Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Pratos de Natal e Ano Novo em diferentes países

1---
536

Cada país conta com as suas próprias tradições gastronômicas, mas sempre há algo em comum: na mesa preparada para as festas de Natal ou Ano Novo, cada prato tem um significado especial. E frequentemente, muita gente espera o fim do ano chegar para, enfim, saborear determinadas delícias.

O Incrível.club descobriu o que as pessoas ao redor do mundo costumam preparar para a época de festas. Confira a seguir.

Dinamarca

Os dinamarqueses costumam servir um ganso defumado recheado com frutas secas, ou uma pata de porco com batatas e repolho roxo. Para sobremesa, há o "Grütze": arroz com leite com compota de frutas e amêndoas fritas. Eles bebem vinho quente e cerveja.

Nepal

No Nepal, onde boa parte da população pratica o hinduísmo, o Ano Novo é celebrado em meados de abril e se chama Bisket Jatra. Mais que uma festa, trata-se de um espetáculo teatral de encher os olhos, cheio de instrumentos musicais. Nesse dia, os nepaleses costumam comer pratos tradicionais tibetanos e hindus. O mais popular é o dal bat, preparado com lentilhas, tomates, cebola, gengibre, arroz e especiarias.

Itália

Bem familiar para quem tem descendência italiana! Os jantares em família são realizados durante o Natal. Já o Ano Novo é celebrado em festas barulhentas, ao lado da família e dos amigos. Mas os pratos para ambas as festas são os mesmos. Na Itália, a linguiça do porco é cozida artesanalmente. Geralmente é servida com lentilhas, símbolo de longevidade, saúde e bem-estar.

México

No México, o costume é o jantar com romeritos (prato que leva camarões e batatas) e peru recheado com frutas secas e carne moída. Cada região e cada família tem seus próprios hábitos: alguns preferem acompanhar o peru com espaguete, enquanto outros apostam no bacalhau. E não pode faltar o ponche ou o champurrado (chamado de chocolate quente mexicano).

Grã-Bretanha

O jantar tradicional nas mesas britânicas é assim: peru recheado com uma guarnição de vegetais e um pudim de sobremesa. O prato principal é preparado com migalhas de pão, farinha, bacon, uvas passas, ovos e diversos tipos de especiarias. Antes de servir, a sobremesa é banhada com rum, flambada e servida em chamas.

Vietnã

No Vietnã, a festa de Ano Novo é chamada de Tet, e é festejada segundo o calendário lunar. A data varia de ano a ano, caindo sempre entre os dias 20 de janeiro e fevereiro. Os pratos festivos são tradicionalmente preparados com arroz e carne. Por exemplo, carne de porco em leite de coco ou a torta banh chung (mistura de arroz e carne de porco fritos e enrolados em folhas de bambu).

França

No jantar francês, não podem faltar as ostras, sanduíches com patê de fígado de ganso (foie gras), queijos e, claro, muito vinho francês!

Japão

Os japoneses acreditam que as castanhas trazem boa sorte aos negócios. Portanto, o ingrediente é usado em vários tipos de pratos: tanto em guarnições quanto em sobremesas. Por exemplo, nas tortinhas moti de arroz cozido. É comum encontrar também nos jantares festivos algas, ervilhas, favas e caviar de arenque.

Estados Unidos

Nos Estados Unidos, o prato tradicional das mesas festivas é o peru recheado. Porém, ele é preparado de uma maneira especial: recheado com tudo que for encontrado na geladeira: pão, queijo, ameixas secas, alho, feijão, cogumelos, maçãs, couve...

República Tcheca

A decoração obrigatória durante as festas e orgulho de todos os tchecos é um bolo delicioso folhado com maçãs, o strudel. É servido com sorvete, chantilly ou geleia. No mais, a mesa festiva tcheca é simples, mas tentadora: caldo, peixe e mingau de cevada perolada.

Portugal

Numa casa portuguesa, não podem faltar pão, vinho e, claro, um delicioso bacalhau. E, nas festas, as uvas precisam estar presentes. A fruta é símbolo de abundância e de um lar familiar feliz. Portanto, assim como em outros países, junto com as badaladas da meia noite no Ano Novo, boa parte dos portugueses comem 12 uvas e fazem pedidos. Uma tradição que se tornou popular nas regiões brasileiras com maior número de portugueses.

Polônia

A tradição polaca consiste em organizar a mesa com exatamente 12 pratos. E, ao mesmo tempo, não pode haver nada de carne. Caldos, batatas, massas, assados. O prato principal é peixe, que pode ser preparado de formas diferentes: assado, frito, etc. Neste país, o alimento é um símbolo de bem-estar familiar.

Holanda

O prato principal para os holandeses são espécies de rosquinhas fritas polvilhadas com açúcar. Eles costumam acrescentar feijão aos pratos quentes.

Imagem de capa depositphotos
Produzido com base em material de breadsalt, povarenok, legkogotovit
1---
536