20+ Amigurumis que são pequenas obras de arte (e um bônus para aprender a fazer essas gracinhas)

A arte de fazer bichinhos de tricô ou crochê tem origem na tradição origem japonesa e é denominada “amigurumi”. O termo vem da união das palavras “ami” (que significa malha) e “nuigurumi” — que significa “bichinhos de pelúcia”. Muito popular do outro lado do mundo, essa técnica se espalhou para outros países e virou febre no Brasil. Os amigurumis podem ter vários formatos e tamanhos, que só dependem da criatividade do artesão.

Incrível.club traz uma lista de 20+ amigurumis de espantosa criatividade. Curta essas pequenas obras de arte e não perca o bônus no final com vídeos fáceis para você, que tem vontade de aprender a fazer essas gracinhas.

1. Olhe esta carinha...

2. Dá vontade de apertar

3. E esta bailarina...

4. Dá até vontade de comer

5. É você, princesa Leia?

6. “Você está gastando todo o meu dinheiro, rapaz”

7. Estou sofrendo de “aracnofofurice”

8. Que preguicinha

9. Que fofuxos

10. Muita perfeição

11. Muito fofa esta coruja

12. “Crescer é realmente é uma prova de fogo”

13. Dá-me um abraço?

14. Olha estes “anjinhos”

15. Você leu a minha mente

16. Dragão Aziraphale

17. “Cortem as cabeças”

18. “Pés, para que os quero, se tenho asas para voar?”

19. Devagar e lindo

20. Um lindo gnomo

21. Perfeição

22. Borboletas coloridas

23. Vamos colocar um sorriso nesse rosto...

24. Vai um café ai?

25. Uma linda raposa vestida para passeio

26. Hora de contar carneirinhos

27. Chucky não parece tão ruim assim

28. Baby Groot

Bônus: links para aprender a fazer

Que tal pegar linha e agulha e começar a aprender a fazer seus próprios amigurumis? Trabalhos manuais ajudam a espantar o estresse, trazem bem-estar e desenvolvem a criatividade. Confira, então, algumas receitas passo-a-passo para começar a confeccionar os seus primeiros bichinhos. Então, mãos à obra!

  • Curso básico de amigurumi (aqui);
  • Saiba como fazer amigurumi do zero (aqui);
  • Amigurumi para iniciantes (aqui).

Gostou da criatividade? Sabe fazer ou tem vontade de começar? Conte para nós.

Compartilhar este artigo