Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
A belíssima arte do surgimento da vida humana

A belíssima arte do surgimento da vida humana

----
105

O fotógrafo Lennart Nilsson passou 10 anos registrando a evolução de embriões, desde a concepção até o nascimento

Lennart Nilsson ganhou o reconhecimento internacional em 1965, quando a revista 'Life' publicou, em 16 páginas, fotos de um embrião humano. As imagens foram reproduzidas por diversas publicações internacionais importantes, fazendo de Lennart uma celebridade - naquele tempo, conseguir esse tipo de imagem não era tão simples quanto hoje em dia.

Ainda durante a infância, Lennart tinha na câmera fotográfica e no microscópio seus grandes amigos. Desde então, ele tinha o desejo de compartilhar com o mundo a beleza do corpo humano em escala microscópica. A primeira conquista ocorreu em 1957, quando ele conseguiu fotografar nada menos que a fecundação. As imagens, no entanto, ainda não tinham a qualidade suficiente para serem publicadas.

Para obter fotos melhores e mais belas, o profissional usou um cistoscópio, que é um dispositivo médico que permite o exame do interior da bexiga. Lennart adaptou o aparelho, adicionando a ele uma câmera e uma fonte de iluminação, conseguindo captar milhares de imagens do feto no ventre materno.

Então, ocorreu algo mágico: o fotógrafo conseguiu realizar seu sonho de mostrar ao mundo os segredos e a beleza do início da vida durante a gestação.

O espermatozoide na trompa de Falópio, a caminho do óvulo.

Óvulo

O encontro decisivo

Um dos 200 milhões de espermatozoides do pai consegue penetrar no interior do óvulo.

Corte transversal de um espermatozoide. Na cabeça, fica todo o material genético.

Uma semana após a fecundação e depois de descer pela trompa de Falópio, o óvulo fecundado chega ao útero.

Uma semana mais tarde, o embrião adere à parede uterina.

Este é o aspecto de um embrião com 22 dias de desenvolvimento. A parte azulada é o que se tornará o cérebro.

No décimo-oitavo dia, o coração do embrião começa a bater.

Vigésimo-oitavo dia após a fertilização.

Com 5 semanas, o embrião mede 9 milímetros e já é possível identificar o orifício bucal, as fossas nasais e os olhos.

Quarenta dias. Células exteriores do embrião começam a formar a placenta.

Oito semanas.

Dez semanas. As pálpebras estão entreabertas, e estarão formadas após alguns dias.

Dez semanas. O feto já consegue usar as mãos para explorar o que está ao redor.

Dezesseis semanas.

É possível ver os vasos sanguíneos através da fina camada de pele.

Dezoito semanas. O embrião consegue ouvir o mundo a sua volta.

Dezenove semanas.

Vinte semanas. Na cabeça do embrião de aproximadamente 20cm, começam a surgir os cabelos e as sobrancelhas.

Vinte e quatro semanas.

Seis meses.

Trinta e seis semanas. Mais um mês e o embrião estará pronto para sair ao mundo.

O livro de Nilsson, " A Child is Born", foi publicado em 1964, e todos os exemplares se esgotaram em poucos dias. A obra foi reeditada inúmeras vezes, e até hoje permanece como uma das mais vendidas no mundo em sua categoria.

Hoje, Lennart Nilsson está com 91 anos. Ele continua trabalhando nas áreas da fotografia e da ciência.

----
105