Incrível
Incrível

8 Alimentos ricos em gordura, mas que ajudam a emagrecer

A gordura não só deixa os pratos mais saborosos, como pode também ajudar a perder peso. Talvez isso pareça uma contradição, já que estamos o tempo todo ouvindo falar que gordura e carboidratos engordam, mas a verdade é que existem alimentos gordurosos e saudáveis, normalmente presentes em nossa cozinha, e que saciam a fome por bastante tempo.

Neste post, fizemos algumas comparações entre alimentos similares, sendo um mais e um menos saudável, para que você conheça a diferença entre eles.

Comer gordura e não engordar? O Incrível.club descobriu que nem todas as gorduras provocam celulite e até mesmo algumas delas ajudam a perder peso. Bom proveito!

1.

O abacate é a planta mais gordurosa do mundo, cujo sabor requintado é alcançado graças à sua gordura, um ácido oleico saudável, que reduz o nível de colesterol ruim, estabiliza os níveis de glicose no sangue e fortalece o sistema imunológico.

A manteiga é famosa pelo seu alto teor calórico. Está presente na pipoca, nas panquecas, no pão na chapa, nos típicos pãezinhos de hambúrguer e muitas vezes é usada na preparação de filés nos restaurantes. Além disso vale mencionar seu uso em bolos e biscoitos amanteigados.

Conclusão: o guacamole e as saladas com abacate não prejudicam a sua saúde; ao contrário, permitirão que você tenha aquela sensação de saciedade, ajudando seu corpo na luta contra o excesso de peso. Algo que não se pode esperar da manteiga.

2.

O salmão possui o efeito de gerar uma saciedade rápida e prolongada, contém grandes quantidades de vitamina A (que contribui para a beleza e a saúde da pele), bem como ômega 3 (que ajuda a prevenir a depressão e a artrite).

O salame, como todos os embutidos, abre o caminho para a obesidade e também pode conter adição de amido, soja, outros derivados da carne, farinha e conservantes. Um bom salame deve conter apenas carne, bacon e especiarias.

Conclusão: o salmão com uma salada fresca é a combinação perfeita para um almoço rico em proteínas e fibras. Enquanto um sanduíche de salame só vai abrir o seu apetite, estimulando as papilas gustativas.

3.

Os ovos são ricos em proteínas, vitaminas, antioxidantes e gorduras boas. Um ovo contém apenas 85 kcal e, ao mesmo tempo, dá uma sensação de saciedade surpreendente, assim como a colina (vitamina do complexo B) presente nele, que ajuda a combater o excesso de gordura.

Bacon (uma tira) contém aproximadamente 42 kcal, mais de 3 gramas de gordura saturada e uma incrível quantidade de sódio (192 mg de sal por fatia), por isso não é a melhor opção, mesmo que você não esteja tentando perder peso.

Conclusão: os ovos são um ótimo café da manhã rico e saudável para quem deseja perder peso, o que não pode ser dito de ovos fritos com bacon.

4.

As nozes melhoram os processos metabólicos do organismo, ajudam a satisfazer rapidamente (mas não nozes com açúcar, sal, mel e óleo!), contêm ômega-3, fibras, antioxidantes, bem como ácido linolênico, que suprime a sensação de fome.

A pipoca é um produto altamente calórico, geralmente “harmonizado”, por assim dizer, com molhos, como os de manteiga, que contêm açúcar, sal, aromas e gorduras. No cinema, um adulto pode facilmente comer 200 gramas de pipoca doce ou salgada o que quer dizer 1.500 kcal!

Conclusão: amêndoas, nozes e avelãs complementam perfeitamente o café da manhã, as saladas, além de serem um excelente petisco enquanto você curte um filme. São os melhores substitutos para a pipoca.

5.

O iogurte irá instantaneamente carregar suas baterias. Este produto gordo contém bastante proteína, cálcio e probióticos, o que o torna um dos melhores alimentos para perder peso.

Creme azedo é creme de leite, mas submetido ao processo de fermentação. Este produto e seus derivados, com um alto teor de gordura, são inimigos absolutos de todos aqueles que desejam ter uma cintura fina. O máximo que uma pessoa pode se permitir comer são algumas colheres de sopa de creme azedo, 2% de gordura por dia.

Conclusão: o café da manhã à base de iogurte natural com frutas e sementes de chia é uma excelente maneira de começar uma manhã saudável.

6.

O azeite contém ômega-9 (que ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim), reduz o apetite, acelera o metabolismo e tem um efeito benéfico sobre o estômago, pele e cabelo.

O óleo de girassol é um produto de alto teor calórico, por isso se recomenda limitar seu consumo a uma colher de sopa por dia. E nunca use este óleo para fritar!

Conclusão: Não há vencedor nesta comparação. Ambos os produtos são igualmente saudáveis em sua forma natural e contêm quase a mesma quantidade de calorias.

7.

O teor de gordura e o sabor do queijo estão no mesmo nível: alto. Mas seu aroma magnífico faz com que se consuma uma pequena quantidade dele. Além disso, os queijos curados contêm probióticos.

O chantilly é uma bomba de calorias, que pode transformar até mesmo um magrelo em um lutador de sumô. A dependência deste sabor cremoso e suave levará a altos níveis de colesterol ruim.

Conclusão: Mussarela, tofu e queijo minas são uma excelente opção para o seu cardápio diário. Mas o chantilly para o café ou para as sobremesas já deveria fazer parte do passado.

8.

A camada de gordura do cordeiro contém ácidos graxos saturados, que combatem os depósitos de gordura no organismo. A carne de cordeiro também contém lecitina, que normaliza o metabolismo do colesterol no organismo.

A carne de porco é absorvida pior do que o cordeiro, devido ao seu alto teor de gordura e calorias. Mas, por outro lado, contém muitos nutrientes e minerais, o que é benéfico. Pesa contra a carne suína o fato de que o abuso do consumo desse tipo de carne pode levar à obesidade.

Conclusão: O cordeiro é uma excelente fonte de proteínas e nutrientes vitais. Para reduzir o conteúdo calórico do prato, é melhor remover toda a gordura da sua carne. Desta forma, uma perna de cordeiro será menos calórica do que as costelas de porco assadas.

Incrível/Receitas/8 Alimentos ricos em gordura, mas que ajudam a emagrecer
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos