Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Coisas que sempre acontecem em filmes românticos

1---
791

As comédias românticas são um dos gêneros mais populares do mundo do cinema. Super previsíveis, é possível adivinhar pelo cartaz do filme as cenas que aparecerão na telona. Confira 12 aspectos que costumam se repetir nesse genêro cinematográfico. Bem que podiam começar a inventar novas situações, né?!

Beijar na chuva

Se você quer declarar o seu amor e beijar a pessoa amada, pense em fazer isso sob a chuva. É romântico, bonito e ninguém passa frio. Além disso, é uma boa oportunidade para ver se a outra pessoa vai cuidar de você se você ficar resfriado.

Correr pelo aeroporto

No último momento ele percebe que não quer perder o seu amor, que decidiu tentar a vida em outro país. Correr pelo aeroporto e fugir dos guardas também é algo típico em filmes românticos. Como se as pessoas não tivessem um celular para avisar e fazer tudo com mais calma.

A profissão da heroína

Heroínas de comédias românticas costumam trabalhar na televisão, na indústria da moda ou em editoras. Algumas são escritoras. Por que quase sempre as mesmas profissões? Não dá para colocar uma mulher bombeira ou astronauta no papel?

Fugir do casamento

No meio do casamento e do nada um dos personagens decide, por uma espécie de iluminação divina, que não quer mais se casar. Claro que isso precisa acontecer na hora H.

Acabar com a alegria alheia

Entrar correndo na igreja é algo comum quando o padre pergunta "Se alguém tem algo a dizer, que fale agora ou cale-se para sempre". Um grito seguido de muitas declarações de amor justamente quando o que os convidados mais querem é ir pra festa comer e se divertir. Quanto egoísmo!

Declaração pública

Por alguma razão, declarar o amor publicamente é considerado algo romântico. Uma música, uma dança, um truque ou algo do tipo são coisas que fazem derreter o coração da outra pessoa. Imediatamente quem estava brigado faz as pazes, todos aplaudem e tudo acaba bem. Tá certo...

Se odeiam e, de repente, se apaixonam

Se os personagens se odeiam é muito provável que acabarão juntos no final do filme. Bom, ou isso ou pelo menos uma declaração de amor.

Transformação milagrosa no visual

Realmente os óculos são mágicos nos filmes. É só tirá-los que os personagens passam de patinhos feios a astros de cinema. Bom, isso é o que dizem. A transformação vai um pouco além disso, claro.

Beijo interrompido

Os personagens se amam, sabem disso e quando estão a ponto de realizar o tão esperado e desejado beijo, algo os interrompe: amigos, familiares, uma ligação ou alguém batendo na porta. Um belo truque para deixar o beijo para o final do filme.

Um mulherengo diferente dos outros

Nas comédias românticas a mocinha sempre gosta do ’cara mau’. Claro que ele não é como os outros. Além de mulherengo, bebe, gosta de festa e é um fracassado, mas ela tem o poder de mudar tudo isso e transformá-lo em um príncipe encantado. Na prática a coisa é um pouco diferente...

Encontros inesperados em uma grande cidade

Qual a chance de encontrarmos pessoas conhecidas em uma cidade com milhões de pessoas? Baixa. Bom, não para as comédias românticas. Nos filmes, eles encontram ex-namorados, amigos, inimigos e por aí vai — quase sempre em Nova York ou Paris. Pode ser o destino, mas parece um pouco clichê.

Discussões seguidas de sofrimento com música triste

O casal briga, decide terminar a relação e, depois, aparecem sofrendo sozinhos. Ou passeiam pela cidade, ou comem doces, ou ficam em casa olhando a chuva cair pela janela. Tudo isso acompanhado de música triste. Sem isso, o arrependimento parece não ser possível.

Bônus: frases recorrentes

— Você realmente me ama?

— Você é diferente das outras.

— Te amo!

— Mas não tanto como eu te amo.

— Passei a vida toda esperando por você.

E outras frases do tipo. Bom, apesar disso tudo, as comédias românticas ocupam um lugar especial nos nossos corações. São ótimas para relaxar e para pensar que a vida pode e deve ser muito mais leve.

Produzido com base em material de WatchMojo
1---
791