Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Lugares misteriosos que você jamais encontrará em um guia turístico

Se você gosta de viajar a adora fugir dos típicos pontos turísticos, prepare-se para morrer de vontade de conhecer os lugares que mostraremos hoje. Infelizmente, esses lugares misteriosos não podem ser visitados. São quase cenários de filmes de ficção científica.

Kofun, os túmulos do Japão

Estas ilhas artificiais são túmulos da família imperial. Apenas arqueólgos com permissão especial podem visitá-las.

Ilha Sentinela do Norte, Índia

Os aborígenes que vivem na ilha não medem esforços para protegê-la de estranhos. Para evitar problemas, o governo da Índia proibiu que as pessoas se aproximassem.

Área 51, Estados Unidos

A zona secreta foi oficialmente reconhecida pelo governo dos Estados Unidos apenas em 2013, após a abertura de arquivos secretos. Segundo eles, trata-se de uma base da Força Aérea dos EUA onde são criados os aviões mais modernos do mundo.

Igreja de Santa Maria de Sião, Etiópia

Uma igreja onde é guardada uma relíquia: a Arca da Aliança - sim, aquela do filme Indiana Jones. Apenas o guardião tem acesso a ela e ele não pode deixar o templo ou se comunicar com pessoas estranhas.

Ilha Kahoolawe, Estados Unidos

Esta ilha árida foi um lugar para rituais religiosos e uma base de treinamento dos Estados Unidos. Hoje, Kahoolawe é considerada uma reserva natural e a visitação só é permitida para voluntários que trabalham com preservação da natureza.

Estação de rádio e televisão BT Tower, Grã Bretanha

Após a explosão da torre, o restaurante giratório e o mirante foram fechados para o público. De vez em quando nela são realizados eventos de caridade e alguns sortudos têm a oportunidade de ver a cidade de Londres de outra forma.

Santuário de Ise, Japão

No território do templo só podem entrar sacerdotes e membros da família imperial. Os demais só podem admirar o templo de longe.


Povoado fantasma de Varosha, Chipre

Esta zona da cidade de Famagusta era o destino turístico mais popular do Chipre, mas tudo mudou em julho de 1974. A cidade foi invadida por tropas turcas e os habitantes foram tirados do local. Desde então, a cidade é cercada e vigiada pelo exército turco.

Ilha Sable, Canadá

Esta ilha do Atlântico, com uma população de 30 pessoas, é um cemitério de barcos naufragados. Em função da sua natureza única, foi declarada reserva natural.

Para visitá-la, é preciso encaminhar uma solicitação oficial ao governo canadense e comprovar a importância da viagem.

Centro de dados Pionen, Suécia

Esse abrigo, construído em Estocolmo durante a Guerra Fria, se transformou em um escritório ultramoderno de uma empresa sueca. A mais de 30 metros de profundidade e atrás de portas de meio metro de espessura, armazena informações de muitos sites famosos.

Gruta de Lascaux, França

Para conservar a arte rupestre, 15 anos após a abertura para o público, o lugar voltou a ser fechado. Hoje, apenas uma visita virtual é permitida.

Radar 'Don-2N, Rússia

Com 40 metros de altura e 140 de largura, trata-se do elemento chave do sistema de defesa aeroespacial de Moscou. Raras vezes jornalistas puderam entrar, mas conseguiram visitar apenas uma pequena parte do local.

Sala Secreta, do monte Rushmore, Estados Unidos

O monte Rushmore, no Estados Unidos, aquele com a imagem dos presidentes, possui uma caverna secreta com cópias de todos os documentos históricos importantes do país. Para entrar é necessário um código secreto.

Imagem de capa Google Earth