energia, reduz o estresse e beneficia os ossos e a digestão. A melhor maneira de deixar a casca comestível é assando a batata.

5. Maças e laranjas

O ideal é comer essas frutas sem descartar a casca! A da maçã contém o antioxidante quercetina, que faz maravilhas para o coração e o cérebro. Já a casca da laranja tem compostos chamados flavonas, que reduzem o colesterol e protegem o coração. A forma mais comum de consumi-la é através de chás.

6. Ovos

Embora os ovos se tornem mais digeríveis quando cozidos, altas temperaturas podem prejudicar alguns dos seus nutrientes. Por exemplo, os ovos cozidos no micro-ondas, fritos e cozidos na panela têm a quantidade de antioxidantes reduzida, além de oxidar o colesterol dos ovos. Isso significa que o ovo pochê e o menos cozido (com a gema mole) são os mais saudáveis, pois, preparados dessas formas, eles maximizam as proteínas e mantêm as substâncias boas intactas. Essas formas de preparo também não acrescentam calorias extras.

7. Cebola e alho

Esmagar e picar cebola e alho libera alliinase, uma enzima que ajuda a produzir um nutriente chamado alicina que, ao ser ingerido, ajuda a criar outros compostos que nos protegem de doenças, reforçando nosso sistema imunológico. Além disso, tanto a cebola quanto o alho contêm enxofre, que combina bem com alimentos ricos em ferro e zinco, como o peru, a carne bovina e o fígado.

8. Grãos e feijões

Os compostos presentes naturalmente nos grãos e nos feijões podem torná-los difíceis de digerir. Quando você deixa o feijão e os grãos de molho, está reduzindo a quantidade desses compostos, tornando os minerais mais disponíveis e a digestão mais fácil. Isso também ajuda o organismo a absorver melhor os minerais como ferro, cálcio e zinco, que são liberados pela água morna. Se você comprar feijão-vermelho, coloque-o de molho e o ferva. Caso contrário, pode causar vômitos e diarreia graves.

9. Verdes

Tudo o que é verde deve ser comido cru. Couve-de-Bruxelas, brócolis, abacate, espinafre e todas as outras verduras contêm nutrientes solúveis em água, sensíveis ao calor. As altas temperaturas prejudicam a vitamina C, o folato e as vitaminas B1 e B5, por isso você conseguirá obter mais dessas substâncias ao comer alimentos verdes crus. Por exemplo, o espinafre cru tem três vezes mais vitamina C do que o espinafre cozido.

  • Se você simplesmente não tem estômago para o brócolis cru, experimente cozinhá-lo em fogo baixo, sem muita água.

Quais são suas maneiras favoritas de cozinhar e comer esses alimentos? Comente.

Imagem de capa pexels.com
Compartilhar este artigo