Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

14 Estereótipos usados em todo filme de terror

Para prever o enredo de qualquer filme de terror, não precisa ser adivinho. Muitas vezes, já nas primeiras cenas, dá para saber o que uma família vai encontrar em sua nova casa ou os problemas de um grupo de amigos que vai passar a noite numa floresta escura. Mas, mesmo assim, ficamos curiosos sobre em que momento surgirá um fantasma no espelho ou quando o personagem principal vai em direção ao perigo.

Neste post, o Incrível.club decidiu lembrar os estereótipos básicos presentes nos filmes de terror, aqueles que, mesmo tendo visto mil vezes, fazem com que fiquemos eletrizados, presos nas imagens e de cabelo em pé.

14. Personagens corajosos

Normalmente, os personagens principais não temem nada e exploram todos os sons estranhos e na escuridão! Curiosamente, as mais corajosas são as garotas e as crianças.

13. Reflexo macabro

Se a câmera mostrar o espelho do banheiro, é um sinal de alerta, porque alguém macabro ou estranho aparecerá ali.

12. Cortinas que dão medo

Nos filmes de terror, o chuveiro não é o lugar mais seguro. Assim que a cortina estiver fechada, o mal aparece. Será que as cortinas são vivas e possuem algum tipo de sensor para avisar que as pessoas vão tomar banho?

11. Sótãos escuros

Se na casa há um porão ou sótão escondido, é claro que o personagem vai explorar o local à noite. Especialmente se não tiver luz e sua lanterna não funcionar.

10. Seu vizinho nunca vai ser normal

Seu novo vizinho nunca será uma pessoa normal, daquelas que dão bom dia e, no máximo, conversam sobre a previsão do tempo. Ele terá um comportamento estranho cujo motivo você só saberá no final do filme.

9. A casa e seu mistério

Quando se instalam em algum lugar aterrorizante, por alguma razão inexplicável, os personagens não querem se mudar de casa. Mesmo que isso salve suas vidas.

8. Pesadelos noturnos

Nos filmes de terror, os personagens muitas vezes têm pesadelos. Depois disso, eles pulam da cama, olham o vazio e suam. Quantas vezes vimos esse clichê?

7. Crianças estranhas

A maneira mais certa assustar o público é usar o contraste e transformar um filho fofucho em um demônio. É um truque antigo, mas eficiente. Crianças em filmes de terror nunca trazem nada de bom. No máximo, são boazinhas, mas desaparecem misteriosamente.

6. Google superpoderoso

Procurando alguma salvação, os personagens sempre pesquisam informações sobre os assassinos na biblioteca ou no Google — isso nos filmes mais recentes. E, é claro, os dados secretos são de livre acesso, como o perfil completo e a localização do terrorista mais procurado pelo FBI. Oxalá tudo fosse tão fácil!

5. Carro quebrado

Os veículos são sempre um problema: eles se quebram no momento mais angustiante. Não importa se é um caminhão ou uma BMW novinha. Você pode ter certeza de que ele vai falhar no momento mais crítico.

4. Não há sinal de celular

O celular também não vai funcionar. Ele vai descarregar, perder o sinal ou quebrar. Os personagens não têm sorte com seus dispositivos eletrônicos. Independentemente de ter iOS ou Android, todos falham. Mas atenção: ele volta a funcionar misteriosamente quando alguém liga para gritar desesperadamente por socorro.

3. Trovoada e chuva

No momento mais intenso, começará a cair uma tempestade com trovoadas, adicionando mais drama ao enredo. Aparentemente, os dias de sol não são o melhor momento para lutar contra os demônios.

2. Garota sobrevivente

Se é uma luta com algum maníaco, uma garota é mais propensa a sobreviver. Este tipo de personagem, geralmente é chamado na indústria do cinema de “final girl“ (”última garota"). Você pode identificá-la desde o início do filme: é a mais cautelosa e sensata.

1. Obstáculos ridículos

Tentando se libertar, a garota tropeçará sem motivo, cairá mil vezes para, finalmente, rastejar em direção ao seu objetivo — quando poderia ir andando.