Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20 castelos fabulosos onde você adoraria morar para sempre

Os arquitetos medievais eram verdadeiros gênios: eles ergueram castelos, construções majestosas, práticas e funcionais ao mesmo tempo. Diferentemente das mansões contemporâneas, os castelos não apenas demonstravam a riqueza de seus proprietários, como também serviam de fortalezas poderosas, capazes de manter a defesa durante muitos anos, e enquanto isso, a vida dentro deles não parava.

O simples fato de tantos castelos terem sobrevivido a guerras, desastres naturais e descuidos por parte de seus donos, mas ainda seguirem de pé, comprova que até hoje não inventaram residências mais seguras. Além da questão da segurança, estas construções são extremamente belas, como narram os contos de fadas e as lendas. Suas torres altas fazem lembrar os tempos em que cavaleiros corajosos lutavam pelos corações de belas damas, quando era possível sentir a valentia no ar.

Para levar você a uma atmosfera romântica, o Incrível.club reuniu os 20 castelos mais famosos da Terra. Definitivamente, você sentirá vontade de visitá-los e sonhará em morar em algum deles. 

Castelo de Cochem, Alemanha

Este castelo milenar foi a residência do rei da Germânia, Conrado III, e depois do rei da França, Luis XIV. A fortaleza foi queimada por franceses em 1689, e teria desaparecido totalmente, mas em 1868 um empresário alemão comprou a propriedade e gastou grande parte de sua fortuna na reconstrução do castelo.

Monte Saint-Michel, França

O inalcançável Monte Saint-Michel, rodeado pelo mar, é uma das atrações mais populares da França depois de Paris. Construído em 709, permanece espetacular até hoje.

Castelo de Hochosterwitz, Áustria

O castelo medieval de Hochosterwitz foi construído no século IX. Suas torres até hoje continuam vigiando os arredores, elevando-se orgulhosamente sobre o castelo a 160 metros. Em um dia de sol, é possível vê-las de uma distância de 30 quilômetros.

Castelo de Bled, Eslovênia

O castelo fica localizado sobre um penhasco de cem metros de altura sobre o lago Bled. Além da vista majestosa que se abre a partir das janelas do castelo, este lugar tem uma história cheia de acontecimentos interessantes: aqui ficava a residência da dinastia real da Sérvia, e depois foi a casa do marechal Josip Broz Tito, um dos mais conhecidos dirigentes da história do país.

Castelo de Hohenzollern, Alemanha

Este castelo fica localizado em cima da montanha Hohenzollern, a 2.800 acima do nível do mar. Na época do seu surgimento, este castelo era considerado a residência dos imperadores da Prússia.

Castelo de Barcience, Espanha

O castelo de Barcience, na província de Toledo, foi construído no século XV por um conde local. Ao longo de 100 anos, o castelo serviu como fortaleza de artilharia, e hoje em dia seus muros atraem fotógrafos e turistas.

Castelo de Neuschwanstein, Alemanha

O romântico castelo do rei Luís II da Baviera foi construído em meados do século XIX, e na época seu estilo foi considerado bastante extravagante. Foi exatamente esta construção que inspirou os criadores do castelo da Bela Adormecida, na Disneylândia.

Castelo de Methoni, Grécia

O castelo-fortaleza Methoni foi, no século XIV, o centro de batalhas e o último reduto dos europeus  que lutavam contra os turcos, que sonhavam em se apoderar do Peloponeso. Hoje em dia, a fortaleza permanece em ruínas.

Castelo de Hohenschwangau, Alemanha

Este castelo-fortaleza foi construído no século XII pelos Cavaleiros de Schwangau e serviu de residência para muitos governantes, entre eles Luís II da Baviera, que recebeu no local o gênio musical Richard Wagner.

Castelo de Chillon, Suíça

Esta fortaleza medieval, ao ser vista de cima, lembra um navio militar. Sua rica história e seu aspecto interessante inspiraram muitos escritores. No século XVI, foi usado como presídio estatal, o qual foi mencionado no poema de George Byron “O prisioneiro de Chillon”.

Castelo de Eilean Donan, Escócia

O castelo se encontra em uma ilha rochosa na pequena ilha de Loch Duich, e é famoso pela produção de mel e pelas lendas. Muitos filmes foram rodados neste local, mas o mais importante é que está aberto ao público, e qualquer visitante pode tocar nas pedras cheias de história.

Castelo de Bodiam, Inglaterra

Desde o momento da sua fundação, no século XIV, o castelo de Bodiam sobreviveu a muitos proprietários, e cada um deles gostava de protagonizar guerras. Por isso, quando foi comprado por Lord Curzon, em 1917, só restavam ruínas. Felizmente, seus muros foram rapidamente restaurados, e hoje ele está como novo.
 

Castelo Guaita, San Marino

Este castelo fica localizado em cima do inconquistável Monte Titano, e junto com outras duas torres, protege a república mais antiga do mundo, San Marino.

Ninho da andorinha, Crimeia

O castelo domina o cabo de Ai-Todor, onde a princípio havia apenas uma pequena casinha de madeira. O aspecto atual do 'Ninho da andorinha' se deve a Baron Steingel, que adorava passar férias na região. Ele teve a ideia de erguer um castelo romântico, semelhante às construções medievais à beira do rio Rin.

Castelo Stalker, Escócia

O castelo Stalker foi construído em 1320, e pertencia ao clã MacDougall. Desde então, seus muros passaram por muitas disputas e guerras, e isso se reflete no estado atual. Em 1965, o dono do castelo foi Steward Allward, que junto a sua esposa, amigos e membros da família, restaurou a construção.

Castelo de Bran, Romênia

O castelo de Bran é a pérola da Transilvânia, uma misteriosa fortaleza onde nasceu a lenda do famoso conde Drácula: vampiro, assassino e príncipe Tepes. Dizem que ele dormia no castelo durante suas marchas militares, e que o bosque que o rodeia foi seu lugar de caça preferido.

Castelo de Vyborg, Rússia

O castelo de Vyborg foi fundado pelos suecos em 1293. Pertenceu aos escandinavos até 1710, quando as tropas de Pedro, o Grande, forçaram o exército sueco a recuar. Desde então, o castelo foi usado como armazém, escola militar e até prisão para rebeldes. Hoje em dia é um museu.

Pedra de Cashel, Irlanda

A Pedra de Cashel foi residência  dos reis da Irlanda alguns séculos antes da invasão normanda. No século V a.C. São Patrício (padroeiro da Irlanda e um famoso por uma das mais conhecidas festas da cerveja no mundo) viveu e pregou ali. Os muros do castelo foram testemunhas de uma revolução e da vitória de Oliver Cromwell, que queimava vivos os soldados rebeldes. Desde então, o castelo se transformou em símbolo de crueldade dos ingleses, e de valentia para os irlandeses.

Castelo Kilchurn, Escócia

As belas e um pouco arrepiantes ruínas do castelo de Kilchurn se situam às margens do pitoresco lago Awe. A história deste castelo, diferentemente da maioria das fortalezas da Escócia, é bem tranquila. Ali viveram vários condes. Em 1769, o edifício foi atingido por um raio, e abandonado em seguida. E continua abandonado até hoje.

Castelo de Lichtenstein, Alemanha

Construído no século XII, este castelo foi destruído várias vezes. Em 1884, foi restaurado completamente, e desde então atrai cineastas para gravar filmes. 'Os Três Mosqueteiros' foi um dos filmes rodados neste lugar.

Tradução e adaptação: Incrível.club