Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Um desenho de 50 anos tornou-se realidade e um bosque foi plantado em um estádio para alertar sobre a destruição da natureza

2-14
946

Os estádios costumam sediar competições esportivas, shows musicais e até eventos políticos. Por isso chama a atenção que, na Áustria, tenha-se decidido plantar 300 árvores de até 14 metros de altura em um campo de futebol. Mas tudo faz parte de uma instalação artística pública, a maior do país, que alerta sobre as ameaças que o meio ambiente sofre.

Incrível.club quer contar a origem e os detalhes dessa instalação que modificou a percepção que temos da natureza e foi elogiada até pelo ator Leonardo DiCaprio.

De estádio moderno a um bosque com árvores de 6 toneladas

For Forest é o nome da instalação que transformou o Estádio Wörthersee, o mais moderno da Áustria, em um bosque com capacidade para 30.000 espectadores, localizado na cidade de Klagenfurt. Lá, 16 espécies diferentes de árvores foram transplantadas, algumas das quais pesam até 6 toneladas.

A exposição estará aberta, com entrada gratuita, até 27 de outubro (começou em 9 de setembro), das 10 da manhã às 10 da noite, com a possibilidade de contemplá-la durante o dia, com luz natural, ou sob as estrelas, graças aos poderosos refletores do estádio.

A ideia nasceu de um desenho feito há 50 anos

A instalação reproduz em três dimensões um desenho chamado A força inabalável de atração da natureza, criado em 1971 pelo artista austríaco Max Peintner. O artista retratou com lápis um futuro distópico, no qual a construção de grandes cidades destruiria a natureza, que passaria a ser vista como uma raridade nas arquibancadas de um estádio.

“O projeto busca se tornar um memorial, lembrando-nos que a natureza, que muitas vezes tomamos como certa, um dia só poderá ser encontrada em espaços especialmente designados, como é o caso de animais em zoológicos”, detalha o site da instalação, financiada por doadores particulares e desenvolvida pelo proprietário da galeria suíça Klaus Littmann.

O bosque será replantado depois do encerramento da instalação

Os organizadores disseram que é uma exposição dinâmica, já que a floresta ganhará vida. A chegada do outono ao hemisfério norte, aliada à mudança das condições atmosféricas, mudará a cor das folhas das espécies plantadas, entre as quais bétulas, salgueiros, álamos, choupos, carvalhos e bordos, entre outras.

Uma vez encerrada a instalação, o estádio retornará ao seu estado original para permitir a realização de eventos esportivos, enquanto o bosque será replantado muito perto, como uma lembrança permanente do que foi a instalação e sua mensagem sobre a relação de ser humano com a natureza.

Leonardo DiCaprio ressaltou a mensagem ecológica do projeto

Desde a sua abertura, a proposta inédita da For Forest teve um grande impacto internacional, sendo divulgada na mídia elogiada por organizações como o Fórum Econômico Mundial. Mas um dos apoios mais significativos veio de Leonardo DiCaprio, que postou em sua conta pessoal do Instagram algumas imagens e descrições da instalação.

O ator é um reconhecido ativista ambiental. Ele criou uma fundação com seu nome para “proteger a vida selvagem vulnerável”, produziu documentários sobre a destruição da natureza como The 11th Hour, e, em 2016, quando recebeu seu primeiro Oscar como melhor ator por O Regresso, fez um forte apelo contra as mudanças climáticas, que chamou de “a ameaça mais urgente que nossa espécie precisa enfrentar”.

O que você acha dessa ideia? Acredita que chegará o dia em que o ser humano deverá contemplar a natureza como um espetáculo artificial? Conte-nos na seção de comentários.

2-14
946