Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

11 viagens de trem que você precisa fazer ao menos uma vez na vida

1-1-
920

Nós, do Incrível.club, convidamos você a fazer uma rota pelas 11 linhas ferroviárias mais surpreendentes e únicas do mundo. Cada um dos vagões que você verá a seguir guarda em seu interior uma aura de luxo e exotismo que te deixará com vontade de fazer as malas hoje mesmo e sair viajando por paisagens inesquecíveis, amanheceres no deserto, templos religiosos, animais silvestres, montanhas verdes e povoados isolados. Surpreenda-se com estas locomotivas que garantiram seus lugares na lista das mais originais graças ao trajeto que percorrem e aos serviços 5 estrelas que oferecem. E, se quiser fazer um roteiro no Brasil, o mais famoso é o da Serra do Mar paranaense, que dura cerca de 3 horas, saindo de Curitiba e chegando em Morretes, no litoral.


West Highland Line, Escócia

Os portos de Mallaig e Oban, localizados nas remotas terras da Escócia, se comunicam com Glasgow (capital do país) através desta ferrovia, eleita em 2009 pela revista independente de viagens Wanderlust como o 'trem superior' e pela Scotrail como um dos trajetos de trem mais bonitos e atraentes do mundo. Em seu caminho, é possível apreciar os vales e montanhas rochosas típicos da arborizada paisagem escocesa.
 

Eastern & Oriental Express, Cingapura e Tailândia

Se você estiver planejando conhecer o sudeste asiático, considere comprar uma passagem para este trem. O Eastern and Oriental Express faz escala em Cingapura e em diversas cidades da Tailândia, dentre as quais Bangkok. Além de permitir que os passageiros admirem paisagens exóticas tanto urbanas quanto naturais, os vagões deste trem são verdadeiros refúgios onde é possível desfrutar de ótima comida e de cabines elegantes. A viagem neste trem pode durar entre 2 e 7 dias, de acordo com o trajeto comprado pelo passageiro.
 

Maharajas Express, Índia

O Maharajas Express é o trem mais luxuoso e caro do mundo. Seu trajeto percorre 5 circuitos, que cobrem mais de 12 destinos em todo o noroeste e região central da Índia, especialmente no Rajastão. O trem já ganhou diversos prêmios graças ao luxo que oferece aos viajantes e à beleza das paisagens por onde passa.

Trem The Ghan, Austrália

The Ghan faz um longo trajeto, atravessando a Austrália por completo de norte a sul, saindo da cidade de Adelaide. Seu nome é a abreviação de Afghan, palavra usada para designar as antigas caravanas de mercadores e mensageiros procedentes do Afeganistão e Pérsia (atual Iran), que atravessavam a mesmo rota em suas viagens, durante os anos de 1865 e 1930.  Atualmente, tais caravanas foram substituídas por envios aéreos e ferroviários como este, que percorrem milhares de quilômetros no meio do deserto e da natureza para comunicar os dois extremos opostos de um mesmo país.

British Pullman, Inglaterra

Ao pensar pela primeira vez neste trem, George Pullman imaginou algo como um palácio sobre rodas, e assim o construiu. A viagem do British Pullman começa na estação Victoria, em Londres, atravessa Paris, os Alpes Suíços e a Áustria para terminar sua rota de 31 horas em Veneza, Itália. Além de conectar vários países europeus e prestas um serviço de luxo, este trem pode se vangloriar de passar por alguns dos lugares mais icônicos da Europa e do mundo.  

Bernina Express, Suíça e Itália

Se algum vez você viajar no Bernina Express, poderá ver a beleza oferecida pelas paisagens dos picos nevados na Suíça, além de ter uma visão privilegiada das geleiras em movimento, lagos alpinos e campos. Este trem leva você de Coira, Davos ou São Moritz através dos imponentes Alpes Suíços até Tirano, na Itália. A rota é tão bonita que foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Ferrovia Qingzang, China

A região autônoma do Tibet (famosa por ser um dos berços do budismo e que atualmente está ligada à China) e o resto da China se ligam através desta rota ferroviária. O Qingzang sai de Xining, na província de Qinghai e chega a Lhasa, no Tibet. Além de atravessar paisagens rurais surpreendentes onde é possível apreciar a fauna silvestre local, este trem tem o diferencial de ser a linha ferroviária mais alta do mundo, já que passa pela Tanggula, uma montanha de 5.072 metros de altitude - mais alto que qualquer montanha no Brasil.

Trem Hiram Bingham, Peru

Apesar de estar no Peru, esta linha de trem recebe o nome de um explorador norte americano, já que foi este homem quem subiu há mais de um século em uma colina alta e se deparou com Machu Picchu, a maior e mais surpreendente descoberta arqueológica do mundo. Atualmente, este trem sai de Cuzco e chega à entrada do parque de Machu Picchu. A viagem percorro o Vale Sagrado dos Incas, campos selvagens e pequenos povoados andinos que podem ser apreciados não apenas pelas janelas laterais do trem, mas também através das claraboia de vidro presentes no teto de cada vagão. Várias operadoras de turismo no Brasil oferecem reserva para este passeio.

Trem azul, África do Sul

Este é outro dos mais conhecidos trens-hotéis de luxo do mundo. Seus passageiros têm acesso a um serviço e instalações de padrão 5 estrelas enquanto cruzam uma paisagem com uma misteriosa aura azul e violeta na África do Sul. A rota entre a Cidade do Cabo e Pretória (capital do país) leva 27 horas, e muitos reis e presidentes já escolheram esta opção de viagem ao conhecerem a nação do líder Nelson Mandela. 

Trem do Fim do Mundo, Argentina

O Trem do Fim do Mundo retoma os últimos 7 quilômetros do antigo trajeto do 'trem dos presos', que partia da cadeia de Ushuaia até o pé do Monte Susana. Ele tem este nome porque seu trajeto alcança o ponto remoto da Patagônia argentina, um lugar cheio de paisagens fabulosas onde é possível apreciar o zigue-zague feito pelo rio Pipo, a cascata Macarena, o cemitério de árvores e o majestoso bosque. Além das belas paisagens, este trem proporciona ao viajante a experiência única de viajar a bordo de um trem de época, com suas locomotivas a vapor e cuja linha foi construída pelos presos.

Golden Eagle Trans-Siberian Express, Rússia, Mongólia e China

O Trans-siberian Express, ou Trem Transiberiano, é talvez um dos trens mais antigos e icônicos do mundo. Seu épico passeio dura 15 dias e envolve dois enormes continentes (Europa e Ásia) e algumas das paisagens mais remotas e isoladas do Planeta. Graças a esta linha férrea, China e Rússia se conectam há vários anos. Hoje, é possível embarcar numa viagem gigantesca da Rússia Europeia até as províncias do distante Oriente Russo, Mongólia e China. Um dos elementos que deram fama a este trem é a misteriosa névoa da manhã, que se levanta sobre o lago Baikal, e à medida em que se sobe ao ar livre na locomotiva, surge uma bela paisagem de uma praia isolada. Se você estiver procurando por uma viagem que irá mudar a sua vida, não há nada como este trajeto lendário pela Sibéria até o Oceano Pacífico. 

Fotos: Imgur
 

1-1-
920