Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Assim seriam alguns dos lugares mais famosos do mundo

Os edifícios mais majestosos da humanidade tendem a se deteriorar ao longo do tempo e alguns novos projetos ambiciosos acabam ficando nas pranchetas dos projetistas.

No Incrível.club decidimos mostrar como esses monumentos famosos seriam, se tivessem sido terminados ou, ao contrário, se não tivessem sido destruídos.

Pirâmide de Quéops (ou Grande Pirâmide de Gizé)

Inicialmente, as pirâmides foram cobertas com pedras decorativas de calcário branco tão polidas quanto o vidro. Esse revestimento tornava as pirâmides deslumbrantes, um símbolo da grandeza dos faraós. De acordo com alguns cientistas, elas poderiam ser como painéis solares. Em todo caso, podiam ser vistas das montanhas de Israel e até mesmo do espaço. Infelizmente, o revestimento caiu e foi roubado depois de um grande terremoto ocorrido no ano de 1.301 d.C. Ou, segundo informam outras fontes, foi utilizado na restauração de edifícios no Cairo, depois de, no século XII, a cidade ter sido destruída pelos árabes que não queriam que a caísse nas mãos das Cruzadas.

Sagrada Família, Espanha

DEPOSITPHOTOS, © youtube

Uma das histórias mais famosas de construções não terminadas. A construção deste templo começou em Barcelona, em 1882. Segundo os cálculos do autor, Antoni Gaudí, as obras do edifício deveriam durar por cerca de três a quatro séculos, de acordo com as tecnologias do final do século XIX. Além disso, por decisão dos responsáveis pelo início da construção do templo católico, as operações de financiamento eram feitas exclusivamente por doações de paroquianos, que é a segunda razão de ser um processo tão longo. No entanto, de acordo com os métodos modernos de obras de edificação, a conclusão deve ocorrer em 2026, justamente no 100.º aniversário da morte do genial arquiteto.

Coliseu, Itália

O famoso Coliseu foi construído no primeiro século depois de Cristo e, por mais de 1000 anos, esta obra majestosa da antiguidade manteve sua aparência original. No entanto, em meados do século XIV, um forte terremoto em Roma causou o colapso das suas estruturas, especialmente na sua parte sul. Depois disso, começaram a vê-lo como uma fonte de materiais de construção para novos edifícios. Apesar de todas as dificuldades experimentadas pelo Coliseu ao longo dos séculos, essa maravilha arquitetônica ainda atrai a atenção por sua grandeza.

India Tower

O edifício India Tower foi um projeto de um impactante arranha-céu, que seria construído em Mumbai, cidade de 12 milhões de habitantes no noroeste da Índia. De acordo com o projeto, supunha-se que a torre seria a segunda do mundo por sua altura - sendo superada apenas pelo Burj Khalifa Bin Zayid, construído em Dubai (Emirados Árabes Unidos). O design de interiores do edifício seria desenvolvido por Giorgio Armani, mas em 2011 a construção parou.

Partenon, Grécia

O Partenon é o mais famoso monumento da arquitetura antiga. Trata-se do antigo templo grego da deusa Atena, localizado na Acrópole da cidade de Atenas, que passou por muitos problemas durante os séculos. O templo foi repetidamente vítima de cruéis tiranos. Foi vítima também de assaltos, roubos, incêndios e ataques. Depois, foi convertido em templo cristão e até mesmo numa mesquita. Hoje somente restaram as suas ruínas.

Burj Al Alam (Emirados Árabes Unidos)

O Burj Al Alam é um arranha-céu localizado em Dubai, com uma altura prevista de 510 metros, que deveria se parecer com uma flor de cristal. O edifício 'florido' foi concebido para se tornar um dos edifícios mais altos do mundo. A sua construção deveria ter sido concluída em 2009, mas, devido à crise financeira global, foi paralisada e, em 2013, completamente cancelada.

Unity Tower, Polônia

O arranha-céu Unity Tower foi planejado para ser a sede regional da Associação dos Engenheiros da Polônia. A construção do edifício começou em 1975, mas, devido a problemas econômicos, depois de seis anos, a obra parou. Desde então, o edifício mais alto da cidade de Cracóvia permaneceu sendo testemunha silenciosa do passado. Curiosamente, a forma do edifício parecia ser o covil de um vilão de um personagem do desenho animado popular naquela época:'He-Man' e, por isso, edifício foi chamado de 'Szkieletor (Skelator)' - no Brasil, conhecido como Esqueleto. Hoje estão considerando a opção de reconstruir completamente o edifício para transformá-lo em torre de um complexo residencial de luxo.

Imagem de capa DEPOSITPHOTOS
Produzido com base em material de youtube, quora, gizmodo, aif, Smithsonian Channel