Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Situações diferentes vividas em escolas de distintos países

Cada país tem suas ideias sobre o processo educacional perfeito e as diferenças são muito maiores do que podemos imaginar.

O Incrível.club descobriu como tudo está organizado em escolas de 10 países diferentes. No final do post, um bônus: falaremos sobre uma escola bem diferente, na qual não há salas de aula.

1. França

  • Ano acadêmico: setembro a julho
  • Duração das aulas: dependendo da matéria (de 55 minutos a 2 horas)
  • Duração da semana escolar: 5 dias (quarta-feira é um dia curto)
  • Provas: sim
  • Tarefas: sim
  • Característica distintiva: muitas vezes é possível encontrar estudantes que repetem de ano e aqueles que "pulam" um ano, então as aulas mistas são um fenômeno comum. Além das mudanças habituais, na escola há uma pausa de duas horas para o almoço: as crianças podem voltar para casa e almoçar com suas famílias. É estritamente proibido usar celular na escola e os alunos são obrigados a passar a hora do recreio fora do prédio.

2. Japão

  • Ano acadêmico: abril a março
  • Duração das aulas: 45 minutos na escola primária, 50 minutos no ensino médio e bacharelado
  • Duração da semana escolar: 6 dias
  • Provas: várias vezes ao ano
  • Tarefas: não há no primário, mas há muitas no secundário e no bacharelado
  • Característica distintiva: as aulas começam às 8h30 e vão até a noite. A maioria das crianças também vai para as escolas adicionais Kudo. É considerado normal estudar adicionalmente aos domingos. As férias vão de 20 de julho a 1.º de setembro, de 26 de dezembro a 7 de janeiro e de 25 de março a 1.º de abril. Para os japoneses, esse é um período em que você pode e deve estudar profundamente.

3. Israel

  • Ano acadêmico: de setembro a junho
  • Duração das aulas: duas disciplinas são ministradas em uma aula, que duram 90 minutos
  • Duração da semana escolar: 6 dias
  • Provas: sim
  • Tarefas: não há desde o primeiro até o sexto ano
  • Característica distintiva: nas escolas de nível intermediário, começa a divisão de alunos em grupos de aproveitamento, de acordo com os seus estudos e suas habilidades. As crianças se preparam para entrar no ensino médio e os requisitos para o seu progresso acadêmico aumentam. Dependendo das habilidades dos alunos, as matérias em cada grupo são ensinadas de diferentes maneiras.

4. China

  • Ano acadêmico: setembro a julho
  • Duração das aulas: 40 minutos
  • Duração da semana escolar: 6 dias
  • Provas: sim
  • Tarefas: sim
  • Característica distintiva: os alunos se exercitam na escola pela manhã. Depois da terceira aula, fazem exercícios para os olhos. Aproximadamente aos 14 anos de idade, eles têm uma hora a mais de exercício no dia, com movimentos ativos. Talvez seja por isso que um uniforme escolar seja uma roupa esportiva

5. Índia

  • Ano acadêmico: julho a maio
  • Duração das aulas: 35 minutos
  • Duração da semana escolar: 6 dias
  • Provas: sim
  • Tarefas: sim
  • Característica distintiva: na Índia, os pais das crianças em idade escolar estão muito preocupados com os resultados das provas de seus filhos. Ter um diploma abre grandes oportunidades na vida. Portanto, muitas vezes é possível ver adultos escalando as barras das janelas até os andares superiores da escola, para dar dicas de respostas corretas das provas às crianças.

6. Austrália

  • Ano acadêmico: janeiro a dezembro
  • Duração das aulas: o professor é quem determina
  • Duração da semana escolar: 5 dias por semana
  • Provas: a partir da terceira série, a cada 2 anos
  • Tarefas: sim
  • Características distintivas: o ano letivo é dividido em 4 trimestres e é interrompido durante as férias da Semana Santa (2 semanas em abril), no inverno (2 semanas em julho), na primavera (2 semanas em setembro) e no verão de dezembro a janeiro. O professor muda todos os anos de sala de aula.

7. Canadá

  • Ano acadêmico: setembro a junho
  • Duração da semana escolar: 5 dias, a sexta-feira é mais curta
  • Provas: há testes regulares e parciais
  • Tarefas: não são necessárias
  • Duração das aulas: 85 minutos
  • Característica distintiva: o dia escolar começa às 8h15, mas este não é um horário obrigatório para todos. De 8h15 a 8h45 é hora de tirar dúvidas com o professor individualmente, quando você pode fazer perguntas ou discutir problemas. Se não há problemas ou perguntas, você pode dormir um pouco mais

8. Espanha

  • Ano acadêmico: setembro a junho
  • Duração das aulas: 45 minutos
  • Duração da semana escolar: 5 dias
  • Provas: sim
  • Tarefas: não
  • Características distintivas: na escola ensinam 2 línguas: inglês e a segunda língua oficial, de acordo com a região (Catalunha, Valência, Galícia, País Basco). Para aprender melhor uma língua estrangeira, existem matérias completamente separadas nesta língua. Por exemplo, além da aula de inglês, também há "trabalho manual" em inglês, um trabalho extra da aula de língua catalã e há outra matéria em catalão chamada "meio ambiente"

9. Finlândia

  • Ano acadêmico: de agosto a maio
  • Duração das aulas: o professor é quem define
  • Duração da semana escolar: 5 dias
  • Provas: não
  • Tarefas: quase não há
  • Característica distintiva: para 2020 está previsto o cancelamento do modelo atual de aulas. O dia escolar não será dividido em aulas, mas estas serão substituídas por uma única matéria e professor é quem definirá isso. Por exemplo, a matéria ecologia pode ser combinada com economia e política. A primeira aula durará aproximadamente 3 horas, com intervalos curtos para maximizar a participação do aluno no processo.

10. Itália

  • Ano acadêmico: todo ano muda, dependendo do clima e da região
  • Duração da semana escolar: 5 dias
  • Provas: sim
  • Tarefas: não
  • Duração das aulas: de 50 a 55 minutos
  • Característica distintiva: as crianças devem mudar de escola duas vezes, depois da escola primária mudam para o ensino médio, que começa de novo na primeira série. Muda tudo: o edifício, os professores e os colegas de classe. No lugar da graduação, é organizado "um jantar com os professores". Toda a classe organiza o jantar em um bom restaurante e convida os professores. Os alunos pagam pelo jantar e se supõe que o dinheiro não deve ser solicitado aos pais, pois o objetivo é mostrar que os alunos já são adultos.

Bônus: uma nova visão do sistema educacional

O colégio Ørestad em Copenhague, Dinamarca, é uma verdadeira obra-prima da arquitetura contemporânea, tanto dentro como fora. As salas de aula da escola são separadas de forma muito diferente: os 5 andares estão conectados por um único espaço aberto, o que permite ver o que acontece literalmente de cima a baixo. Em vez das salas de aula, existem áreas de diferentes superfícies, sonorização e iluminação. Portanto, os professores e os alunos podem escolher as condições mais adequadas e confortáveis para estudar um determinado assunto.