Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Erros que você deve evitar para deixar seu quarto muito mais aconchegante

O quarto costuma ser o espaço pessoal de cada membro da família na casa. Logo, o ambiente tende a ser montado e decorado de acordo com as preferências de cada um. Contudo, é possível que estejamos cometendo vários erros durante o processo, o que nos impede de aproveitar ao máximo o potencial do ambiente. Felizmente, existem algumas dicas capazes de deixar o quarto não apenas com a nossa cara, como muito mais confortável e funcional.

O Incrível.club preparou para você uma lista com os 10 erros mais frequentes, cometidos na hora de decorar um quarto. Confira cada um deles para não correr o risco de cometê-los!

1. Usar mesas de cabeceira no tamanho inadequado

Na hora de escolher a sua mesa de cabeceira, confira se ela tem o tamanho e altura corretos, evitando que fique grande ou pequena demais, ou ainda muito alta, ou muito baixa. Para isso, você pode usar como referência o abajur: o tamanho ideal lhe permite colocar o objeto sem dificuldades e sem ocupar muito espaço.

2. Colocar uma cama grande demais

No momento de posicionar a cama, considere o espaço disponível no quarto. Não esqueça que o recomendando é deixar, no mínimo, 60 centímetros de espaço livre de cada um dos lados da cama, para poder deitar e levantar sem dificuldades.

3. Exagerar nos travesseiros e almofadas

Tem gente que adora deixar muitas almofadas sobre a cama como decoração, enquanto outras pessoas não são adeptas a esta tendência. Mas a verdade é que, quanto mais coisas sejam colocadas no quarto, mais bagunçado ele parecerá, dificultando inclusive a tarefa de arrumar a cama. Contudo, abrir mão totalmente dos travesseiros pode deixar a cama parecendo incompleta. Assim, o ideal é considerar o tamanho da cama na hora de definir o número de travesseiros e almofadas que colocará sobre ela.

4. Errar na escolha da cabeceira

cabeceira da cama precisa combinar com o estilo de decoração do quarto, o tamanho da cama e a parede onde ficará posicionada. Justamente por isso, é preciso pensar na função que a cabeceira terá, seja de decoração, apoio, proteção para a parede, etc.

5. Levar o trabalho para o quarto

Não é recomendável misturar o local de trabalho com o de descanso. Levar o escritório para o quarto pode impedi-lo de ter um sono tranquilo, pois, os móveis associados ao trabalho tendem a nos fazer lembrar do estresse provocado pela jornada profissional. Se sua casa não conta com um pequeno escritório, nossa orientação é que você coloque sua mesa de trabalho em um ponto afastado da cama, de preferência fora do seu campo de visão, quando estiver deitado. Outra dica é manter sempre a mesa limpa e organizada.

6. Usar um tapete muito pequeno

Caso queira usar um tapete como elemento de decoração, escolha um que ocupe grande parte do quarto. Do contrário, o ambiente tende a parecer menos aconchegante.

7. Ter apenas um ponto de iluminação

Planeje os pontos e os tipos de iluminação que deseja ter no quarto, de acordo com o uso que dará a cada canto do ambiente. Se for necessário, acrescente luzes em locais específicos, como sobre a mesa de cabeceira, para aqueles momentos de leitura na cama.

8. Instalar cortinas muito grossas

As cortinas são um elemento básico nos quartos não apenas pela proteção nas épocas mais frias, como por conferir privacidade ao espaço. No entanto, é preciso ter em mente que quanto mais grossas, menos deixarão a luz passar. Em casos assim, seu quarto corre o risco de ficar muito escuro e nada aconchegante. Hoje em dia, é possível encontrar ótimas alternativas, por exemplo, as persianas.

9. Ter móveis demais no cômodo

Lembre-se da regra de ouro: “Menos é mais”. Um quarto com muitos móveis não apenas deixará o local parecendo mais bagunçado e/ou sujo, ele também passará a impressão de ser menor. Geralmente, os móveis usados em quartos tendem a ser grandes (cama, cabeceira, mesas de cabeceira, guarda-roupa, etc.). Por isso, recomendamos que você pense bem antes de adicionar ainda mais volume a esse espaço da casa.

10. Pintar com cores intensas

É melhor evitar pintar as paredes do lugar onde descansamos com cores chamativas, a exemplo do vermelho, alaranjado e amarelo forte, já que tais tonalidades podem impossibilitar de relaxarmos completamente. É melhor apostar em cores claras, que remetam à tranquilidade, ou até mesmo no branco, que cria a sensação de espaço mais amplo. Além disso, não esqueça de combinar a gama de cores com os demais itens do quarto, como a cama, os móveis, o tapete, etc.

O que você leva em consideração na hora de decorar seu quarto? Tem outras dicas para quem queira aproveitar melhor o espaço nesse cômodo? Comente!

Compartilhar este artigo