Incrível
Incrível

10 Detalhes sobre a novela “A Favorita” que muitas pessoas não perceberam até hoje

Uma das novelas que marcou o final dos anos 2000, certamente, foi A Favorita, originalmente exibida em 2008. A história, recheada de suspense, amor, traição e vingança fez bastante sucesso, chegando a alcançar 47.5 pontos no Ibope, em sua última semana. O folhetim também pode ser lembrado pela construção dos personagens, marcados pela dualidade, já que a maior parte deles apresentava virtudes e defeitos em medidas parecidas.

Nós, do Incrível.club, somos fãs de uma boa história, e por isso resolvemos relembrar algumas curiosidades dessa novela que vale a pena ver de novo em qualquer oportunidade. Confira!

1. O ator troca o nome da personagem

Em uma cena, Halley e Lara chegam em casa e começam a conversar. Eles estão procurando por uma personagem chamada Diva (que na verdade, é Donatela disfarçada) mas Halley, em um momento, confunde os nomes e chama Diva de Donatela. Como se não bastasse a troca, ainda há um furo no roteiro já que, nesse momento da trama, ele achava que Donatela estava morta.

2. Cena improvisada que deu muito certo

O trabalho de atrizes e atores também pode ser árduo e nada glamoroso. Um dos exemplos notáveis vem de A Favorita, em uma cena protagonizada por Claudia Raia e Ary Fontoura. Claudia interpreta Donatela e Ary dá vida a Silveirinha.

Na história, quando Donatela e Flora eram uma dupla sertaneja, Silveirinha era o empresário das duas, mas após o rompimento das sertanejas, ele vira mordomo de Donatela. E ele não gosta nada da patroa, como faz questão de deixar bem claro em uma discussão. Um detalhe é que a cena gravada fazia parte do ensaio dos atores, no improviso. Ficou tão boa que entrou para a novela!

3. Claudia Raia “se tornou” destra

Que a preparação dos atores para interpretar um protagonista em horário nobre é exaustiva, você já deve imaginar, mas Claudia Raia elevou a composição de seu personagem de A Favorita a outro patamar! A atriz, que é canhota, simplesmente gravou a novela inteira fazendo com que Donatela, sua personagem, fosse destra. Imagina o trabalho de consciência corporal que essa pequena grande mudança deve ter ocasionado!

4. Parece com a trama de um filme

A inspiração para a trama de uma história pode vir de vários lugares, e não raramente de filmes e livros. A Favorita estreou em 2008, mas em 2002 o filme norte-americano White Oleander contou uma história bastante similar em seu tema central.

Nele, uma menina chamada Astrid é criada por outra mulher em decorrência da prisão de sua mãe, que cometeu um crime passional. No filme, as personagens Ingrid e Claire passam a disputar o amor de Astrid, assim como Flora e Donatela disputam o amor de Lara, até certo ponto da novela.

5. Abertura com spoilers

abertura fez sucesso, com ilustrações que pareciam cartazes de cinema das décadas de 1940 e 1950, chapados, com figuras recortadas e com a música da banda uruguaio-argentina Bajofondo. Mas havia mais do que referências estéticas ocultas na apresentação da novela. Na verdade, a abertura foi sugerida pelo próprio autor da novela, João Emanuel Carneiro, e era recheada de spoilers, já que a trama principal toda era contada.

6. Revezamento de protagonistas

A abertura apresentou outro detalhe que poucos telespectadores perceberam na primeira vez em que a novela foi ao ar. Como as personagens de Patrícia Pillar e Claudia Raia eram as grandes estrelas da história, duas versões da abertura foram feitas: uma em que o nome de Claudia aparecia primeiro e o de Patrícia depois, e a outra, ao contrário, com o nome de Patrícia aparecendo primeiro e o de Claudia em segundo lugar. Esse revezamento permaneceu até o fim da novela — e caso você ainda não tenha percebido, faz parte desse texto também!

7. O autor inovou no formato

Se você reparar, vai perceber que, geralmente, o caráter das personagens que compõem filmes e novelas é mostrado logo de cara, e para isso, alguns estereótipos podem ser utilizados, por exemplo: “o menino bagunceiro e problemático que muda sua personalidade ao se apaixonar”; ou “a menina meio desarrumada e envergonhada que sofre uma transformação no visual e fica confiante”, entre outros. Esses recursos até podem ser problemáticos, mas funcionam.

No caso de A Favorita, o autor inovou, preferiu fazer suspense e não revelou quem era a vilã e quem era a mocinha da história no início da trama. Os personagens eram ambivalentes, ou seja, tinham atitudes boas e más e o mistério só foi revelado para o público no capítulo número 56. Na trama, a verdadeira vilã só é desmascarada a partir do capítulo 60.

8. Inspirou o humorístico Casseta & Planeta Urgente

Como sempre acontecia com as novelas exibidas no horários das 21h, na primeira vez em que foi ao ar, A Favorita inspirou uma paródia feita pelo extinto programa humorístico Casseta & Planeta Urgente, chamada de A Periquita. Como de praxe, os atores do Casseta & Planeta interpretavam vários personagens da novela, fazendo uma caricatura bem humorada da história.

9. Até o Faustão fez uma participação especial na novela

É isso mesmo! Em pleno horário nobre e em dia de semana, Fausto Silva apareceu na televisão dos telespectadores para anunciar, na mesma edição de seu programa, os cantores Augusto César, interpretado por José Mayer e Cassiano, interpretado por Thiago Rodrigues. Augusto César tentava retomar a carreira e Cassiano era lançado como um cantor promissor, e teve até uma espécie de Arquivo Confidencial para este último.

10. Cinco atores interpretaram 15 personagens

Ficou confuso? Pois é! Como a trama é recheada de mistério, suspense e investigações, alguns personagens assumem várias identidades ao longo da novela. Claudia Raia, por exemplo, interpreta Donatela (a Faísca) e também se passa por Diva, Rosana e Sílvia Lontra. Por sua vez, Patrícia Pillar interpreta Flora (a Espoleta) e também se passa por Sandra Maia.

O personagem principal de Cauã Reymond é Halley, mas ele também usa disfarces: Bruninho Aguiar e Luiz. Giulia Gam vive Diva Palhares, Miranda e Rosana. Por fim, Deborah Secco dá vida a Maria do Céu, que também passa a ser conhecida por Pâmela e Mariazinha.

Você assistiu a novela na primeira vez em que ela foi ao ar? Demorou muito tempo para perceber quem era a grande vilã ou percebeu logo quem havia cometido todas as atrocidades da trama? Deixe sua resposta nos comentários.

Incrível/Arte/10 Detalhes sobre a novela “A Favorita” que muitas pessoas não perceberam até hoje
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos