Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Sobrevivente do Titanic garante que um iceberg não destruiu o navio

Todos sabemos, por livros e filmes, que o Titanic afundou devido ao choque com um iceberg. Mas há alguns indícios obtidos recentemente de que o desastre pode ter ocorrido por outros motivos. De acordo com esses indícios, ocorreram explosões e incêndios a bordo, o que pode ter sido a principal causa da catástrofe marítima mais conhecida da história. E isso, é claro, mudaria completamente o que sabemos a respeito do caso.

O Incrível.club fez sua própria pesquisa e verificou as evidências que podem provar que o Titanic talvez tenha afundado devido a explosões.

O sobrevivente Vaghinak Byurat nunca mencionou um iceberg

Vaghinak Byurat foi um intelectual nascido na fronteira da Turquia com a Armênia, viveu em Roma e Paris e que conhecia diversos países, coisa rara em seu tempo. Na época em que embarcou no Titanic, ele vivia em Constantinopla (atual Istambul). Byurat planejava fazer negócios na América, por isso, comprou uma passagem para cruzar o Atlântico no famoso navio.

Ele sobreviveu e viu o Titanic afundar com seus próprios olhos. Mas sua versão é diferente da mais aceita, a do iceberg. Chahen Khachatourian, diretor da Galeria Nacional de Artes da Armênia, conheceu Byurat e o entrevistou pessoalmente. Mais tarde, escreveu sobre a história do que aconteceu no navio. Byurat viveu por muitos anos e frequentemente falava sobre o naufrágio do Titanic. O mais interessante foi que nunca mencionou o suposto iceberg. Mas ele sempre falava de uma explosão que teria levado ao acidente.

Esse testemunho provavelmente teria sido ignorado se a mesma versão não tivesse sido contada também por outros sobreviventes.

O que outros sobreviventes viram durante o acidente

Esses sobreviventes afirmaram que ocorreram de duas a quatro explosões no navio. Não é de se estranhar que as pessoas, paralisadas de pânico, pudessem ter distorcido a história. O escritor Bill Wormstedt, autor de dois livros sobre a tragédia, também identificou alguns indícios das explosões nas entrevistas que realizou com os sobreviventes. As histórias contadas por Bill talvez convençam muita gente a enxergar o naufrágio de uma outra maneira.

Botes salva-vidas do Titanic rumo ao barco Carpathia, o primeiro a chegar ao local no naufrágio

  • O comandante Arthur G. Peuchen, que era um passageiro da primeira classe, afirmou categoricamente que escutou uma explosão e, depois disso, o barco começou a afundar.
  • George Frederick Crowe, um assistente de botes salva-vidas, em sua entrevista disse que havia acontecido uma explosão, e, em seguida, a popa (parte de trás) começou a subir e a embarcação, por fim, afundou.

Mas ainda queremos saber se há mais provas de que o Titanic afundou devido a uma explosão!

Os investigadores dizem que os passageiros poderiam ter sobrevivido, mas o Titanic afundou devido a um enorme incêndio

Naquela época, os engenheiros do Titanic ainda não conheciam os riscos da eletrólise, que pode transformar a água do mar em gás de hidrogênio explosivo. John Wickman concluiu, em seu livro Titanic, a evidência escondida, que os integrantes da equipe de bordo cometeram um grave erro: eles mantiveram as luzes acesas, o que pode ter provocado as explosões. Se não tivessem feito isso, o Titanic talvez pudesse apenas ter se mantido à deriva e os passageiros poderiam ter sobrevivido.

Wichman acredita que a primeira explosão ocorreu entre 1h10 e 1h20 da manhã. Depois disso, segundo ele, houve outra explosão, essa mais forte, e que teria dividido a embarcação em duas, o principal motivo da catástrofe.

O acidente, como diversas tragédias marítimas e aéreas, não ocorreu por conta de um único fator, mas de várias pequenas falhas e azares combinados, como mostrou o jornalista Senan Molony, que passou 30 anos investigando o naufrágio. Molony chegou à conclusão de que “o fogo, o gelo e a negligência criminosa” foram as causas do desastre.

Mas, ainda assim, os especialistas confirmam que houve um incêndio que se iniciou no armazém de combustíveis do terceiro piso atrás de uma das salas de caldeiras da embarcação. Muitos passageiros escutaram um som assustador e, depois disso, o Titanic começou a afundar imediatamente.

Qual você acredita que tenha sido a verdadeira razão por trás do naufrágio do Titanic? Em sua opinião, quais as medidas que poderiam ter sido adotadas para evitar o naufrágio? Escreva seus comentários e compartilhe sua opinião conosco!

Ilustrado por: Pavel Smirnov exclusivo para Incrível.club