Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

São Francisco proibiu a venda de garrafas plásticas e ficamos felizes em vê-las desaparecer

----
214

Considerando nosso atual padrão de vida, pode parecer impossível viver sem usar produtos de plástico. Mas, quando nos lembramos ou somos informados de que há entre 15 e 51 trilhões de pedaços de plástico espalhados pelos oceanos, fica claro que esse é um problema e que todos nós precidamos minimizar o uso desses produtos urgentemente.

Nesse sentido, cidades como o Rio de Janeiro e São Paulo já adotaram uma medida importante para combater a produção de lixo plástico, proibindo a distribuição de canudos desse material em bares, restaurantes e eventos. Mas a cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, foi além e proibiu as vendas de garrafas plásticas de água.

No Incrível.club, apoiamos todos aqueles que lutam por um futuro melhor. Por isso, apresentamos a você mais esta iniciativa para a preservação do Meio Ambiente.

A medida, como é de se imaginar, tem como objetivo manter os oceanos livres das enormes quantidades de garrafas plásticas que acabam no Oceano Pacífico (diante do qual fica a cidade) e, dessa forma, preservar a vida marinha.

São Francisco já havia proibido a distribuição de sacolas plásticas e de embalagens de poliestireno. Portanto, a proibição das garrafinhas não foi uma surpresa para seus moradores. Além de prejudicar o meio ambiente, elas podem ser potencialmente perigosas para a saúde humana, devido às diversas substâncias químicas utilizadas em sua fabricação e que podem ser liberadas na água, contaminando, assim, nosso organismo. A mais conhecida dessas substâncias é o bisfenol A (BPA).

Não é de hoje que os moradores dessa cidade americana da costa da Califórnia, conhecida principalmente pela ponte Golden Gate, possuem uma preocupação com a causa ambiental. Um exemplo disso é a organização Save the Bay of San Francisco (em português, Salve a baía de São Francisco), que, desde 1961 atua, com o apoio de voluntários, para limpar algumas áreas costeiras da cidade.

O objetivo das autoridades municipais é eliminar, até 2020, todos os resíduos que, de outra forma, iriam parar em aterros sanitários. E a cidade tem feito um ótimo trabalho, já que conseguiu cumprir cerca de 80% dessa meta.

“Em São Francisco, estamos liderando o caminho nessa luta pelo meio ambiente... agora as pessoas poderão simplesmente pegar garrafas de água comuns, colocá-las sob as torneiras e enchê-las”, afirmou o supervisor do conselho da cidade, David Chiu, à agência de notícias Reuters. Mas a cidade possui postos de abastecimento gratuitos localizados em vários locais.

Se você for em São Francisco e decidir comprar água ou qualquer outro material envasado em garrafinhas plásticas é melhor pensar novamente. As multas para os infratores da norma são de até 1.000 dólares. As garrafas reutilizáveis ​​são uma nova tendência na cidade. Siga o exemplo dos locais e, provavelmente, fará peixes, tartarugas e outros animais marinhos felizes por, assim, correrem menos riscos de morrerem pela ingestão de um pedaço de plástico.

Bônus: imagine a diferença entre usar plástico e se livrar dele para sempre

O que achou desse ato radical? Acredita que uma iniciativa semelhante poderia funcionar em sua cidade? Gostaríamos muito de conhecer suas ideias sobre como ajudar o meio ambiente. Deixe sua opinião nos comentários!

----
214