Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20+ Exemplos capazes de provar que os belgas vivem de acordo com seu próprio estilo

Muitos associam a Bélgica com chocolate, cerveja e com a estátua do “menino fazendo xixi”, o Manneken Pis. Alguns ficam impressionados com a diversidade do país e a hospitalidade de seus habitantes. Outros, no entanto, dizem que a qualidade de vida da Bélgica é superestimada.

Nós, do Incrível.club, “mergulhamos” no dia a dia da Bélgica e levamos em conta os destaques do cotidiano e alguns costumes e tradições desse país europeu que são difíceis de encontrar em folhetos de viagem e sites. Além disso, no final do post, mostraremos para você uma foto com um clima encantador das ruas belgas.

1. Os habitantes conseguem aguentar baixas temperaturas tranquilamente

A temperatura dentro das casas nunca vai além dos 15ºC. Como forma de garantir o aquecimento, os belgas usam lençóis e cobertores térmicos. Além disso, é fácil encontrar um belga vestindo sapatilhas e jaquetas leves no frio. E é difícil encontrar pais que exageram nas roupas de filhos; pelo contrário, as crianças costumam vestir roupas leves, independentemente da temperatura fora de casa.

Esse aspecto costuma espantar os turistas: “Estava frio. Eu estava de jaqueta no pátio da escola observando os alunos. Uma menina estava de camiseta enquanto outra estava de jaqueta, mas vestindo sandálias”.

2. Os belgas são verdadeiros fãs de cães

Na Bélgica, as pessoas costumam comprar cerveja sem álcool e batata frita para seus pets. Especialmente para os peludos, foi inaugurado um SPA em que podem tomar banho de água termal, treinar ou fazer compras.

Os donos admitem: “Os cachorros têm uma vida mais do que confortável. É raro encontrar vira-latas nas ruas do nosso país. Mesmo quando um cachorro se perde, é recuperado rapidamente, transferido para um abrigo e, em seguida, adotado. O povo daqui vive feliz, por isso é tão bondoso. Para adotar um cachorro, é necessário pagar cerca de 120 euros (ou 750 reais)”.

3. A quinta-feira é oficialmente o “dia vegetariano”

A cidade de Ghent instituiu a quinta-feira vegetariana. Todas as quintas, escolas e instituições públicas servem pratos sem ingredientes de origem animal. Além disso, cafés e restaurantes servem comida de acordo com um cardápio elaborado especialmente para esse dia. Cidades como Hasselt, Mechelen, Eupen e Bruxelas também seguem o exemplo. De acordo com estudos, 43% dos belgas reduziram o consumo de carne graças à quinta-feita vegetariana.

4. Todo emprego é valorizado

Na Bélgica, seja qual for o emprego, ele será valorizado — de zelador a diretor do banco. Os belgas respeitam os trabalhadores e não costumam ver os desempregados com bons olhos. Maria, uma russa que se mudou para a Bélgica, compartilhou sua experiência: “Trabalhando como encanador oito horas por dia e cinco dias por semana, você receberá o salário praticamente equivalente ao de um diretor de um pequeno negócio. Gosto disso. Aqui, cada pessoa é uma personalidade e cada profissão é valorizada”.

5. Na disputa por vagas no estacionamento, qualquer método serve

Há um limite de tempo para um veículo ficar estacionado nas regiões centrais das cidades. Nos bairros residenciais, a situação é mais tranquila, mas cada vaga de estacionamento é valiosa. Nas fotos acima, mostramos um dos meios mais comuns de se reservar uma vaga.

6. Guerras de bolas de neve estão sujeitas a uma multa de 100 euros

A Bélgica é um daqueles países em que neva com pouca frequência. Porém, existe uma lei que proíbe os habitantes da região de Flandres, norte do país, de fazer guerras com bolas de neve. Sete anos atrás, o governo declarou que bolas de neve colocam em risco a integridade física das pessoas, assim como pedras, quando são arremessadas.

7. Tubulações subterrâneas de cerveja atravessam cidades inteiras

Em 2016, a Bélgica se tornou o primeiro país com uma cultura cervejeira oficialmente reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Cultural Imaterial. O país produz aproximadamente 1.500 tipos dessa bebida e possui cerca de 300 fábricas, cujas tubulações subterrâneas atravessam cidades inteiras.

8. Os belgas às vezes reclamam do clima, mas estão acostumados

“Os belgas esperando o tempo melhorar”

O país registra uma média de 200 dias de chuva por ano, com céu nublado e neblina. A água do mar continua fria mesmo no verão, sendo desagradável para nadar. Mas os moradores já estão acostumados: “A falta de sol e calor incomoda, mas, por outro lado, não enfrentamos frio extremo e nevascas fortes no inverno. Também não precisamos usar pneus para neve. Entre toda a variedade de sapatos forrados com pelos para invernos rigorosos, possuímos apenas as botas UGG”.

9. A maioria dos estabelecimentos fecha às 18h

Aqui, quase todos os estabelecimentos fecham a partir das 17h ou das 18h (incluindo shoppings, farmácias, lavanderias, mercados, bancos, correios, etc.). Todos têm folga aos domingos.

  • Esse horário deixa confusos os recém-mudados para a Bélgica: “Demorei dois meses para me acostumar. Os únicos mercados que ficam abertos depois do horário estabelecido são os árabes. Se você precisar de algo urgente, vai ter de viajar para outro lado da cidade e pagar duas vezes mais caro”.
  • “Quando ouvi os meus amigos falarem do horário de funcionamento de mercados e lojas belgas pela primeira vez, pensei que estivessem ‘tirando com a minha cara’. Mas ninguém estava dando risada. Eu me recusava a aceitar. Normalmente, para vender bem, é preciso atender às demandas dos clientes. Mas fechar o estabelecimento na hora mais conveniente para o cliente fazer uma compra ou solicitar um serviço parece absurdo. Moro aqui há dois meses, mas ainda não me acostumei!” © nevolova / livejournal

10. O feminismo é bem visto no país

Deixar passar uma mulher na frente, segurar a porta para ela ou ceder o lugar para uma grávida no transporte público são gestos raramente vistos na Bélgica. Mulheres levando sacolas pesadas na companhia de homens não surpreendem ninguém. Rachar a conta no restaurante é comumente aceito. Tudo isso acontece devido ao movimento feminista, que luta pela igualdade entre homens e mulheres e prospera no país.

11. Animais são respeitados

Os belgas colam adesivos como o mostrado acima na porta de entrada ou na janela para o caso de incêndio. No adesivo está escrito: “Bombeiros, salvem os nossos animais: cachorro(s), gato(s), pássaro(s), outro (escrever)”. É um gesto pequeno, mas muito importante.

12. Os belgas levam a reciclagem de lixo muito a sério

O processo de reciclagem de resíduos é um assunto sério no país. O serviço de coleta tem o direito de vasculhar qualquer lixeira e multar os moradores por um pedaço de papel jogado dentro da sacola de resíduos alimentares, por exemplo. Os belgas costumam acumular e guardar os sacos de lixo em casa para depois deixá-los fora em dias designados para isso.

“Todos os moradores da casa em que eu morei guardavam o lixo em suas varandas. Eu deixava lá uma caixa de plástico com uma sacola de resíduos orgânicos fechada dentro. Às vezes no verão, eu precisava escolher entre abrir a porta da varanda e sentir o ‘aroma’ do lixo ou deixar a porta fechada e aguentar o calor” — conta uma jornalista russa que atualmente trabalha na Bélgica.

13. Algumas mulheres se submetem à hipnose durante o parto

Aplicar técnicas de hipnose durante o parto é oficialmente permitido e está incluído em muitos convênios médicos. Quando o trabalho de parto começa, os médicos podem sugerir que a futura mãe se submeta à hipnose. O processo é realizado por parteiras treinadas.

14. Pontes elevadiças podem ser levantadas especialmente para você

Se você se deparar com uma ponte elevadiça bloqueando o caminho durante um passeio de barco, esteja pronto para fazer uma ligação. Um turista contou: “Você pode ligar para o responsável cujo número está escrito na placa perto da ponte. Ele chegará bem arrumado de bicicleta e apertará um botão para levantá-la”.

15. Em algumas escolas e universidades existem pratos feitos com insetos

A criação e a venda de insetos para fins comerciais são oficialmente permitidas. O país segue as recomendações da ONU indicando insetos como alternativa à carne e ao peixe. Uma vez por semana, em algumas escolasuniversidades são servidos pratos especiais — bolos de formigas ou hambúrgueres de besouros que muitas vezes não surpreendem os habitantes locais.

16. Os homens belgas falam sinceramente quando querem romper as relações com uma mulher

Os homens belgas não costumam mandar indiretas para as mulheres. Eles geralmente são francos e não se preocupam com o risco de seu discurso parecer ofensivo.

Uma mulher russa compartilhou sua experiência: “Conheci um belga. Nós conversávamos todos os dias. O homem era abastado, cortês, atencioso e paciente. Enfim, me apaixonei, e esse sentimento parecia ser mútuo. Ele até pretendia me contratar para sua empresa e nós dois estávamos no meio da papelada quando ele, de repente, sumiu. Por fim, entendi o motivo de tal atitude. Acontece que ele e seus pais tinham assistido a um programa ’desmascarando’ as russas, ou seja, contando sobre como as mulheres da Rússia se aproveitam dos estrangeiros. Seus pais se opuseram ao nosso relacionamento e o convenceram de que eu estava atrás da fortuna dele. Desde então, ele não voltou a conversar comigo”.

17. Pedir comida ou bebida quando estiver na casa de alguém pode ser considerado falta de respeito

Se você decidir passar na casa de um belga, combine seu encontro com antecedência (é recomendável marcar uma visita duas semanas antes). Também é necessário definir que tipo de encontro pretende ter: um bate-papo ou uma conversa séria no café da manhã. Geralmente, uma conversa casual não pressupõe um convite para jantar. O convidado deve aceitar qualquer bebida oferecida pelo anfitrião, mas pedir bebida ou comida pode significar desrespeitar o dono da casa. Vale ressaltar que os belgas costumam se encontrar em cafés em vez de se reunirem em casa, mesmo com amigos mais próximos.

18. Alguns hospitais são verdadeiras cidades. E você pode se perder neles

Um dos hospitais mais antigos da Bélgica parece “uma cidade dentro de outra cidade”. Seu tamanho é impressionante. O hospital possui uma escola, um banco, um café, mercados, lojas e até uma delegacia. Para as pessoas se orientarem, há uma série de sinais e mapas. Após passar pelo balcão de registro, não fique surpreso ao ouvir: “Siga a seta vermelha. Ela o levará até seu médico”. Se não prestar atenção a essa informação, você correrá o risco de se perder.

19. Os belgas costumam não tolerar ostentação

A rainha e o rei da Bélgica passeando de bicicleta

A maioria dos belgas não tolera pessoas que ostentam, seja por meio de roupas caras, de carros luxuosos, de casas excessivamente chiques ou mesmo do comportamento no dia a dia. Grande parte pertence à classe média e o limite dos sonhos de quase todos os cidadãos é receber um salário decente, formar uma poupança, comprar uma casa com horta e se aposentar.

20. A licença-maternidade dura três meses

As belgas são obrigadas a retornar ao trabalho depois de três meses de licença-maternidade; senão, serão demitidas. Portanto, crianças começam a frequentar creches desde os primeiros meses de vida até completarem 2,5 anos. Depois, passam aos jardins de infância. Todas as creches belgas são pagas.

21. Hábitos de higiene muitas vezes não são observados

Não se preocupe ao ouvir, de repente, um barulhão que se parece com uma explosão. É provável que seja uma belga frágil assoando o nariz. Muitos consideram uma vergonha fazer isso com muito barulho, independentemente do ambiente. Em geral, existem alguns belgas que desprezam a higiene, comendo sem lavar as mãos ou espirrando durante uma conversa sem cobrir a boca.

22. É fácil chatear um belga apenas dizendo que a batata frita foi inventada pelos franceses

O nome do prato “French fries” faz alusão à França e leva a pensar que a batata frita tem sua origem naquele país. Porém, é melhor não mencionar esse fato na presença dos belgas, pois foram eles que inventaram esse prato em 1680. Os chamados frietkoten (lugares onde fazem batata frita) são tão populares na Bélgica que nem mesmo as redes de fast-food famosas, como McDonald’s, KFC e Burger King, são capazes de competir com eles em território belga.

Bônus: atenção, esta foto pode causar uma vontade incontrolável de visitar a Bélgica

Em que você pensa quando falam da Bélgica? Já esteve nesse país incrível? Se sim, quais suas recordações de lá?