11 Costumes alimentares em outros países que não têm nada a ver com os brasileiros

Cada país, mesmo quando são vizinhos, estão marcados por tradições e costumes diferentes. Isso também vale para as refeições do dia a dia. Esses costumes podem ser definidos pelos alimentos disponíveis na região, pelo clima e até por fatos históricos.

Aqui no Incrível.club, a gente adora saber mais sobre as curiosidades de diferentes partes do mundo. Pensando nisso, pesquisamos como um brasileiro pode ser surpreendido em outros países ao participar de situações rotineiras, como um churrasco ou jantar, encontrando hábitos tão diferentes dos nossos. Veja o que achamos!

1. Café da manhã

Um copo de café preto e pão francês fresquinho é um dos típicos costumes no café da manhã de grande parte dos brasileiros. Se você não consegue pensar em começar o dia de outra maneira, pode ficar espantado ao acordar no México.

Um dos cardápios mais comuns para o desjejum mexicano é a chamada Chilaquiles, composta por tortillas fritas, acompanhadas por feijão frito, ovos, guacamole e carne ou frango desfiado.

2. Almoço

Diferentemente do que acontece no Brasil, onde sempre fazemos um intervalo para uma refeição completa ao meio do dia, seja em casa ou nos restaurantes self service tão populares por aqui, em alguns países esse hábito não existe.

Por isso, quando for almoçar nos Estados Unidos, é bom estar preparado para um autêntico fast food. Grande parte dos americanos almoça sanduíches com fritas e refrigerante.

3. Sobremesa

E, se depois de almoçar, vier aquela vontade de comer um docinho inofensivo, é bom estar atento ao que vai pedir para comer. Um simples suspiro, por exemplo, pode ser bem diferente aqui no Brasil e lá na Nova Zelândia, por exemplo.

Lá, o doce é a base de uma sobremesa chamada Pavlova, que nada mais é do que um grande merengue, em forma de bolo, recheado com frutas da estação e uma espécie de chantily.

4. Lanche da tarde

Um dos símbolos mais representativos do nosso lanchinho da tarde é o pão de queijo. Leve e saborosa, essa receita que é um ícone da tradição mineira, faz a alegria na hora em que bate aquela inesperada “vontade de comer alguma coisa”.

Para quem vive nos Estados Unidos, porém, há outra receita tradicional para estes momentos: os açucarados Donuts são uma paixão nacional por lá. E podem ser encontrados com a mesma facilidade com que os brasileiros têm acesso ao pãozinho de queijo mineiro.

5. Jantar

No Brasil, o jantar varia muito de acordo com a rotina da família e seus costumes. Ele pode ser apenas um sanduíche, uma pizza ou até a repetição do cardápio do almoço, mas sempre configura uma refeição completa, com fibras, proteínas e algum carboidrato.

Já se você estiver na Índia e for convidado para jantar, pode esperar um menu diferente do que estamos habituados. Um dos principais pratos servidos nessa refeição é o Curry de peixe, uma receita que lembra a moqueca brasileira e tem como base leite, óleo de coco e pimenta, muita pimenta!

6. Churrasco

O autêntico churrasco brazuca é bem diferente em outros cantos do mundo. Nada que o torne melhor ou pior do que o nosso. Ao contrário, a defumação dos alimentos, presente em todos os tipos de churrasco, é o que torna esse evento tão especial.

Mas, quando for participar de um churrasco na África do Sul, esqueça o espeto de picanha. Por lá, é comum o preparo de linguiça e vegetais diretamente na grelha.

7. Bolo de Aniversário

As festas de aniversário no Brasil são normalmente repletas de guloseimas e têm o bolo decorado como atração principal da mesa. Mas essa tradição muda de lugar para lugar. Prova disso é a forma que os australianos comemoram a passagem de mais um ano de vida.

Se for a uma festa de aniversário na Austrália, nada de procurar pelo bolo cheio de velas, combinado? No país, a comemoração é feita com o tradicional Fairy Bread — ou Pão de Fada, que traz confeitos coloridos.

8. Docinhos de Aniversário

E por falar em comemorações de aniversário e suas tradicionais guloseimas, quem é que não pensa em um delicioso brigadeiro quando fala em festa de criança, não é mesmo? Mas essa iguaria é exclusividade do brasileiro.

Em outros países, como nos Estados Unidos, o mais comum é servir cupcakes durante a festa. Esse mini bolo é tradicional no país e existem incontáveis combinações de sabores e coberturas.

9. Sopa

Basta o clima esfriar um pouco e já pensamos em uma sopa apetitosa para nos aquecer. O mais comum na maioria das casas brasileiras é preparar um cozido de legumes com macarrão, ainda que haja variações, como a sopa de feijão, a de lentilha e o caldo verde.

Na China, porém, a sopa é uma das refeições mais praticadas, independentemente do frio ou calor. A receita também é bem distinta da nossa: o popular Ramen leva macarrão lamen, ovos, carne de porco, espinafre, cebolinha, cogumelos e algas.

10. Feijoada

A gente tem todo direito de bater no peito e se dizer orgulhoso dessa criação saborosa, típica do Brasil. Preparada com feijão-preto e partes de carne suína, a Feijoada conquista fãs no mundo todo.

Se, porém, você estiver na França e sentir uma saudade incontrolável da nossa feijoada, vai encontrar algo parecido em um prato de Cassoulet. A receita tradicional francesa leva feijões-brancos e carne suína e de aves, além de legumes.

BÔNUS: Cachorro-quente

Você, provavelmente, já ouviu falar sobre as particularidades do cachorro-quente aqui no Brasil. De purê de batata a ovo de codorna, não há limites para o nosso dogão! Mas, a realidade é que muitos outros cantos do mundo também criaram a própria receita.

Na Itália, o lanche traz, além da salsicha, o manjericão, tomates e até cream cheese. Na Coreia, o sanduíche é empanado e frito, servido no palito. Já o autêntico Hot Dog americano, é muito mais simples: pão, salsicha, catchup e mostarda.

Se você está pensando em se tornar um “cidadão do mundo”, já pode usar nosso artigo para se familiarizar com as diferenças entre os costumes alimentares de diversos países. Já viajou para algum lugar e se surpreendeu com a gastronomia local? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar este artigo