Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Plantas comuns que podem ser letais para os nossos gatos (e algumas que são benéficas)

4-41
422

As plantas são grandes aliadas na hora de decorar os espaços da casa e renovar o ambiente. Mas, se você possui um gatinho, saiba que algumas delas podem ser muito perigosas para a saúde do peludo. As folhas, as flores, as sementes, os frutos e até o pólen podem ser perigosos para os nossos adoráveis ​​e curiosos felinos.

Incrível.club adora gatinhos, então preparou esta lista com algumas plantas muito comuns que você pode ter em sua casa e que são tóxicas para o seu animal de estimação. E não perca o bônus no final do post, onde encontrará espécies do reino vegetal que são saudáveis ​​para os nossos amigos de quatro patas.

1. Kalanchoe

kalanchoe, também conhecido como flor-da-fortuna, é um gênero que inclui uma grande variedade de espécies bastante decorativas. Essas plantas florescem do início do inverno até a primavera. Mas, para os gatinhos, podem ser muito perigosas. Todas as suas partes contêm toxinas e, se o nosso animal de estimação as ingerir, pode apresentar sintomas como vômitos, diarreia e salivação excessiva. Além disso, se consumir essas plantas em grande quantidade, pode ter arritmia cardíaca e convulsões. Então agora já sabe: se tiver uma dessas plantas em casa, é melhor mantê-la longe do seu gato.

2. Epipremnum aureum

epipremnum aureum, conhecida popularmente como jiboia, talvez seja uma das plantas de interior mais comuns. Cuidar dela é muito simples. Além disso, a espécie é forte e resistente. No entanto, também pode causar estragos na saúde dos nossos gatinhos. Os felinos são tão curiosos que costumam se aproximar dessa planta para mastigar suas folhas e seus galhos. E é aí que começam os problemas, pois essa espécie contém algumas substâncias nocivas, que podem causar irritação na boca, nos lábios e na língua, salivação excessiva, vômitos e dificuldades para engolir. Se quiser manter sua jiboia em casa, é aconselhável colocá-la em um local onde seu gato não consiga acessar.

3. Ciclame

A planta ciclame geralmente é mantida no interior da casa. Nesse caso, a toxicidade concentra-se principalmente nos tubérculos, mas as flores e as folhas também são perigosas. A substância que a torna tão prejudicial é a ciclamina, que provoca vômitos, diarreia, arritmia cardíaca, convulsões e até morte em gatos.

4. Narciso

narciso é uma planta muito valorizada pelos amantes da jardinagem, pois suas flores são belas e possuem um perfume delicioso. Mas, para os animais de estimação, essa espécie pode ser uma grande ameaça. Os bulbos contêm licorina, uma substância que pode ser tóxica, se consumida em grande quantidade. Portanto, tente manter seu gatinho longe dos narcisos, pois podem causar convulsões, diarreia, tremores, queda da pressão arterial e arritmia cardíaca.

5. Lírios

De acordo com um estudo, 73% das pessoas cujos gatos foram expostos aos lírios não sabiam que a planta era tóxica para seus animais de estimação. Se o felino ingerir uma ou duas folhas dessa espécie ou se consumir uma pequena quantidade de pólen enquanto a acaricia, pode sofrer insuficiência renal aguda. Também pode ser perigoso para o gato beber a água de um vaso no qual foram colocadas as flores dessa planta. Os sintomas de envenenamento incluem perda de apetite, fraqueza, taquicardia, desorientação e convulsões.

6. Cycas revoluta (sagu-de-jardim)

Essa falsa palmeira, também conhecida como sagu-de-jardim, dá um toque caloroso e tropical a qualquer casa. No entanto, você precisa saber que é venenosa tanto para os gatos quanto para os humanos. Os gatos são os que mais ficam expostos ao seu efeito, porque, em alguns casos, querem, literalmente, mastigar as folhas. A planta inteira é tóxica, mas o principal perigo está nas sementes, que contêm níveis muito elevados da toxina cicasina. Os sintomas mais frequentes que aparecem após sua ingestão são desmaios, vômitos, diarreia, insuficiência hepática e sangramento nasal, entre outros.

7. Crisântemo

Na China, o crisântemo é um símbolo de sabedoria; no Japão, é a flor nacional e, no México, é associada ao “Dia de todos os santos”. A beleza dessa flor é indiscutível. Mas ela é muito perigosa para os gatinhos, que podem se sentir atraídos a mastigá-la, devido ao seu formato e textura. Os sintomas após a ingestão são dermatite, diarreia, vômitos, produção excessiva de saliva e dificuldades motoras.

8. Louro

O louro é muito utilizado na gastronomia. Geralmente colocamos algumas folhas no feijão, nas sopas, nos ensopados e nas carnes. Mas, apesar de dar um sabor delicioso ao alimento, pode causar problemas cardíacos, fraqueza, pressão baixa, diarreia e vômitos em nossos amigos felinos.

9. Eucalipto

Eucalipto e gatos não são uma boa combinação. Não é comum ter uma árvore dessa espécie em casa (a menos que você viva em um sítio ou em uma chácara), mas muita gente possui, isso sim, óleo essencial, usado como repelente e como descongestionante. É muito importante evitar o contato dos felinos com a planta, sobretudo com seu óleo, já que ali se concentra a maior proporção de toxicidade para os animais. A ingestão de poucas gotas é suficiente para causar dificuldades para respirar, fraqueza e produção excessiva de saliva, entre outros sintomas.

10. Hera

hera ou hedera geralmente é colocada em vasos ou plantada como trepadeira em paredes externas. A folhagem dessa planta é tóxica, mas o principal problema está em seus frutos, pequenos círculos carnudos que podem ser roxos ou amarelos e que contêm substâncias venenosas tanto para os felinos quanto para os humanos. Nos gatos, pode causar dor abdominal, hipersalivação e diarreia.

Bônus: plantas benéficas para a saúde do seu gato

Existem várias espécies do reino vegetal que são perigosas para os nossos gatinhos. Mas ter um felino não significa o fim das plantas em casa. Algumas delas não são apenas inofensivas para os nossos animais de estimação, como podem ser benéficas para a sua saúde.

1. Erva-gateira

Também conhecida como menta-de-gato ou erva-dos-gatos, é uma espécie irresistível para os felinos. Emite um suave aroma cítrico que os atrai e os faz cheirar, mastigar as folhas e esfregar todo o corpo. Produz neles um incrível estado de êxtase e faz com que se comportem de forma divertida e lúdica. Se quiser que o seu gatinho tenha um momento de felicidade, coloque um vaso com erva-dos-gatos em um dos espaços da sua casa.

2. Cedro

juniperus communis, conhecido também como cedro, é outra planta benéfica para os gatinhos. Ela possui propriedades antissépticas e antifúngicas, e seu óleo pode ser usado para combater os parasitas do nosso animal de estimação. Além disso, se tiver essa espécie em casa, você pode deixá-la secar e usá-la para dar sabor às carnes, aos molhos e aos recheios.

3. Alecrim

O alecrim é uma planta aromática com múltiplos benefícios, não só para nós, humanos (como tempero), mas também para os felinos. Ele ajuda a reduzir os sintomas de alergia, dores e problemas respiratórios. Para que o gato consiga ingeri-lo, você pode amassá-lo e misturá-lo com o alimento ou dar a eles infusões com essa planta.

4. Orquídea

Se você é daqueles que amam flores, mas também quer cuidar do seu animal de estimação, a orquídea é uma boa opção. Com as suas cores vivas, dará uma sensação de vitalidade à sua casa sem colocar em risco a saúde do seu gato. A única precaução é evitar que ele derrube ou estrague os vasos. Então, procure colocar a planta em um local que não possa ser alcançado.

Você sabia que essas espécies eram perigosas para os gatinhos? Qual outra planta segura para os gatos adicionaria à lista?

4-41
422