Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Regras básicas para criar um cômodo perfeito

O interior de toda casa sempre tem algo de especial. Mas às vezes, os moradores levam anos para conseguir criar um ambiente acolhedor. Só que, independentemente dos toques pessoais que demos a nossa casa, existem algumas regras básicas para harmonização que devemos seguir.

O Incrível.club reuniu 10 orientações compartilhadas por decoradores profissionais para que você crie um ambiente perfeito.

10. Conceito bem pensado

Antes de começar a decorar sua casa, é importante pensar no conceito geral do estilo. Para isso, você pode recorrer a uma colagem abstrata que reflita as cores, o estilo, as formas e texturas do futuro ambiente. Com um conceito bem definido, fica mais fácil pensar em que móveis escolher e que objetos devem ser evitados.

9. Paleta de cores

O recomendado é usar, no máximo, 4 ou 5 cores, sendo que 3 ou 4 delas devem ser neutras. Além disso, quanto mais cor houver no ambiente, menos intensas elas devem ser. As cores brilhantes estimulam o sistema nervoso, por isso são muito usadas em restaurantes e baladas. Para um lar, o ideal é usar cores intensas apenas para destacar algumas partes do cômodo.

8. Fundo neutro

Na hora de escolher decoração e móveis, é muito importante não esquecer dos "espaços vazios". As paredes pintadas numa cor neutra destacam a beleza dos acessórios coloridos e proporcionam descanso à visão.

7. Centro de composição

Ao posicionar móveis ao lado da parede, conseguimos muito espaço no meio do ambiente. É a solução perfeita para pequenos espaços. Se seu cômodo foi muito espaçoso, é melhor colocar os móveis por áreas. Assim, o lugar fica mais aconchegante e dinâmico.

6. Áreas bem distribuídas

Separar um cômodo por áreas ajuda a criar a sensação de conforto e proporciona mais mobilidade no espaço. Use tecidos, prateleiras ou telas para separar, por exemplo, a sala de jantar do dormitório.

5. Decoração excessiva

De preferência, não sature sua casa com objetos decorativos. Abra mão dos acessórios excessivos para ampliar visualmente o espaço, deixando-o respirar. O importante é deixar apenas as coisas que sejam realmente bonitas e úteis: uma luminária estilosa, algumas fotos e uma bela manta.

4. Tecidos

Muita gente evita almofadas e tapetes por uma questão prática. Mas não usar esses elementos compromete o conforto do ambiente. O ideal é usar tanto tapetes quanto cortinas e almofadas.

3. Iluminação local

Luminárias de mesa, de parede ou de chão também ajudam a criar a sensação de acolhimento. Sem falar que, quando não planejamos com cuidado a iluminação do ambiente, ele fica menos confortável: você não conseguirá ler nem trabalhar no seu canto predileto da casa.

2. Ao nível dos olhos

Quadros e pôsteres devem ser colocados à altura dos olhos. Quando eles são posicionados mais alto ou mais baixo que o normal, passam ao ambiente a sensação de desequilíbrio.

1. Bagunça onde não existe

Guardar objetos pequenos em cestos ou caixas decorativas ajudam a lutar contra a bagunça. Ao mesmo tempo, recipientes desse tipo servem como decoração para sua casa. Eles são especialmente úteis no banheiro ou área de serviço.

Imagem de capa depositphotos