Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Vezes em que o vilão teve um final feliz nas novelas brasileiras

Não são apenas os heróis que vivem felizes para sempre quando a história termina. Certos vilões de novelas, apesar de todas as artimanhas que armaram contra os mocinhos, se deram bem no último capítulo. Alguns se redimem de seus objetivos malignos a fim de alcançarem o tão sonhado final feliz, enquanto outros terminam sorridentes sem se arrependerem de nada que fizeram.

Hoje, o Incrível.club vai mostrar quem são os personagens que planejaram as maiores crueldades nas tramas brasileiras, mas ainda conseguiram sair por cima. Confira!

1. Laureta (Segundo Sol)

Laureta (Adriana Esteves) fez da vida de Luzia (Giovanna Antonelli) e Beto Falcão (Emílio Dantas) um inferno em Segundo Sol. Ao lado de Karola (Deborah Secco), a vilã orquestrou um plano para roubar o filho recém-nascido da mocinha e culpá-la de um crime que não aconteceu. Suas maldades são descobertas no final da trama, mas ela consegue dar a volta por cima. No último capítulo, a megera, sempre muito carismática, se lança como candidata às eleições e declara que é inocente de todas as acusações que sofreu.

2. Félix (Amor à Vida)

Em Amor à Vida, Félix (Mateus Solano) abandonou a própria sobrinha, ainda bebê, em uma caçamba de lixo. A crueldade do vilão, porém, conflitava com um segredo que o impedia de ser completo: ele escondia de todos que era gay. Graças ao seu bom humor, que não economizava em frases debochadas, o malvado conquistou o carinho do público e acabou se redimindo. Com o perdão da irmã, Paloma (Paolla Oliveira), o ex-malvado terminou a novela feliz ao lado de Niko (Thiago Fragoso) e recebendo do pai, César (Antonio Fagundes), o amor que tanto desejava ter.

3. Maria de Fátima (Vale Tudo)

Uma personagem que se coloca contra a própria mãe não deve ser muito amada pelo público, certo? Ao contrário de Félix, Maria de Fátima (Gloria Pires), de Vale Tudo, era uma vilã realmente detestável. Ambiciosa, a jovem vende a casa da família e foge sozinha com a quantia da negociação para outra cidade, deixando a mãe, Raquel (Regina Duarte), completamente desamparada. A ingrata, mais tarde, chega a trocar seu filho, um bebê recém-nascido, por dinheiro. Mesmo depois de tantas maldades, ela consegue, no último capítulo, o que tanto queria ao se casar com um rico príncipe estrangeiro.

4. Bia Falcão (Belíssima)

Esnobe e autoritária, Bia Falcão (Fernanda Montenegro), a antagonista de Belíssima, não perdoava nem a própria família. Na juventude, abandonou a filha, recém-nascida, e contou a todos que a criança não havia sobrevivido ao parto. Preconceituosa, fez o que podia para impedir que seus netos, Pedro (Henri Castelli) e Júlia (Gloria Pires), se casassem com pessoas de outras classes sociais. Graças à sua fortuna, a malvada conseguia tudo o que queria. No fim, ela esbanja alegria ao lado de Mateus (Cauã Reymond), um rapaz mais jovem, em plena cidade de Paris.

5. Silvia (Duas Caras)

Em Duas Caras, Silvia (Alinne Moraes) é uma mulher obcecada que se encanta pelo misterioso Marconi Ferraço (Dalton Vigh), um estelionatário que ficou rico após se casar com a jovem Maria Paula (Marjorie Estiano) e roubar sua fortuna. Quando a mocinha reaparece em busca de vingança, porém, o golpista percebe que está se apaixonando de verdade por ela. Disposta a fazer de tudo para não perder o amado, a vilã tenta atirar em Maria Paula e acaba sendo internada em uma clínica psiquiátrica. Mas, depois de conseguir a liberdade, termina feliz e acompanhada de um bonitão.

6. Clara (Passione)

A dissimulação de Clara (Mariana Ximenes) conseguiu enganar até mesmo o público de Passione. Depois de se aproximar de Totó (Tony Ramos) por interesse e ser condenada pelos seus crimes, ela promete estar arrependida das atitudes do passado e tenta provar para todos que se tornou uma nova mulher. No final, porém, descobrimos que a megera nunca se redimiu. Além de ter sido responsável pela morte de Saulo (Werner Shunemann), a vilã termina a novela exatamente como começou, trabalhando como cuidadora de idosos — e, provavelmente, tramando novos golpes.

7. Jezebel (Chocolate com Pimenta)

Em Chocolate com Pimenta, Jezebel (Elizabeth Savalla) fez de tudo para não perder seu dinheiro e o prestígio que tinha na cidade. Apesar de todas as armações que tramou contra a mocinha, Ana Francisca (Mariana Ximenes), a vilã não chegou ao fim da história de mãos abanando. Depois de ficar sem casa e ser destituída do comando da fábrica de chocolates, a malvada se vê falida e pensa estar arruinada. No capítulo final, entretanto, a dondoca conhece um homem rico que se encanta por ela. Parece que a sorte estava mesmo a favor dessa megera!

8. Yvone (Caminho das Índias)

Um lobo em pele de cordeiro. Na novela Caminho das Índias, Yvone (Letícia Sabatella) surge como uma velha conhecida de Silvia (Débora Bloch). Ela se aproxima da amiga de infância para conquistar seu marido, Raul (Alexandre Borges), e arrancar dinheiro do rapaz com mentiras e chantagens. A vilã, claro, é desmascarada na hora certa e acabando indo parar atrás das grades. Na prisão, graças à sua lábia, a megera consegue enganar um carcereiro e reconquista a liberdade, pronta para aplicar novos golpes por aí.

9. Jerônimo, Vanessa e Galdino (Verão 90)

Consumido pela inveja, Jerônimo (Jesuíta Barbosa) forjou as maiores falcatruas contra seu próprio irmão, João (Rafael Vitti), em Verão 90. No final da novela, porém, para a alegria de todos, o vilão se declara arrependido do que fez e recebe o perdão da família. Graças aos seus comparsas na história, Vanessa (Camila Queiroz) e Galdino (Gabriel Godoy), a felicidade do rapaz fica completa. Na trama, o trio de trambiqueiros termina comemorando a prosperidade em um luxuoso iate, impunes e com a vida ganha!

10. Tereza Cristina (Fina Estampa)

Tereza Cristina (Christiane Torloni) quase se deu mal após tentar acabar com a felicidade de Griselda (Lilia Cabral), a valente heroína de Fina Estampa. Porém, como diz o ditado, vaso ruim não quebra! Nem mesmo um naufrágio em alto mar foi capaz de deter a vilã da novela. A escapada da megera acaba indo por água abaixo quando o barco em que ela está fugindo começa a alagar em meio a uma tempestade. A madame é dada como morta, mas reaparece tempos depois, vivinha da Silva, gargalhando para a mocinha. Medo!

11. Atena (A Regra do Jogo)

No início de A Regra do Jogo, percebemos de cara que Atena (Giovanna Antonelli) não é lá uma flor que se cheire. A loira aparece aplicando um golpe contra sua própria amiga e, a partir dali, é uma falcatrua atrás da outra. Mas o carisma da personagem era inegável. Dona de um humor ácido e tiradas divertidas, a vilã caiu nas graças do público e não terminou a história na rua da amargura. Para ela, a maior punição foi perder seu grande amor, Romero (Alexandre Nero), que acaba sendo morto nos últimos capítulos. Na cena final da novela, Atena surge feliz ao lado do filho que teve com o amado.

12. Marco Aurélio (Vale Tudo)

Maria de Fátima (Gloria Pires), a filha ingrata que enganou a própria mãe, não foi a única malvada de Vale Tudo que se deu bem no final da trama. O traiçoeiro Marco Aurélio (Reginaldo Faria) também ficou impune no último capítulo e deixou muita gente inconformada. Depois de aplicar um golpe ao lado de Leila (Cássia Kis), o vilão foge do país de jatinho e com muito dinheiro no bolso. A cena em que o personagem aparece na aeronave mandando uma “banana” para o Brasil entrou para a história da nossa teledramaturgia.

Qual é o seu vilão de novela favorito? E se você fosse ator ou atriz, preferiria interpretar o herói ou o malvado da história? Responda nos comentários!

Compartilhar este artigo