Incrível
Incrível

6 Alimentos que nos deixam cansados já na metade do dia

Dizem que a melhor forma de se alimentar para ter um dia produtivo é ter um ótimo café da manhã e um bom almoço. Mas, infelizmente, alguns dos produtos que estamos acostumados a comer todos os dias não nos fazem bem e, ao invés de proporcionarem energia, nos roubam.

É por isso que logo após o jantar não queremos fazer mais nada, mas ir direto para a cama. Além disso, muitas vezes, o café da manhã nos dá energia apenas para algumas horas, fazendo com que tenhamos de tomar outro café algumas horas depois.

No Incrível.club, fizemos uma lista com alguns produtos que é melhor não comer no café da manhã e no almoço para nos mantermos ativos e produtivos até o final do dia. Confira.

1. Café da manhã: pouco doce, muitos cereais

Todos esses produtos que as propagandas mostram como ideais para o café da manhã contêm uma grande quantidade de açúcar. Quando comemos doces de barriga vazia o pâncreas é estimulado. Ele começa a produzir insulina para reduzir o açúcar no sangue. Como resultado, após um café da manhã assim não sentimos energia, mas muito cansaço.

Outro efeito secundário do aumento brusco no nível de açúcar no sangue é o apetite. Não se surpreenda se, ao chegar no trabalho uma hora após o café da manhã, você precisar comer alguma coisa. O terceiro aspecto negativo: após alguns anos comendo produtos doces no café da manhã o risco de desenvolver diabetes aumentará bastante.

Para um café da manhã saudável, coma aveia, leite desnatado, cereais e iogurte sem açúcar, nozes e frutas secas.

2. Pão branco

As pessoas comem pão branco (na verdade, farinha refinada) nas mais diferentes formas: torradas, sanduíches ou mesmo pizza na hora do almoço. Essas massas agem no corpo da mesma maneira que os doces: estimulam o pâncreas e causam a liberação de insulina. Como resultado, temos a mesma sensação de cansaço.

Além disso, a farinha branca tem um valor nutricional muito baixo. Portanto, se você está acostumado a comer pizza ou sanduíches no trabalho, não espere ficar satisfeito até chegar em casa. O mais provável é que queira comer algo poucas horas depois, o que pode fazer você engordar.

Em 2015, uma revista americana de nutrição publicou um estudo muito interessante que afirmava que o consumo de grandes quantidades de pão branco podia causar depressão.

3. Bebidas energéticas

Infelizmente, é um mito a ideia de que as bebidas energéticas nos enchem de energia. Elas, na verdade, não causam nenhum efeito no nosso metabolismo energético.

Por que nos sentimos ativos após tomar essas bebidas? A razão continua sendo a mesma: o açúcar. Uma lata contém mais ou menos 13 colheres, enquanto que o consumo diário recomendado pela Organização Mundial da Saúde é de até 6 colheres.

Em função do aumento no nível de açúcar, sentimos o coração mais acelerado e um aumento da atividade geral, mas isso passa muito rapidamente. Após algum tempo, a única coisa que te espera é o cansaço, a dor de cabeça e a vontade de beber mais. Além disso, beber energéticos demais pode causar problemas no coração.

4. Café

O café tem o mesmo efeito no nosso corpo que a sensação na hora do perigo. Quando a cafeína entra na corrente sanguínea, as glândulas suprarrenais começam a produzir adrenalina e cortisol. Isso dá energia por algum tempo. Portanto, tomar um café de vez em quando não é problema nenhum.

Mas, se você sempre precisa do café para ficar animado, as glândulas suprarrenais simplesmente vão parar de responder. A sua tolerância para a bebida aumentará e você sempre vai precisar de uma dose maior para ficar animado. O seu corpo vai se comportar da seguinte maneira: primeiro, ficará ativo; depois, completamente pra baixo.

A saída para esse círculo vicioso é não tomar café todos os dias, mas apenas de vez em quando. Só assim a bebida vai manter a função revigorante.

5. Defumados e frituras

Qualquer alimento processado perde suas substâncias saudáveis. Produtos defumados e fritos são, em geral, os que têm menos vitaminas e minerais. Mas, paradoxalmente, esses alimentos, super comuns em restaurantes tipo fast food, estão entre os mais consumidos no mundo inteiro.

A comida rápida é processada justamente para durar mais tempo e ter um sabor mais forte. Mas ela continua sendo gordurosa e pesada, exigindo do corpo muita energia na hora da digestão. Portanto, é um quebra galho quando você está com pressa, mas, de maneira alguma, funciona como uma alimentação saudável.

Além disso, esses pratos têm um sabor forte demais, fazendo com que os outros alimentos pareçam sem sal. Não se surpreenda se você comer no McDonald's cinco vezes em uma semana e ficar com vontade de comer também no final de semana.

6. Carne vermelha

Cientistas continuam discutindo se é ou não é bom comer carne vermelha. Por um lado, ela contém muitos micronutrientes; por outro, causa sérios problemas secundários. De qualquer forma, ela não é boa para aumentar o nível de energia.

Em primeiro lugar, o corpo gasta muita energia para fazer a digestão. Portanto, após um almoço com carne o mais provável é que você queira tirar um cochilo, e não trabalhar ativamente. Em segundo lugar, a utilidade da carne depende da qualidade e do processamento. Se você comer salsichas, o corpo vai precisar de muita força para digerir e não vai receber grande valor nutricional. O resultado é cansaço e fome após algumas horas.

Se não está pronto para deixar de comer carne vermelha, escolha uma que tenha passado por pouco processamento - um bife simples, por exemplo. Além disso, se conseguir, deixe para comer carne vermelha pelo menos um dia por semana. É saudável e não exige tanto sacrifício.

É nessas horas que entendemos que a frase 'somos o que comemos' faz sentido. A comida realmente tem um grande papel no nosso estado de ânimo, capacidade de trabalhar e qualidade de vida.

Você já percebeu a influência de alguns alimentos em sua disposição?

Compartilhe as suas percepções nos comentários.

Imagem de capa depositphotos
Incrível/Receitas/6 Alimentos que nos deixam cansados já na metade do dia
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos