A história de Brendan Fraser, o ator que passou por momentos difíceis e ressurgiu para o público, que nunca deixou de amá-lo

No início dos anos 2000, Brendan Fraser era considerado um dos atores mais promissores de Hollywood. Basta lembrar o sucesso da comédia George, o Rei da Floresta, na qual o ator interpretou um bonitão da selva africana, e a fama do blockbuster A Múmia. Porém, Fraser sumiu das telas do cinema inesperadamente. Hoje em dia, os internautas se perguntam o que aconteceu com o astro.

Nós, do Incrível.club, decidimos revelar os segredos e compartilhar com nossos leitores a verdadeira história da vida desse ator tão querido.

Brendan James Fraser nasceu em 1968 em Indianápolis, Estados Unidos. Sua mãe trabalhava como consultora de vendas e seu pai era um oficial do Serviço Exterior do Canadá. Em 1990, depois de se formar no Cornish College of the Arts, Brendan mudou-se para Hollywood. Antes de se tornar ator, ele teve vários empregos inusitados e um deles foi como malabarista em um shopping.

O primeiro papel principal de Fraser foi no filme O Homem da Califórnia, que narra as aventuras de um homem das cavernas que, após ser libertado de um bloco de gelo, entra de cabeça nos anos 90. A comédia não recebeu boas críticas e sua avaliação foi baixa. Nos anos seguintes, Fraser atuou em filmes que passaram despercebidos e hoje são pouco lembrados, entre eles Código de Honra, Os Cabeça-de-VentoPaixões na Floresta.

Foi em 1997 que o ator, então com 28 anos, ganhou a fama internacional com o filme George, o Rei da Floresta. A história de aventuras do personagem que cresceu na selva tropical conquistou os corações dos espectadores no mundo inteiro e arrecadou 174 milhões de dólares em bilheteria.

Para se tornar mais musculoso e atlético, seis meses antes do início das filmagens, o ator começou a seguir uma dieta rigorosa e a treinar forte. No entanto, em uma das entrevistas, ao falar da sua forma física na época, ele brincou: “Eu olho para mim e vejo apenas um bife ambulante”.

Muitos espectadores se lembram de Brendan no filme de comédia De Volta para o Presente, no qual ele interpreta um indivíduo que nasce e cresce em um abrigo subterrâneo e sai à superfície pela primeira vez com 35 anos de idade. Embora o longa tenha recebido críticas negativas, ele continua sendo o favorito de muitos fãs. Vale lembrar que o talento de Fraser foi destacado mais de uma vez pelos especialistas na sétima arte. Por exemplo, após a estreia do filme Deuses e Monstros, um crítico escreveu sobre o ator: “Não reconhecido, mas simplesmente excepcional”.

Em 1999, depois do sucesso do filme A Múmia, Fraser estava no auge da sua popularidade. Inicialmente o papel do protagonista foi oferecido a Tom Cruise, Brad Pitt e Ben Affleck, mas depois de ver George, o Rei da Floresta, o diretor Stephen Sommers não tinha dúvida de que Brendan se encaixaria perfeitamente no papel do aventureiro Rick O’Connell. As filmagens principais aconteceram no Marrocos e no Deserto do Saara e o trabalho dos cineastas tinha como desafios o calor insuportável, tempestades de areia e cobras venenosas.

O filme foi um sucesso nas bilheterias e hoje é considerado o principal blockbuster dos anos 1990. Os críticos afirmam que o personagem principal, encarnado por Fraser, está muito à frente de seu tempo: ele não é um típico macho alfa, e sim uma pessoa com emoções verdadeiras. Rick O’Connell não tenta colocar a personagem de Rachel Weisz, Evie, em segundo plano: no filme ela claramente está no comando.

Vários longas foram estrelados por Brendan pouco tempo após A Múmia. Mas a comédia sobre um membro da polícia montada do Canadá Polícia Desmontada não recebeu elogios dos críticos e gerou apenas prejuízos para os produtores.

Em 2000, foi lançada a comédia Endiabrado, na qual o ator interpreta um programador que vende sua alma ao diabo para conquistar a garota dos seus sonhos. Apesar da boa bilheteria, o filme recebeu críticas ambíguas.

Já a comédia Monkeybone, no Limite da Imaginação, lançada no início de 2001, foi um verdadeiro fracasso: o orçamento do filme foi de 75 milhões de dólares, porém, a arrecadação mundial não passou de 7 milhões.

Em 2001, estreou O Retorno da Múmia. A sequência do blockbuster recebeu críticas ambíguas, mas foi um sucesso de bilheteria. Alguns filmes de Fraser que vieram na sequência decepcionaram os fãs e não justificaram seu orçamento. Entre eles Looney Tunes — De Volta à Ação, lançado em 2003, e o drama Ligados pelo Crime, que não foi apreciado pelos telespectadores nem pela crítica.

“Me senti como o cavalo do livro ’A Revolução dos Bichos’ de George Orwell: a minha vida era só trabalho”, lembra ele.

Na mesma época, o ator foi envolvido em um episódio bastante desagradável com um poderoso homem de negócios, o que influenciou em sua carreira. De acordo com o ator, ele entrou em depressão e decidiu abandonar Hollywood por um tempo.

A vida pessoal do ator também passou por mudanças. No verão de 1993, em um churrasco realizado por Winona Ryder, ele conheceu a atriz Afton Smith. Após cinco anos de relacionamento, em 1998, os dois se casaram e, ao longo de nove anos, tiveram três filhos: Griffin, Holden e Leland. Em uma entrevista, o casal mencionou que seu filho mais velho, Griffin, foi diagnosticado com autismo.

Em 2007, Brendan e Afton se separaram. Os filhos hoje vivem com a mãe, mas o ator passa bastante tempo com eles. Ele costuma dar especial atenção a Griffin e o leva à sua casa em Bedford, onde mantém um cavalo chamado Pecas.

No final da década de 2000, Brendan parecia ter uma real chance de recuperar sua popularidade. Em 2008 foi lançado A Múmia: Tumba do Imperador Dragão, terceira parte da franquia. Os eventos do filme acontecem em torno do personagem de Brendan, de sua esposa e do filho adulto do casal. Ao fazer as acrobacias do filme, o ator sofreu ferimentos e, durante as filmagens, contava com a ajuda de bolsas de gelo para aliviar a dor. Ao longo dos sete anos seguintes, Brendan passou por várias cirurgias: nos joelhos, nas cordas vocais e na coluna.

Apesar do sucesso de bilheteria, o filme não foi tão bem avaliado pelos espectadores e pela crítica quanto as primeiras duas partes e as filmagens da quarta parte, que começou a ser planejada imediatamente após o final da terceira, foram canceladas. Em vez disso, os criadores optaram por uma nova versão do filme, agora com Tom Cruise no papel principal.

O mesmo aconteceu com um outro longa com a participação de Brendan: a ficção científica Viagem ao Centro da Terra: O Filme arrecadou mais de 200 milhões de dólares e os produtores estavam prestes a continuar o projeto. Mas o diretor Eric Brevig, que dirigiu as filmagens da primeira parte, estava ocupado em outro projeto e o ator se recusou a trabalhar sob outra direção. O papel principal, então, foi desempenhado por Dwayne Johnson.

A partir de então, Fraser participou de séries de TV pouco populares e de filmes de baixo orçamento, aparecendo em papéis coadjuvantes.

Apenas em 2018, quando o ator estava quase esquecido pelos fãs, o diretor Danny Boyle o convidou para participar da série de TV Trust. Em seguida, Steven Soderbergh ofereceu ao ator um papel no thriller policial Nem um Passo em Falso.

Aparentemente, a fase mais difícil é, hoje, página virada: Fraser está prestes a estrear várias produções ao mesmo tempo, inclusive o filme de suspense Killers of the Flower Moon. Em uma entrevista recente no TikTok, ele confessou: “Vou trabalhar lado a lado com Scorsese, Leonardo DiCaprio e Robert De Niro e estou um pouco preocupado com isso”. E ficou comovido ao ouvir da entrevistadora que muitas pessoas o apoiam.

As últimas aparições públicas do ator foram alvo de muitas discussões: Brendan apareceu claramente acima do peso e muitos usuários das redes sociais disseram que ele engordou bastante depois de George, o Rei da Floresta. Mas a explicação das mudanças é que o ator desempenha o papel principal no filme The Whale, dirigido por Darren Aronofsky. De acordo com a trama, o protagonista, que pesa 272 kg, tenta voltar a se relacionar com sua filha de 17 anos.

Hoje em dia, fãs e espectadores que se lembram dos filmes de Brendan Fraser em sua juventude demonstram muito carinho e apoio pelo ator nas redes sociais e desejam a ele toda sorte do mundo na retomada.

Na sua opinião Brendan será capaz de recuperar a antiga popularidade com novos papéis depois de tudo o que aconteceu na sua vida?

Compartilhar este artigo