Incrível
Incrível

12 Casos em que a escolha do elenco decepcionou os fãs

A escolha bem-sucedida de um elenco é uma das chaves para o sucesso de um filme. No entanto, os diretores responsáveis, às vezes cometem erros ao selecionar os atores. Quando o escolhido para o papel é uma celebridade que não se enquadra de forma alguma nele, críticas devastadoras e comentários ácidos não podem ser evitados.

Nós, do Incrível.club, pesquisamos as opiniões de críticos profissionais e espectadores comuns e selecionamos filmes, nos quais os criadores não foram muito felizes na escolha dos atores.

Viúva Negra — Scarlett Johansson

Quando o elenco de Homem de Ferro 2 foi anunciado, houve uma onda de indignação entre os fãs. Muitas pessoas não gostaram da escolha de Scarlett Johansson, para o papel da superespiã russa. Nos fóruns temáticos, os usuários sugeriram candidatas que achavam mais adequadas: Hilary Swank, Emily Blunt e até Uma Thurman. Após o lançamento do filme, os espectadores notaram que o desempenho da atriz na tela realmente deixou a desejar.

Jay Gatsby — Leonardo DiCaprio

Na opinião de alguns críticos, embora DiCaprio seja um ator versátil e talentoso, não conseguiu se encaixar no papel de Gatsby. Jay Gatsby é um homem arrojado que gosta de levar a vida com uma pitada de perigo, e DiCaprio já “não é mais tão assustadoramente bonito” como era na juventude. Outra crítica à atuação do ator é que ele transformou Gatsby em um personagem caricato.

Ginny Weasley — Bonnie Wright

Todos que leram “Harry Potter”, se lembram de que a Ginny madura é uma moça linda e ousada, mas Bonnie Wright não conseguiu passar essa imagem. Era difícil ver nela uma feiticeira forte, esportista enérgica e objeto de desejo de muitos alunos. “Como fã de Ginny, me encolho quando assisto aos filmes e vejo o que os diretores fizeram com um de meus personagens favoritos”, — postou uma fã nas redes sociais.

Balian — Orlando Bloom

Os fãs adoram Orlando Bloom interpretando Legolas e Will Turner, mas, infelizmente, admitem que ele não conseguiu desempenhar bem o protagonista do filme Cruzada: “Ele não tem a seriedade, ou o carisma necessários para esse papel”.

Bela — Emma Watson

A transformação em filme do desenho animado da Disney, A Bela e a Fera recebeu muitas críticas. O público não gostou do roteiro ligeiramente modernizado e também criticou a performance da atriz: “Você vê a feminista Emma Watson na tela e não a Bela. Em nenhuma das cenas, ela se transforma na personagem: permanece ela mesma”. Os espectadores também notaram que Watson não conseguiu mostrar compaixão, uma leve tristeza e paciência — as principais características da personagem.

Eowyn — Miranda Otto

No livro O Senhor dos Anéis, Tolkien descreve a beleza da Dama de Rohan dessa forma: “No seu olhar grave e pensativo, colocado sobre o rei, se distinguia uma terna piedade. Esplêndido o seu rosto, e os longos cabelos iguais a um rio de ouro. Era branca e fina na branca veste cingida de prata; mas parecia forte e severa como aço, uma filha de rei”.

Na opinião dos fãs, em vez de uma personagem séria, nos deram a imagem “de uma Barbie sorridente e emotiva da Terra Média”. A atriz interpretou a heroína de forma muito suave e feminina, ao contrário da Eowyn do livro.

Achilles — Brad Pitt

O filme Troia não é a adaptação mais bem-sucedida da obra de Homero. Os criadores acabaram fazendo um filme comum, sem cenas dramáticas fortes. A atuação de Brad Pitt não passou despercebida pela crítica. Ele deveria desempenhar o papel do maior guerreiro da Grécia, mas falhou: “Pitt é um bom ator e um homem bonito, mas não ficou confortável na pele de Aquiles”. A versão do guerreiro mítico de Brad Pitt resultou muito moderna.

Olímpia — Angelina Jolie

Devido à sua atuação como Olímpia no filme Alexandre, Angelina Jolie foi indicada para o “Framboesa de Ouro” na categoria “Pior Atriz”. Os críticos não gostaram do sotaque que Jolie impôs à personagem, acharam estranho, caricaturado e muito parecido com o russo. O público, apesar de seu amor pela atriz, admite: ela desempenhou terrivelmente esse papel.

Jane Foster — Natalie Portman

Depois do lançamento do segundo filme sobre Thor, Natalie Portman não participou mais do universo cinematográfico da Marvel. Seus fãs se decepcionaram com sua atuação superficial e monótona. Alguns espectadores ficaram com a impressão que a atriz não fez nenhum esforço para dar vida à heroína: “Sempre que ela tentava expressar as emoções da personagem, resultava muito artificial”.

Robin Hood — Kevin Costner

Os espectadores não gostaram dessa versão de Robin Hood. O herói é alegre e cheio de energia, e Kevin Costner, na opinião deles, acabou passando a imagem de um velho cansado. Em uma crítica, até foi comparado a uma árvore: “Costner de alguma forma deixou Robin Hood impassível e pretensioso, como uma das árvores na Floresta de Nottingham”. “Um verdadeiro papelão”, foi o que disseram os críticos, insatisfeitos com a atuação do ator.

Tempestade — Halle Berry

Nas opiniões dos fãs dos quadrinhos originais, Halle Berry falhou na interpretação da heroína nobre e forte. A atriz não conseguiu transmitir a personalidade da princesa mutante africana original. Berry interpretou a personagem Tempestade, que é uma mulher confiante e dominadora, de forma muito dócil e simples.

Jonathan Harker — Keanu Reeves

Em 1992, foi lançada uma nova adaptação cinematográfica do romance Drácula, de Bram Stoker. Na opinião da crítica, a atuação de Reeves foi o ponto mais fraco do filme, porque ele não atingiu o nível dos veteranos do cinema — Gary Oldman e Anthony Hopkins. É perceptível que Keanu Reeves não está à vontade nesse filme e a sua tentativa de fazer um sotaque britânico foi avaliada como uma das piores da história do cinema pela crítica, e também pelos espectadores que comentaram: “Dói só de ouvir, e olha que eu nem sou inglês”.

E na sua opinião, qual ator se sairia melhor interpretando esses personagens?

Compartilhar este artigo