Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

18 Segredos e curiosidades por trás das gravações de alguns dos filmes mais famosos de Hollywood

4-1-
72k

Alguns filmes são tão fascinantes que depois de assisti-los queremos descobrir todos os detalhes sobre seu processo de gravação, sobre o trabalho dos atores e da direção e acerca do cenário. Afinal, o que vemos nas telonas é só o produto final, considerado ideal para exibição pela produção. E assim muitos momentos interessantes acabam ficando de fora da visão dos telespectadores.

Nós, do Incrível.club, adoramos descobrir os segredos e as curiosidades sobre a produção dos filmes, por isso criamos este post com alguns mistérios e fatos interessantes por trás das gravações de 18 filmes populares de Hollywood. Confira!

1. Clube de Compras Dallas (2013)

Por 20 anos não quiseram gravar Clube de Compras Dallas. O projeto já foi arquivado 137 vezes.

Fora isso, o orçamento do filme foi muito baixo — menos de 6 milhões de dólares (cerca de 25 milhões de reais), sendo apenas 250 dólares (aproximadamente 1000 reais) destinados a maquiagem. Assim, os maquiadores tiveram de improvisar e usar carvão vegetal para maquiar os atores, no entanto, isso não os impediu de fazer um excelente trabalho e de receber o prêmio Oscar de Melhor Maquiagem e Penteado. A propósito, no fim, o longa arrecadou mais de 55 milhões de dólares (cerca de 236 milhões de reais) em bilheteria.

2. Nasce uma Estrela (2018)

Ao estrelar no filme de Bradley Cooper, Nasce uma Estrela, Lady Gaga admitiu que estava interpretando a si mesma — uma cantora talentosa cujo sucesso poucos acreditavam. Em uma entrevista ela contou: “A diferença entre mim e Ally é que eu fiz o meu melhor para me tornar uma cantora e estava pronta para atuar. Eu literalmente arrastei meu teclado por Nova Iorque batendo em todas as portas. Eu acreditava em mim mesma”. A cantora também falou que suas memórias de infância ajudaram durante as filmagens: “Na escola, eles zombavam de mim e riam dos meus sonhos, essas lembranças me ajudaram a me adaptar ao papel.”

A propósito, praticamente durante todo o processo de filmagem, Gaga não usou maquiagem. Há boatos de que Cooper pediu para a equipe tirar toda a maquiagem do rosto da cantora durante os primeiros testes. Isso foi feito para transmitir a incerteza que Ally tinha em relação a ela mesma e a sua aparência.

3. Era Uma Vez em... Hollywood (2019)

Para que Leonardo DiCaprio parecesse convincente o suficiente no papel de um ator aspirante de filme de ação, o diretor Quentin Tarantino colocou DiCaprio em uma dieta super-restrita, sob a supervisão de especialistas. Segundo alguns membros da equipe de produção, o ator teve de abrir mão de massas, sobremesas e alimentos com alto teor de açúcar. Ao mesmo tempo, um personal trainer garantia que ele realizasse atividades físicas constantes todos os dias. Há boatos de que a estrela de Titanic não se adaptou muito bem a essa rotina.

Além disso, Tarantino é muito exigente para que os atores sigam estritamente o roteiro. Contudo, existem dois momentos incríveis de improvisação nesse filme. DiCaprio interpretou livremente o momento de histeria de seu personagem no trailer, uma vez que se esqueceu de suas falas durante a gravação. E Brad Pitt improvisou a frase que seu personagem Cliff Booth disse ao seu chefe: “Ei, você é o grande Rick Dalton! Não se esqueça disso!” Essa frase já foi dita para o próprio Brad Pitt no início de sua carreira.

4. Coringa (2019)

Para demonstrar melhor o estado de espírito interior de seu personagem, Joaquin Phoenix aprendeu a rir de diversas maneiras: desde uma risadinha leve com soluços até uma risada alta e histérica. Para isso, o ator assistiu diversas gravações de pessoas que sofrem de crise de epilepsia gelástica.

A propósito, todos os outros 3 atores que já interpretaram o Coringa — Jack Nicholson, Heath Ledger e Jared Leto, já eram profissionais premiados com um prêmio Oscar . E neste ano, Joaquim Phoenix recebeu não só o Oscar de melhor ator pela sua atuação em Coringa, mas também o BAFTA e o Globo de Ouro.

5. O Irlandês (2019)

Tentaram gravar o filme O Irlandês, do lendário diretor Martin Scorsese, durante 10 anos, mas nenhum estúdio aceitava a proposta do projeto. Os produtores sempre queriam reduzir o orçamento ou a cronometragem do longa. No fim, o diretor fechou contrato com a plataforma de streaming Netflix, que deu a Scorcese carta branca para produzir o filme. Foram gastos 159 milhões de dólares (cerca de 680 milhões de reais) para as gravações, e a duração do filme ultrapassa as 3 horas.

Apesar do longa ter sido indicado ao Oscar em diversas categorias e ser um dos favoritos na categoria de Melhor Filme, acabou não recebendo nenhuma estatueta de ouro.

6. Rocketman (2019)

Neste filme sobre a vida de Elton John, o protagonista foi interpretado pelo ator Taron Egerton, cuja escolha para esse trabalho não foi nenhum pouco ao acaso. O fato é que Taron canta muito bem, e Sir Elton John sabia disso. Além disso, coincidentemente, em sua primeira performance na Real Academia de Arte Dramática, no Reino Unido, o ator galês cantou uma das músicas de Elton. Mais tarde, quando já havia sido confirmado para o papel, Sir Elton John convidou Taron para uma visita em sua casa, onde o músico contou mais detalhes de sua vida e mostrou ao ator suas roupas e seus objetos de sua coleção.

Com o objetivo de adaptar a imagem do ator o máximo possível a do personagem, a equipe de maquiagem e penteado convenceu Taron a raspar o cabelo na parte da frente da cabeça para que ficasse parecido com o cabelo do cantor. Quando saíram na Internet as primeiras fotos de Taron caracterizado para o personagem, o próprio Elton John escreveu à equipe de maquiagem do filme dizendo que, de início, pensou que era ele próprio nas imagens.

7. Amantes Eternos (2013)

Esse drama sobre vampiros, dirigido por Jim Jarmusch, cativou os telespectadores com seu roteiro e seus personagens fortes. Mas você sabia que todos os atores que interpretaram vampiros usaram uma peruca especial, na qual misturavam-se cabelos humanos com pelos de iaque e de cabra? Os maquiadores optaram por tal combinação na peruca para que os personagens tivessem uma aparência mais selvagem.

8. Bohemian Rhapsody (2018)

Rami Malek conseguiu passar todo seu talento ao representar Freddie Mercury. No entanto, o ator admitiu que nunca foi fã da banda Queen e sequer conhecia suas músicas. Apesar disso, após as filmagens, ele ficou tão inspirado pelo trabalho de Freddie Mercury que acabou se tornando um verdadeiro fã.

Você sabia que Rami Malek teve de atuar usando próteses dentárias especiais para reproduzir a mordida do músico? E que depois das gravações o ator manteve as próteses para si como lembrança e até mandou folheá-las a ouro?

9. Guardiões da Galáxia (2014)

Depois das gravações de Guardiões da Galáxia, Chris Pratt “roubou” sua fantasia de Senhor das Estrelas com um objetivo bastante nobre. Em uma entrevista, o ator admitiu que fez isso para poder visitar crianças doentes vestido como o super-herói. O ator disse: “Eu quero seguir o exemplo de outros atores e ir visitar essas crianças. É uma oportunidade única. Acho que isso contribui para dar uma importância especial ao filme”.

10. A Teoria de Tudo (2014)

Antes do início das gravações de A Teoria de Tudo, sobre a vida de Stephen Hawking, o ator Eddie Redmayne, responsável por dar vida à Hawking no longa, tinha se encontrado com o renomado cientista apenas uma vez. Eddie treinou por 4 meses com um professor de dança para aprender a controlar melhor seu corpo e também se encontrou com 40 pessoas portadoras da esclerose lateral amiotrófica. Durante as gravações e até entre uma tomada e outra, o ator permanecia imóvel e com a coluna arqueada para o lado, o que, eventualmente, acabou deixando-a levemente curvada. O ator admitiu: “Receio estar ficando um pouco louco. Estava completamente obcecado (com o papel), e acredito que isso não seja saudável”.

No fim, todos os esforços do ator não foram em vão — depois de assistir ao filme, Stephen Hawking escreveu um e-mail para o diretor elogiando o trabalho brilhante de Eddie Redmayne. O cientista também admitiu que, em alguns momentos, até pensou que fosse ele mesmo na imagem.

11. Armagedom (1998)

A própria NASA exibe o filme Armagedom como parte de seu programa de treinamento para funcionários. Durante a exibição, os futuros trabalhadores da empresa devem encontrar o maior número possível de erros no longa. E segundo alguns relatos, já foram encontrados 168 deles. Mas o erro principal é que a NASA nunca permitiria que petroleiros despreparados comandassem uma missão ao espaço, uma vez que os riscos seriam enormes.

12. Elizabeth: A Era de Ouro (2007)

Quando a rainha Elizabeth chega na Catedral de São Paulo em uma das cenas do longa Elizabeth: A Era de Ouro, a construção ainda está em andamento. Na vida real, a catedral estava passando por uma reforma na época das gravações, por isso o diretor decidiu improvisar e deu aos trabalhadores roupas e ferramentas usadas no século XVI para tornar tudo mais real. Portanto, os trabalhadores que aparecem nessa cena são verdadeiros profissionais de construção e não figurantes.

13. O Jogo da Imitação (2014)

No final das gravações do filme O Jogo da Imitação, Benedict Cumberbatch estava tão imerso no papel e tinha tanta admiração pelo personagem, o lendário matemático Alan Turing, que chegou até a sofrer uma crise emocional e psicológica. Ele admitiu que, a partir de um certo momento nas gravações, ele não conseguia parar de chorar pensando no destino trágico de Alan.

Infelizmente, Alan Turing foi acusado na época de “comportamento indecente” e submetido a um tratamento obrigatório, o que, por fim, conduziu o matemático a cometer suicídio.

14. It: A Coisa (2017) e It: Capítulo Dois (2019)

O diretor de It: A Coisa e It: Capítulo Dois, na verdade, não sabia que o ator do palhaço Pennywise, Bill Skarsgård, conseguia mover seus olhos em diferentes direções simultaneamente. Antes das filmagens do primeiro filme, o diretor contou a Bill que usaria um efeito especial para fazer com que seus olhos ficassem um pouco desviados ao se moverem. Ao que o ator, já fantasiado e maquiado de palhaço, respondeu: “Ah, eu consigo fazer isso”, e começou a virar seus olhos, o que chegou até a assustar alguns colegas. Essa habilidade especial do ator virou uma característica do palhaço e também pôde ser vista no segundo filme.

15. Três Anúncios para um Crime (2017)

Nem todos os telespectadores perceberam, mas a cor vermelho escuro está sempre presente ao longo do filme: na decoração, nos detalhes das roupas e do cenário e até na iluminação. Tudo isso serve para constantemente lembrar ao público dos anúncios feitos pela protagonista em 3 outdoors de fundo vermelho.

16. Green Book: O Guia (2018)

Inicialmente, Viggo Mortensen não queria interpretar Tony Lip — para ele, um dinamarquês não conseguiria reproduzir perfeitamente as características e a imagem de um italiano. Depois de muitas conversas e persuasão da equipe, o ator concordou em aceitar o papel. Mas para isso seria necessário ganhar peso. Quando repórteres o perguntaram como tinha feito para atingir o peso necessário, Viggo respondeu que adotou uma “dieta” verdadeiramente italiana: comeu muitas pizzas, massas e sobremesas, nunca recusando repetir, até mesmo uma terceira vez.

17. La La Land: Cantando Estações (2016)

Em uma das cenas mais famosas, onde Mia dança com Sebastian sob os últimos raios do pôr do sol, a personagem de Emma Stone está vestida com um vestido amarelo que se tornou uma das principais características do filme. Para desenvolver esse look, o figurinista se inspirou em um vestido amarelo usado pela própria atriz quando participou da estreia do filme O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro (2014).

18. Kingsman: Serviço Secreto (2014)

No filme há uma cena na qual acontece uma inundação em uma sala fechada como parte de um dos testes para os estudantes da academia de espionagem. Segundo o diretor, gravar essa cena, cujas ações ocorreram praticamente debaixo d’água, foi um dos feitos mais difíceis de toda a sua carreira: “Gravar uma cena debaixo d’água é um verdadeiro pesadelo, e se você tem 10 atores atuando simultaneamente nela isso se torna uma idiotice”. Além disso, no primeiro dia de filmagem, quase que ocorreu uma tragédia: devido a um erro no computador, todo o cenário junto com o grupo de atores ficou completamente submerso em água. Os atores, certamente, não estavam atuando para parecer que estavam aterrorizados, mas estavam se afogando de verdade.

Você concorda que a profissão de ator é bastante complexa e cheia de desafios? Ou acha que o glamour e os holofotes compensam tudo? Conte para a gente na seção de comentários.

4-1-
72k
Compartilhar este artigo