Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

14 estradas perigosas que deixam qualquer um sem fôlego

----
768

As pessoas que já andaram de montanha russa sabem o que é sentir medo do percurso. No entanto, nem mesmo esta atração popular pode ser comparada às estradas e rodovias construídas a vários quilómetros sobre um abismo, em um deserto inabitado, sobre a água ou até mesmo embaixo dela.

O Incrível.club convida você a fazer uma pequena viagem pelas estradas mais inimagináveis do mundo, que deixarão sem graça qualquer atração ou esporte extremo.

Túnel Guoliang, China

O túnel Guoliang de 1 quilômetro foi construído num penhasco e leva as pessoas a um povoado de mesmo nome. Em 1970, os moradores fizeram o túnel e umas aberturas nele, utilizando as ferramentas que tinham. A largura do túnel é de cerca de 4 metros, por isso, os motoristas devem ter muitíssimo cuidado.

Mercado sobre a estrada de ferro Mae Klong, Tailândia

À primeira vista o mercado Mae Klong se parece com centenas de outros mercados tailandeses. Mas somente até o momento em que se ouve o apito do trem, cujos trilhos correm bem no meio do mercado. Literalmente, dentro de segundos, comerciantes retiram sua mercadoria para deixar passar a composição, que trafega a cerca de 15 km por hora.

'Camino a Los Yungas', Bolívia

A verdadeira estrada da morte. O camino a Los Yungas une as cidades bolivianas de La Paz e Coroico. Descendo de uma altitude de 3.300 acima do nível do mar para 360 metros, há tantas curvas, que é difícil para o motorista guiar. A estrada é muito estreita e, se dois caminhões se encontrarem de frente, um deles terá de retornar um bom caminho para que os dois consigam passar.

Eyre Highway, Austrália

Ao olhar para esta estrada, nunca acharia que é tão perigosa. No entanto, o número de acidentes nesta via australiana de 1.660 quilômetros, que passa distante das aldeias, é muito alto. A explicação é simples: as paisagens aqui são tão monótonas que os motoristas literalmente adormecem ao volante.

Estrada de ferro 'Nariz do Diabo', Equador

A ferrovia Nariz del Diablo passa por uma montanha de mesmo nome, que supera um desnível de 800 metros. Antigamente, os turistas podiam viajar em cima dos vagões do trem, mas hoje este tipo de 'assento' é proibido.

Ponte ferroviária Pamban, Índia

A Ponte Pamban liga a parte continental da Índia com sua ilha homônima. Em 1964, ela foi destruída por ventos fortes do Estreito de Palk, por isso, quando a velocidade do vento excede 55 km/h é enviado um sinal especial a todos os comboios, para avisar do perigo.

Estrada do Caracórum, Paquistão e China

Estrada de Caracórum, de 1.300 km de extensão, é considerada uma das mais montanhosas do mundo: uma de suas partes passa a uma altitude de 4.600 metros, na região do K2, segunda maior montanha do mundo. As chuvas de monções no verão muitas vezes danificam a estrada, causando deslizamentos de terra e, durante o inverno, a estrada fica fechada por causa das condições meteorológicas e das prováveis avalanches.

Passage du Gua, França

Este caminho, à primeira vista tão simples e bucólico, liga a ilha de Noirmoutier com a França continental. No entanto, durante a maré alta, fica completamente submerso, sob 4 metros de água, e só é possível se deslocar por ali em determinados momentos do dia.

Estrada Leh–Manali, Índia

A rodovia de Leh–Manali passa por vários pórticos de montanha, que ficam a quatro a 5 mil metros de altitude. A estrada é muito estreita, mas ainda assim os motoristas locais trafegam em alta velocidade.

A Estrada para o Céu, na Montanha Tianmen, China

A estrada de 11 quilômetros tem 99 curvas, que levam ao topo da Montanha Tianmen, onde há um templo budista. Em alguns lugares, a distância entre as curvas é inferior a 200 metros, por isso os condutores devem estar atentos ao máximo.

A estrada pelo Salar de Uyuni, Bolívia

A estrada que atravessa o Salar de Uyuni está localizada a 3.650 metros acima do nível do mar. As paisagens locais são tão incomuns, que é fácil se perder por lá e os celulares são totalmente inúteis. Se você for com um grupo de turistas, estará mais seguro, mas se estiver pensando em ir sozinho, não o faça. Além disso, durante a noite, a temperatura pode cair para -30 °C.

A estrada Skippers Road, Nova Zelândia

Múltiplos buracos e falésias, descidas íngremes, curvas repentinas, pontes e grande estreitamento da estrada: estas não são todas as surpresas que esperam por você, se quiser cruzar a Canyon Skippers. As empresas locais que alugam carro, não oferecem seguro às pessoas que pensam em seguir por esta via.

Rodovia Dalton, Alasca, EUA

Apenas 175 quilômetros dos 666 quilômetros desta rodovia são pavimentados, o restante do trajeto tem de ser feito sob o cascalho. Ao longo de todo o caminho há apenas 3 aldeias, 3 postos de gasolina e apenas um hospital. Todas as pessoas que entram nesta estrada são revistadas pela polícia, que verifica se levam tudo o que precisam para sobreviver nas duras condições climáticas do Alasca.

'Trem das nuvens', Argentina

Ao longo de 217 quilômetros desta ferrovia, o trem passa por 21 túneis, 42 pontes, 2 bobinas, chegando a cerca de 4 mil metros de altitude, nos Andes. Seu nome romântico se deve, claro, aos abismos por que passa. Neste link, você consegue reservar passagens.

Imagem de capa structuralia/twitter
----
768