Incrível
Incrível

9 Furos dos animadores de filmes da Disney que não notamos na nossa infância

Não importa o quanto os responsáveis pelos filmes de animação trabalhem duro e invistam tempo para tornar tudo perfeito, erros são inevitáveis e acontecem quando menos se espera. Embora a Disney seja uma das empresas mais poderosas do mundo, suas produções de animação não estão isentas de erros. Alguns até podem ter passado despercebidos, mas outros são bem gritantes e impossíveis de não serem notados. Confira alguns desses furos.

Os sapatos aparecem magicamente em A Pequena Sereia

Em A Pequena Sereia, Ariel desistiu de sua voz e de sua vida como sereia para ficar com um homem chamado Eric. Depois de se casar com Eric, Ariel chega ao navio sem sapatos. Contudo, ainda na mesma cena, quando a sereia recebe sua voz de volta, ela está usando sapatos.

Flynn Rider está acorrentado ou não?

No final de Enrolados, Flynn Rider chega à torre de Rapunzel para resgatá-la, mas é ferido por sua madrasta malvada, Gothel, que o acorrenta para que ele não fuja. Durante um momento de ternura, Flynn acaricia o rosto de Rapunzel e é possível perceber que sua mão está claramente desacorrentada, mas na próxima cena as algemas estão de volta.

O retrato do príncipe aparece rasgado de forma diferente

Logo no prólogo de A Bela e a Fera, vemos a Fera rasgar um retrato de si mesmo. Quando Bela explora a Ala Oeste, seção do Castelo onde o acesso de todos os outros é proibido, ela se depara com essa mesma pintura. No entanto, a forma como a imagem está rasgada encontra-se completamente diferente de como foi retratada na cena de abertura.

Onde está a bolsa de Mrs. Otterton’s, em Zootopia?

Na primeira cena envolvendo a Sra. Otterton, a personagem aparece no escritório do chefe de polícia Bogo segurando uma foto de família, com a bolsa pendurada no braço. No entanto, em algumas cenas depois com close up, a bolsa parece desaparecer completamente. Logo a seguir, em um plano mais amplo, a bolsa está de volta no braço dela.

Em Toy Story, apesar de Sid configurar o despertador para uma hora determinada, ele acaba por disparar em um horário diferente

No primeiro filme de Toy Story, Sid acerta seu relógio para despertar às 8h25, mas na manhã seguinte é possível notar que o aparelho dispara às 7h. Mas não é só nesta cena que isso acontece. Em outro momento, por exemplo, percebemos que há um relógio na parede marcando 6h25, mas o despertador ao lado de Buzz diz 6h55.

Anna e Hans dançando no ar

Em Frozen, quando Anna e Hans compartilham sua primeira música juntos, a luz do farol ilumina as silhuetas do casal, conferindo um toque ainda mais romântico à cena. O que é impossível não notar são os pés de suas sombras de alguma forma pairando no ar, ao invés de estarem bem firmes no chão, como seria lógico.

Os brincos da princesa Tiana aparecem e desaparecem na mesma cena

Em A Princesa e o Sapo, Tiana usa um par de brincos de ouro durante o baile de Charlotte. O acessório desaparece quando a princesa está assistindo Charlotte dançar com o príncipe e reaparece mais tarde, na mesma cena.

O instrumento de música aparece diferente

Quando Lilo vai à aula de dança, vemos dois homens tocando música para acompanhar as dançarinas. Inicialmente, cada um deles está batendo em um instrumento arredondado. Depois, quando os dois aparecem novamente, um deles está com um instrumento diferente, mais tradicional.

O livro que se transformou em uma bolsa

Um erro de continuidade se destaca em 101 Dálmatas. Quando Roger e Anita se cruzam, ela aparece apenas com um livro na mão. Os dois acabam por cair na lagoa, mas quando Anita se levanta, já aparece com uma bolsa na mão, ou seja, parece que o livro foi magicamente transformado em uma bolsa.

E aí, perdemos algum outro erro notável que você tenha observado em mais filmes da Disney? Conte para a nossa equipe na seção de comentários.

Incrível/Arte/9 Furos dos animadores de filmes da Disney que não notamos na nossa infância
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos