Incrível

Você vai se surpreender com estas belas fotos das curvas planejadas e com a história da capital do País

4-25
453

Vamos falar de uma jovem senhora de 59 anos que encanta com suas curvas planejadas. Nomes de peso do planejamento urbano e da arquitetura brasileira ajudaram a dar forma a este reduto que reúne milhares de brasileiros de várias regiões do Brasil.

É difícil identificar o sotaque e a culinária de lá. A mistura é tão grande que quem nasceu no chamado quadradinho tem o costume de escutar: “você é de onde?”. A cidade é organizada por setores (hoteleiro, bancário e de diversões, entre outros) espalhados pelas asas Sul e Norte. Ao sobrevoar o Centro-Oeste, é possível visualizar o formato de um avião. A cabine de controle seria a Esplanada dos Ministérios. Estamos falando de Brasília, a capital do País.

Incrível.club traz belas fotos dos principais monumentos de Brasília e conta um pouquinho da história desta cidade que não tem mar, mas possui um céu hipnotizador. Aperte o cinto e prepare-se para esta viagem.

Brasília e sua história

Diferentemente das outras regiões do Brasil, Brasília é uma cidade planejada. Foi projetada por Lúcio Costa e pelo arquiteto Oscar Niemeyer e construída por milhares de brasileiros (conhecidos como candangos) que saíram, principalmente, do Nordeste e Sudeste para tentar a vida na futura Capital Federal. Um dos fatores que influenciaram na construção de uma nova capital foi a preservação da segurança nacional.

Explicamos: argumentos militares defendiam que se a capital do Brasil permanecesse no litoral (na época, o Rio de Janeiro), estaria vulnerável a ataques estrangeiros. Ao projetá-la, a concentração da população que estava no litoral brasileiro migraria para o centro do país, o que forçaria a integração de novos estados, exploração de novos terrenos e a ligação com todo o território pelas rodovias. Consequentemente, contribuiria para o crescimento econômico nacional.

Brasília foi projetada para apenas 500 mil pessoas e foi inaugurada em 1960 pelo então presidente Juscelino Kubitschek. Hoje, o quadradinho já conta com quase 3 milhões de habitantes. Problemas de mobilidade surgiram, mas, ainda assim, a cidade continua encantando com seu charme e céu azul. A Capital Federal (também conhecida como BSB) é considerada um patrimônio mundial pela UNESCO, devido ao seu conjunto arquitetônico e urbanístico. Além disso, possui a maior área tombada do mundo — 112,5 quilômetros quadrados.

Suas curvas e monumentos em cliques fotográficos

A Catedral de Brasília, concebida pelo arquiteto Oscar Niemeyer, foi o primeiro monumento a ser criado na capital.

O Museu Nacional, também de Niemeyer. De noite, em dias festivos, encanta com projeções e muita música.

As conhecidas “tesourinhas” dão sentido às ruas de BSB. Ou, às vezes, te tiram do caminho (quem é de Brasília provavelmente já percorreu pela tesourinha errada e deu voltas e voltas até chegar no caminho certo....).

Os ipês colorem o dia a dia de quem caminha pelo centro...

...e quando eles aparecem é sinal de que a seca chegou. E a cidade muda completamente de cor. O verde central fica desta maneira (veja abaixo) e, mesmo assim, não perde sua beleza:

Sim, o Lago Paranoá é artificial

Muitos aproveitam o lago para praticar esportes. E a ponte JK (ou terceira ponte), que corta o Lago Paranoá, é mais uma das obras admiráveis da região, criada pelo arquiteto Alexandre Chan.

E, de maneira impressionante, é possível comer frutas diretamente do pé ao passear pela cidade

Este mapa, criado pela professora de gastronomia do Instituto Federal de Brasília (IFB), Ana Paula Jackes, vai te ajudar a encontrar o melhor pomar entre as 900 mil árvores frutíferas a céu aberto plantadas na região.

Um dos maiores parques urbanos do mundo está em BSB

Parque da Cidade (com 420 hectares) supera, inclusive, o Central Park, de Nova Iorque, que tem uma área de 320 hectares.

Céu de Brasília, patrimônio imaterial?

Como dizia a banda brasiliense de reggae Natiruts em um de seus trechos musicais, “eu vou surfar no céu azul de nuvens doidas, da capital do meu país”. Realmente, este é o mar de quem vive por lá. E a admiração é tanta que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) recebeu um pedido para que o céu de Brasília fosse tombado como patrimônio imaterial. Clique aqui e entenda.

Conheça também as cidades administrativas

Guará, Águas Claras, Samambaia, Ceilândia e Taguatinga têm vida própria. A economia nestas regiões são consistentes. Em Taguatinga, por exemplo, pulsa cultura e há uma culinária diversificada e muita arte. Conhecida como TaguaYork, a cidade possui uma variedade enorme de restaurantes e entretenimento.

Um bom lugar descolado e com muita música é o “Isso Aqui é DF”. E se bater a fome, vá até o “O Carcará Hamburgueria” e prove uma de suas delícias. Se preferir um cachorro-quente artesanal, tem o “LOFEDOG” com boas opções no estilo BBB (Bom, Bonito e Barato). Mas claro, evite pegar o metrô em horário de pico, caso contrário, veja foto acima...

Como dizem os brasilienses, quer variar e pegar uma “cachu”?

Em uma viagem de cerca de 3 horas de carro, você consegue visitar um dos lugares mais incríveis do cerrado, a Chapada dos Veadeiros, também incluído na lista de Patrimônio Mundial pela Unesco. O lugar é rodeado por cachoeiras e uma excelente opção para quem gosta de trilhas e contato com a natureza.

Brasília, suas cidades administrativas e seus arredores são incríveis, não é mesmo? Conte para a gente o que achou de BSB após conhecer melhor a nossa capital.

4-25
453