Incrível
Incrível

10+ Mitos sobre a culinária italiana em que acreditamos, embora os próprios italianos nem sequer saibam sobre eles

Muitas pessoas já não podem imaginar um encontro com amigos sem uma pizza de pepperoni ou um almoço em um restaurante sem uma carbonara com creme de leite. Mas na realidade esses pratos têm muito pouco a ver com a autêntica cozinha italiana. E, a propósito, o hábito de terminar cada refeição com um cappuccino é considerado pelos habitantes de Roma e Milão um indício de más maneiras.

Nós, do Incrível.club, decidimos desmascarar alguns mitos sobre a cozinha italiana que se estabeleceram firmemente em nossas cabeças. E no bônus contaremos sobre a “regra de pratos limpos”, adotada na Itália.

12. Carbonara servida com creme de leite

Estamos acostumados a que essa massa seja servida com creme de leite, mas na Itália nunca ouviram falar desta forma de servi-la. A carbonara tradicional é feita com ovo e bacon (ou com guanciale — bochechas de porco curados). Além disso, a receita original não menciona o parmesão. Os moradores locais sugerem polvilhar o prato com uma pitada de pecorino, um queijo duro feito a partir de leite de ovelha.

11. Tomar café, chá ou mate durante as refeições

Durante as refeições os italianos costumam beber apenas água. A única exceção é a pizza, que pode ser acompanhada de refrigerante. É claro que seu pedido de uma xícara de chá com a massa ou um cappuccino com um bife não será recusado, mas esteja preparado para um olhar decepcionado do garçom.

10. Pepperoni é uma pizza com salame

A palavra peperoni em italiano significa “pimentões”. Portanto, se você pedir pepperoni em uma pizzaria italiana, é provável que sirvam uma pizza com pimentões. É melhor pedir uma Pizza alla diavola, que é aquele pepperoni com salame picante a que estamos acostumados. E uma dica dos habitantes locais: as melhores pizzarias só abrem à noite, pois cozinham em fornos à lenha, que levam muito tempo para esquentar.

9. Uma pizza para a turma toda

Em restaurantes italianos não é habitual dizer: “Vamos pedir um prato para três”. Todos à mesa precisam ter sua própria pizza. A única exceção, talvez, é em relação às crianças pequenas, que podem pegar as fatias dos pratos de seus pais. Portanto, se você não sentir muita fome e tiver certeza que ficará satisfeito com apenas uma fatia de pizza, é melhor comprar só ela e pagar por peso.

8. Parmesão com frutos do mar

Acreditamos que o parmesão ralado combina muito bem com a massa. Mas macarrão com frutos do mar é um caso totalmente diferente. Os especialistas em culinária italiana alegam que o queijo ofusca o delicado sabor do peixe e do camarão.

7. Comer pão com azeite

Nos restaurantes italianos, ainda antes de servir o primeiro prato, frequentemente trazem uma cesta de pão. Mas os habitantes locais não começam a comê-lo com azeite. Considera-se que o pão pode servir como um petisco para os clientes com fome, enquanto esperam pelo prato principal, e mais tarde eles podem fazer um pequeno sanduíche com prosciutto ou outros frios. No final de uma refeição, os italianos costumam recolher os restos do delicioso molho que sobrou no prato com um pedaço de pão, que na Itália chamam scarpetta (sapatinho em português).

6. Massa é uma guarnição, e com ketchup é ainda mais saborosa

Comer macarrão com ketchup é uma prática que os italianos não aceitam de jeito nenhum, e os chefs experientes até consideram essa combinação um “verdadeiro pecado culinário”. Além disso, vale a pena lembrar que a massa é um prato completo, e não pode servir como acompanhamento para um bife.

5. Tomar cappuccino sempre que quiser

Os italianos costumam tomar cappuccino apenas no café da manhã, pois o leite é um alimento de difícil e demorada digestão. Durante o dia e à noite, em vez de um cappuccino, é melhor pedir um espresso ou um macchiato (espresso servido com um pouco de leite).

4. Comer ovos no café da manhã

Sim, podemos encontrar os ovos nos buffets dos hotéis italianos. Mas os próprios italianos nunca comem ovos no café da manhã, pois consideram esse alimento muito pesado para uma refeição matinal. Eles geralmente se contentam com uma xícara de café e algum tipo de pastelaria doce ou uma fatia de pão com geleia.

3. Cada salada precisa do seu próprio molho

Nos restaurantes italianos não adianta esperar por molhos complexos, pois eles simplesmente não existem. Em vez disso, você será orientado a temperar a salada com azeite, vinagre balsâmico e um pouco de sal a gosto: os chefs locais não gostam de ofuscar o verdadeiro sabor dos ingredientes.

2. Não importa a ordem dos pratos na refeição

Ao pedir comida, lembre-se que primo (primeiro prato) é massa, risoto ou sopa, enquanto secondo (segundo prato) consiste em carne. Mas você pode optar apenas pelo primo, que é quase sempre mais saboroso e nutritivo e, o que é bastante importante, mais em conta. A sequência clássica de pedidos em um restaurante italiano: petisco (antepasto), primeiro prato, segundo prato e sobremesa.

1. Tanto o macarrão quanto a pizza podem ser polvilhados com parmesão

Muitas pessoas que não cresceram na Itália acreditam que o parmesão é um queijo que serve para ser polvilhado em grandes quantidades tanto na pizza quanto na massa. Mas os cozinheiros locais utilizam muitos queijos diferentes (acima, já mencionamos o queijo pecorino, que os chefs italianos aconselham adicionar à clássica carbonara). E se o queijo não for indicado na receita, então há uma boa razão para isso. Por exemplo, seu sabor intenso pode prevalecer sobre todos os outros ingredientes do prato.

Bônus: a regra de pratos limpos

Se você estiver visitando seus amigos italianos, lembre-se de que é provável que eles estejam atentos para ver se você comeu tudo o que estava em seu prato. Se deixar a comida no prato, pode ofender aquele que a preparou com tanto carinho, mas se você comer tudo muito rápido, esteja preparado para receber mais um prato cheio. Portanto, não tenha pressa e aproveite sua refeição.

Você gostaria de provar uma verdadeira carbonara italiana? Ou prefere massas adaptadas ao nosso gosto? Deixe a sua opinião nos comentários!

Incrível/Receitas/10+ Mitos sobre a culinária italiana em que acreditamos, embora os próprios italianos nem sequer saibam sobre eles
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos