Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

11 Pares de filmes tão parecidos que parecem cópias um do outro

8-51
907

Você está assistindo a um filme e, de repente, tem a impressão de que já viu aquela história em algum lugar. Os personagens e cenários são tão familiares que você acha que está vivendo um déjà vu. Mas calma! Sua mente não está te confundindo. Quem gosta de pregar essas peças na gente é a indústria do cinema, que, eventualmente, acaba lançando longas bem parecidos uns com os outros.

Nós, do Incrível.club, vamos mostrar algumas duplas de filmes bastante semelhantes que mais parecem cópias uns dos outros. Será que as produtoras gostam de imitar os roteiros dos concorrentes ou tudo não passa de grandes coincidências? Confira!

1. Vida de InsetoFormiguinhaZ

Mesmo na infância, muita gente já achava Vida de InsetoFormiguinhaZ muito parecidos e, provavelmente, confundia um com o outro. Ambos os filmes narram a jornada de uma formiga macho que tem a missão de salvar sua colônia, enquanto tenta conquistar o amor de uma princesa. As coincidências entre as duas histórias, porém, parecem ter uma explicação. O caso começou quando Jeffrey Katzenberg, que era presidente da Disney, saiu do cargo.

Ele, então, fundou a DreamWorks, um novo estúdio de animação que prometia bater de frente com a empresa do Mickey. A obra escolhida para abrir os trabalhos da produtora foi FormiguinhaZ, ao mesmo tempo em que a Pixar desenvolvia Vida de Inseto. Acredita-se que Katzenberg tenha se apropriado da ideia da Disney, pois possuía informações confidenciais sobre o projeto da concorrente. Na guerra dos desenhos, a DreamWorks conseguiu lançar FormiguinhaZ dois meses antes de Vida de Inseto.

2. E.T. — O ExtraterrestreMac — O Extraterrestre

Uma criatura alienígena é encontrada por um menino humano. A partir disso, nasce uma amizade inesquecível, ao mesmo tempo em que o visitante espacial tenta voltar para sua família. Essa clássica história emocionou muita gente em E.T. — O Extraterrestre, de 1982, obra de Steven Spielberg, que virou um símbolo daquela década. O impacto cultural do longa foi tão grande que uma obra similar tentou reproduzir o sucesso.

Seis anos depois, Mac — O Extraterrestre chegou aos cinemas. E as “coincidências” entre os dois filmes vão muito além do título. O enredo do garoto e do alien perdido que viram amigos se repetiu e, claro, choveram críticas à produção. Enquanto E.T. foi destaque no Oscar, Mac consagrou seu fracasso ao ser indicado ao Framboesa de Ouro, premiação que celebra os piores lançamentos da temporada.

3. Babe, o Porquinho AtrapalhadoGordy, o Porquinho Herói

Clássico da Sessão da Tarde da TV Globo, Babe, o Porquinho Atrapalhado fez parte da infância de muita gente. O longa, de 1995, narra as aventuras de um pequeno leitão que deseja se tornar um pastor de ovelhas, assim como os cães da fazenda onde vive. Além de ter sido um sucesso de bilheteria, a produção também conquistou a simpatia da crítica. No Oscar, o longa foi indicado em sete categorias, incluindo a de Melhor Filme, e faturou a estatueta de Efeitos Visuais.

No mesma época em que Babe foi lançado, um outro suíno falante tentou a sorte nas telonas. Gordy, o Porquinho Herói chegou a estrear meses antes nos cinemas, mas não garantiu o mesmo êxito de seu concorrente premiado. Na história, o mamífero sai do chiqueiro em busca de sua família desaparecida. Gordy passou despercebido e caiu no esquecimento, enquanto Babe ganhou uma continuação, em 1998.

4. MadagascarSelvagem

Madagascar é uma franquia de sucesso entre as crianças. O primeiro filme, assinado pela DreamWorks, em 2005, acompanha as aventuras de um grupo de animais que foge do zoológico de Nova York e vai parar em uma floresta, no meio de uma ilha. No ano seguinte, Selvagem chegou aos cinemas, com o selo da Disney, apresentando uma narrativa igual: os bichos saem do cativeiro e, quando menos esperam, se veem perdidos na selva.

São muitas as semelhanças entre as produções. Para começar, as duas histórias começam na mesma cidade, no Zoológico do Central Park. Tanto em uma quanto em outra, o bando de fugitivos é liderado por um leão e também conta com uma girafa na turma. E, em ambos os longas, os personagens têm como destino final uma região de mata na África. Será que o caso de espionagem que, supostamente, aconteceu com Vida de InsetoFormiguinhaZ se repetiu nessa situação?

5. Um Lugar SilenciosoO Silêncio

O planeta está sendo atacado por criaturas monstruosas que caçam através do som. Essa premissa assustou plateias de todo o mundo em 2018, quando Um Lugar Silencioso chegou aos cinemas. O longa, que acompanha uma família tentando se proteger dos predadores com audição apurada, foi um dos grandes sucessos daquele período, faturando prêmios e garantindo uma continuação.

Um ano depois, a Netflix estreou O Silêncio, produção de terror com uma sinopse muito parecida. Os personagens, em um cenário pós-apocalíptico, vivem o mesmo drama do outro filme: se quiserem ficar seguros, eles não devem fazer nenhum barulho. Apesar de ter sido baseado em um livro publicado em 2015, o lançamento da gigante do streaming não conseguiu fugir das comparações e foi rechaçado pela crítica especializada.

6. O Show de Truman: O Show da VidaEDtv

Imagine ter a sua vida transmitida para milhões de pessoas em um programa de televisão. Foi o que aconteceu com Truman, personagem de Jim Carrey em O Show de Truman: O Show da Vida, sucesso de 1998, que lhe rendeu o Globo de Ouro de Melhor Ator. Anos antes de o formato de reality shows se popularizar em todo o mundo, o longa já explorava a temática do entretenimento com pessoas reais de maneira inovadora.

EDtv, que estreou no ano seguinte, repetiu a fórmula. Estrelado por Matthew McConaughey, a comédia contava a história de um sujeito comum que tinha sua rotina real exibida na telinha. O personagem era acompanhado 24 horas do dia por câmeras de filmagem, que registravam e transmitiam seu cotidiano. Apesar das semelhanças com o bem-sucedido filme de Jim Carrey, a produção amargou um fracasso nas bilheterias.

7. O Auto da CompadecidaLisbela e o Prisioneiro

Um dos grandes clássicos do audiovisual nacional, O Auto da Compadecida fez sucesso na TV, como minissérie, em 1999, e no cinema, em formato de longa-metragem, no ano 2000. A linguagem divertida, que explorava sotaques e dialetos próprios da região Nordeste, conquistou o público de todo o Brasil. Em 2003, o diretor Guel Arraes apostou na mesma fórmula em uma nova produção.

Apesar de contar uma história diferente, Lisbela e o Prisioneiro usou elementos que deram certo no outro filme. Parte do elenco de O Auto da Compadecida estava de volta: além do protagonista Selton Mello, Marco Nanini repetiu o cargo de vilão e Virginia Cavendish ganhou novamente um papel de destaque. Os diálogos rápidos e o cenário tipicamente nordestino ajudaram a reconstruir o clima que cativou a plateia na jornada de Chicó e João Grilo.

8. ArmageddonImpacto Profundo

Dupla de clássicos do gênero catástrofe, esses filmes devem confundir muita gente até hoje. Eles foram lançados na mesma época, em 1998, com apenas dois meses de intervalo entre um e outro. Para completar, tratavam exatamente do mesmo tema: um grandioso corpo espacial, em alta velocidade, está prestes a atingir a Terra, colocando em risco toda a vida no mundo.

Em Armageddon, que se consagrou como a maior bilheteria daquele ano, há um asteroide em rota de colisão com nosso Planeta, enquanto um grupo de funcionários da NASA recebe a missão de destruir a gigantesca rocha. Já em Impacto Profundo, o perigo é representado por um cometa, que precisa ser detido antes que uma tragédia aconteça.

9. O Inferno de DanteVolcano: A Fúria

Esse é mais um caso de produções muito parecidas que estrearam em um curto período entre uma e outra. No ano de 1997, dois longas de desastre fizeram o público roer as unhas de aflição nas salas de cinema. A história de O Inferno de DanteVolcano: A Fúria é, essencialmente, a mesma: um vulcão entra em erupção e coloca em risco a população de uma cidade.

Lançado antes, O Inferno de Dante teve a melhor performance nas bilheterias e, apesar da baixa avaliação dos críticos, ganhou o título de clássico cult para os fãs do gênero. Volcano: A Fúria, que chegou às telonas depois, foi bastante comparado ao outro filme e não conseguiu alcançar a mesma arrecadação financeira.

10. Segurança de ShoppingO Segurança Fora de Controle

Existem muitas comédias semelhantes por aí. Mas dois filmes sobre seguranças de shopping meio atrapalhados, lançados praticamente ao mesmo tempo, parece ser coincidência demais. Foi o que aconteceu em 2009, quando Segurança de ShoppingO Segurança Fora de Controle chegaram às telonas. O primeiro, protagonizado por Kevin James, apresentava um humor familiar e fez bonito nas bilheterias, ganhando uma segunda parte que estreou anos depois.

Já o segundo, que traz Seth Rogen no papel principal, carregava um tom cômico e mais sombrio e não foi um grande sucesso. Em uma entrevista, o ator revelou que as equipes de produção de ambos os longas conversavam durante as filmagens, para garantir que elementos como o figurino, por exemplo, não ficassem iguaizinhos: “Somos amigos dos caras, então, literalmente, trocávamos fotos dos nossos guarda-roupas, só para termos certeza de que não estávamos pisando nos pés uns dos outros”.

11. Invasão à Casa BrancaO Ataque

A residência oficial do chefe de Estado americano está em perigo. É isso o que acontece em Invasão à Casa BrancaO Ataque, dois filmes de ação lançados em 2013. Nas duas histórias, a sede do poder executivo dos Estados Unidos é ocupada por um grupo terrorista, enquanto um agente do Serviço Secreto é encarregado de proteger o presidente do país.

Invasão à Casa Branca, que chegou aos cinemas primeiro, foi bem recebido pelo público e garantiu duas continuações, com uma terceira atualmente em desenvolvimento. Já O Ataque, que estreou meses depois, parece ter sofrido mais com as comparações, consolidando uma bilheteria abaixo das expectativas.

Se você pudesse refazer um filme e mudar alguma coisa na história, qual escolheria e por quê? Conte para a gente nos comentários!

8-51
907
Compartilhar este artigo