Incrível
Incrível

11 Bastidores de filmes de terror que vão fazer você perder o medo

Muitos atores realizam seu trabalho com tamanha excelência, que são capazes de fazer muitos fãs terem dificuldade para dissociar a imagem de pessoa x personagem. Isso faz com que as cenas conquistem mais veracidade e, no caso dos filmes de terror, sustos. No entanto, queremos te mostrar como a realidade não condiz, exatamente, com esse clima tão assombroso. Ele pode ser bem divertido, inclusive. Confira só!

O Chamado 3 (2017)

Os bastidores de uma produção podem ser considerados uma verdadeira aventura. É o momento em que a equipe precisa equilibrar o orçamento apertado para efeitos especiais, produção e roteiro. Por isso, no final das contas, um filme é o conjunto bem pensado de técnicas multissetoriais para conquistar o objetivo e ter o menor orçamento possível.

Doze anos após O Chamado 2, O Chamado 3 é um filme com orçamento de cerca de R$ 125 milhões, com críticas bem divididas, mas obteve um bom desempenho e arrecadou cerca de R$ 415 milhões.

A Órfã (2009)

O filme de terror de 2009, A Órfã, é inegavelmente um clássico quando se trata do gênero. No filme, os Colemans (Vera Farmiga e Peter Sarsgaard) decidem adotar uma menina de 9 anos chamada Esther (Isabelle Fuhrman). A doce Esther tem um comportamento e aparência impecáveis, mas logo fica claro que algo está seriamente errado com ela.

Os críticos elogiaram os sustos e a atuação de Fuhrman como Esther, mas criticaram o roteiro estereotipado, ritmo irregular e duração de duas horas. Com orçamento de R$ 100 milhões, o filme conseguiu arrecadar R$ 390 milhões em todo o mundo.

Gremlins (1984)

Uma mistura única de comédia e terror, além de parecer um filme de família, mas muito intenso para a maioria das crianças — muitas das quais viraram adultos que continuam fanáticos pelo filme. Gremlins acabou se tornando um sucesso de bilheteria que você ainda pode encontrar nos canais abertos de TV, geralmente na época do Natal.

Os produtores se planejaram para lançar o filme durante a temporada de Natal, propositalmente, é claro. No entanto, Indiana Jones Os Caça-Fantasmas, tinham sido lançados recentemente e não tinham muitas opções para que uma competição pudesse acontecer. O lançamento ocorreu mais cedo do que o previsto, em agosto, mas isso não afetou seu desempenho. Gremlins foi o quarto filme de maior bilheteria de 1984.

Frankenstein (1931)

Frankenstein não é apenas indiscutivelmente o melhor dos monstros da Universal da década de 1930, mas também se tornou uma imagem fundamental para a época do Halloween. No entanto, esse não foi o começo da história. Em 1910, Thomas Edison Company produziu um Frankenstein; no entanto, acreditava-se que um incêndio havia destruído o negativo original. Até que mais de 60 anos depois, um colecionador de filmes descobriu que em seus arquivos havia uma espécie de cópia rara do filme.

Halloween: A Noite do Terror (1978)

O filme custou cerca de R$ 1,5 milhão e foi uma verdadeira correria. Depois que o projeto do filme começou, o produtor executivo, Irwin Yablans, queria lançá-lo antes do feriado, em 1978. Então, os roteiristas deram um jeito para criar o roteiro em cerca de duas semanas e as filmagens duraram apenas 22 dias. No fim, arrecadou cerca de R$ 235 milhões. Uma grande bolada, não é mesmo?

A Hora do Pesadelo (1984)

Filme baseado em uma história real, esse também foi recordista de tempo: 32 dias de filmagem. O protagonista, Robert Englund, apesar de seu papel assustador, é conhecido por sua personalidade doce, encantadora e bastante afetuosa com seus colegas e fãs. A maquiagem, definitivamente, o transformou em outra pessoa.

It — Uma Obra Prima do Medo (1990)

Uma das imagens mais icônicas que vem à mente quando pensamos em palhaços assustadores é a de Pennywise de It — Uma Obra Prima do Medo, de Stephen King. Com mais de 1.100 páginas, esse é um longo romance que parecia quase impossível de adaptar para o cinema. Tim Curry inicialmente relutou em interpretar Pennywise, pois estava desconfiado do longo processo de maquiagem, mas ele acabou concordando após ter certeza de que o processo não demoraria tanto.

Tubarão (1975)

Embora o filme tenha chegado ao cinema em junho de 1975, ele foi originalmente planejado para ser lançado no Natal de 1974. Quando Steven Spielberg foi autorizado a dirigir o filme, ele recebeu 55 dias para a filmagem. No fim das contas, ele levou 159 dias para encerrar a produção.

Os produtores do filme originalmente queriam desafiar as leis da natureza e treinar um verdadeiro tubarão branco. Felizmente, logo perceberam que era impossível treinar um tubarão, e tiveram que encontrar uma solução diferente e mais prática para isso.

Vários tubarões mecânicos foram construídos para a produção do filme, cada um pelo preço cerca de R$ 1,2 milhão, mas nem todos se saíram muito bem. Então, Spielberg teve que contornar esse problema diminuindo a quantidade de tempo que o tubarão era visto em cena, usando uma variedade de truques para sugerir a presença da criatura durante grande parte do filme.

A Maldição de Chucky (2013)

A Maldição de Chucky é o sexto da série Chucky, o mais longo, com 97 minutos de duração. O roteiro trouxe referências a cada um dos filmes anteriores, bem como os elementos de terror encontrados no primeiro (Brinquedo Assassino) e a aparência clássica de Chucky.

Criaturas 3 (1991)

Muito antes de afundar com o Titanic e se disfarçar em Os Infiltrados, Leonardo DiCaprio estreou no cinema na sequência de terror Criaturas 3. Fazer a estreia no cinema em um filme sobre alienígenas carnívoros pode não parecer a maneira mais promissora de começar uma carreira, mas todo mundo tem que começar de alguma forma, não é mesmo?

semelhança com o filme Gremlins, fez com que muitos acreditassem que Criaturas fosse apenas uma cópia. Mas isso não é verdade porque Brian Muir o escreveu aos 19 anos. Também foram investidos cerca de R$ 50 mil com os bonecos.

Uma Noite Alucinante 3 (1992)

Como continuação de Uma Noite Alucinante 2, a terceira versão não foi rentável em termos financeiros (cerca de R$ 100 milhões), mas impressionou os cinéfilos devido ao trabalho impecável de maquiagem. Os personagens ganharam vida e ficaram realmente assustadores. No entanto, o elenco não poderia perder a chance de se divertir muito nos bastidores.

O que achou de ter visto um pouquinho do que acontece atrás das câmeras? Compartilhe sua opinião conosco nos comentários.

Incrível/Fotografia/11 Bastidores de filmes de terror que vão fazer você perder o medo
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos