Incrível

17 Dados sobre a estrutura de nossa realidade que esqueceram de nos ensinar na escola

--1-
416

Nosso Universo é tão cheio de milagres que seria impossível reuni-los em livros. E a vida realmente não se cansa de nos presentear com algumas surpresas todos os dias, até mesmo para quem tem mais conhecimento científico e de mundo. Por exemplo, alguma vez você já se perguntou por que as lagartas andam uma atrás da outra em círculos, por que a pele das cicatrizes é lisa ou qual o maior felino do mundo?

O Incrível.club ama os encantos deste mundo cheio de maravilhas e compartilha com você suas impressões e as descobertas mais recentes.

1. O sangue muda de cor debaixo da água

A uma profundidade de 20 metros, o sangue parece ser de cor marrom, e se você desce a entre 40 e 50 metros, fica verde! A coluna de água funciona como um filtro: passam somente através dela os raios verdes e azuis. Como resultado, a cor vermelha desaparece a uma profundidade de 3 metros.

Esse fato não só influenciou no trabalho dos fabricantes de iscas para peixes como também interessou aos cientistas, que há pouco tempo descobriram que os peixes veem melhor que nós debaixo da água e percebem matizes de cores que não distinguimos.

2. Os cientistas monitoram a evolução humana pelos crânios das baleias

O que viria à sua mente se você encontrasse o crânio de uma baleia no coração da África, a quase 800 km do oceano e 640 metros sobre o nível do mar?

Segundo os cientistas, no passado, lá fluía um profundo rio por onde uma baleia da antiguidade nadou acidentalmente e não conseguiu voltar. Isso aconteceu em um momento em que a Terra estava mudando sua aparência: os bosques se transformaram em savanas, as montanhas cresciam e os humanos precisaram descer das árvores. Devido à análise desses restos da baleia, foi possível determinar qual etapa da evolução humana ocorreu há 17 milhões de anos, aproximadamente.

3. Este é o maior felino do mundo, que pesa quase meia tonelada e supera os 6 metros em um só pulo

Assim é um ligre: a cruza de leão e uma tigresa, hoje o maior representante dos felinos. Os ligres dificilmente têm juba de leão, mas sabem nadar da mesma forma que os tigres.

4. Mesmo nos invernos mais rigorosos, a temperatura dentro de um iglu pode alcançar os 20ºC

A construção de um iglu leva aproximadamente uma hora e só uma pessoa pode fazer. Para manter o calor no interior e ao mesmo tempo ventilar um abrigo desse tipo, a entrada ocorre por meio de um corredor construído sob a neve. Como resultado, é preciso, a partir do lado de fora, descer por debaixo do nível do piso para só então entrar no iglu.

5. É possível encontrar restos de criaturas marinhas no cume do Everest

O Everest é o ponto mais alto do Planeta, com 8.848 metros de altitude. Mas há 450 milhões de anos, esse cume era o fundo do oceano que começou a crescer lentamente, uns 11 centímetros por ano. Esse fato se confirmou oficialmente pela primeira vez em 1924, quando o geólogo Noel Odell encontrou fósseis de antigas criaturas marinhas por lá.

6. Durante a Primeira Guerra Mundial, foram usadas árvores artificiais como postos de observação

Os primeiros a mascarar os postos de observação com a aparência de árvores foram os franceses, depois os britânicos e, por fim, os alemães. Para que o inimigo não notasse mudanças na paisagem, as árvores falsas eram instaladas durante a noite. Os exércitos estudavam as árvores reais e anotavam os detalhes para reproduzi-las fielmente em suas oficinas. A ideia deu tão certo que nenhum dos postos de observação foi detectado pelos inimigos.

7. Uma cicatriz não pode suar. Portanto, a sujeita não gruda nela

As cicatrizes são formadas por colágeno. Não têm pelos porque os folículos crescidos antes não se restauram. Da mesma maneira, tampouco as glândulas sudoríparas se regeneram. Além disso, quando estão expostas ao sol, as cicatrizes, diferentemente da pele saudável, reagem à radiação de uma forma diferente e incham ligeiramente.

8. No mar há águas-vivas pré-históricas gigantes cujos tentáculos alcançam os 30 metros de comprimento

As águas-vivas apareceram no mundo há milhões de anos, e a maior que existe atualmente é a Cyanea capellata, conhecida por água-viva-juba-de-leão, que vive no norte dos oceanos Atlântico e Pacífico. Considera-se oficialmente o animal mais longo de nosso Planeta.

9. Sem anestesia: uma paciente tocou violino durante uma cirurgia para que o médico não danificasse seu cérebro

O cérebro não sente dor e, com frequência, as operações são realizadas sem anestesia, de modo que a pessoa fica consciente. Se o paciente é músico, o médico pode pedir que toque um instrumento durante a operação. Todo o cérebro está envolvido no processo de reproduzir a música e, se um neurocirurgião comete um erro, a pessoa deixará de tocar imediatamente e o médico entenderá, com a ajuda o paciente, o que pode ter acontecido.

10. As lagartixas não grudam nas folhas molhadas e deslizam no teflon

Sabe-se que o teflon é o único material em que as patas das lagartixas não aderem, apesar dos caracóis conseguirem essa façanha facilmente.

A água também é um problema para as lagartixas: durante uma chuva, os répteis não podem subir pelo vidro ou se manter sobre as galhos e folhas. O líquido cria uma película fina que evita a aderência completa de suas patas na superfície.

11. Uma borboleta que constrói uma cabana de madeira

Existe um tipo de borboleta, da família Psychidae, que constrói casulos em forma de casinhas. Para a construção, elas utilizam materiais naturais. Se uma lagarta encontra galhos em pedaços, fará uma pequena cabana de madeira, carregando-a até que termine sua construção. Então, o casulo abrigará o crescimento da borboleta que, depois de acasalar, também colocará os ovos na casa.

12. Na França, produtores de uvas incendeiam vinhedos para protegê-los do frio

Assim, os enólogos franceses salvam os pés jovens durante as nevadas de primavera. Às vezes, os incêndios precisam arder dia e noite. Essa não é a única solução que pode parecer “estranha” aos leigos...

Por exemplo, para proteger suas produções dos furacões e tempestades, alguns enólogos utilizam aplicativos especiais e outros mecanismos que lhes advertem sobre o mau tempo. E, logo, com a ajuda de canhões, começam a disparar nuvens para evitar a formação das tormentas.

13. Às vezes, as abelhas dormem durante o dia e descansam sustentando-se pelas patas para não cair da flor

Esses insetos dormem umas 6 horas por dia. Mas quando há muito trabalho e gastam mais energia, elas se permitem “dormir em serviço” para continuar trabalhando de maneira eficiente. Outro detalhe: estudos sugerem que, da mesma forma que nós, humanos, as abelhas podem sonhar, fixando, assim, o conhecimento adquirido.

14. A entrada de um traje espacial russo é pelas costas. E a saída também

Uma característica curiosa do traje espacial russo é que é possível colocá-lo sem ajuda. Ele é posto no chão e, em seguida, o astronauta entra, faz alguns movimentos com o corpo e a porta do traje espacial, que está sobre as costas, se fecha.

15. Se você colocar lagartas para andar em círculo, elas não poderão sair dele e morrerão

Centenas de lagartas se movem em fila para encontrar um lugar adequado, cavar no solo e se transformar em casulos. Elas seguem umas às outras instintivamente, agarrando-se com os pelinhos ao caminhar. Se a lagarta que lidera a fila bate acidentalmente no rabo da última, todas elas se confundirão e começarão a caminhar em círculos. Se você não romper o ciclo, marcharão durante vários dias até o esgotamento completo e a morte.

16. Uma pessoa ao lado da pata de um dinossauro gigante, cuja existência era considerada impossível devido à gravidade

Ainda não há uma resposta definitiva para a pergunta de como certos dinossauros conseguiram crescer até proporções gigantescas, porque a gravidade, que atrai tudo, não contribui para que isso aconteça. Por isso, os pés gigantes de um dinossauro encontrado em 1989 e que alcança em torno de 20 metros de altura, ainda intriga os cientistas.

17. Quando há um feixe de luz, parece que o tempo desacelera

O feixe de luz pode criar uma ilusão inusitada: parece que a régua se move com muita lentidão. E vice-versa: na escuridão, o tempo parece que se move mais rápido.

Qual das curiosidades que mostramos lhe pareceu mais interessante ? Conhece algum outro fato curioso que poderia completar nossa lista? Comente e compartilhe!

Imagem de capa Tim Powell / YouTube
--1-
416