Por onde andam estes 12 famosos que deixaram o Brasil para viver nos Estados Unidos

Para algumas pessoas o “sonho americano” parece uma utopia. Em contrapartida, para muitos brasileiros — cerca de 3 milhões, especificamente — o desejo passou de mero anseio para a realidade. Engana-se, portanto, quem acha que somente os anônimos são encantados pela terra do “Tio Sam”. Muitos famosos, além de a adorarem, fazem parte das milhares de pessoas que lá fincaram os pés e se mudaram de vez para os EUA.

Com isso em mente, nós, do Incrível.club, buscamos pelas celebridades que optaram por ganhar a vida na América do Norte e parecem estar muito felizes com a escolha. Confira abaixo o que cada um deles têm feito!

Humberto Martins

Conhecido principalmente pelos memoráveis papéis em novelas como Escrito nas Estrelas e Uga Uga, o galã do século passado, Humberto Martins, mudou-se para a Califórnia, nos EUA, ainda em 2019, onde mora com a filha mais velha e o genro. Na América do Norte, o ator começou a escrever um projeto de websérie e inclusive já chegou a realizar um de seus maiores sonhos: comprar um barco.

“Suei muito a camisa por décadas pra conseguir realizar sonhos. Comprei um barco mais simples, de 40 anos, e já me sinto satisfeito e feliz por poder ter essa oportunidade”, descreve. Contudo, conta ainda que sente falta do restante da família e do jeito “mais despojado e afetivo de ser que somente os brasileiros têm”.

Fernanda Machado

Outra celebridade brasileira que fincou os pés nos Estados Unidos, em Santa Bárbara, mais especificamente, foi Fernanda Machado. A atriz conhecida por papéis em produções de sucesso como as novelas Amor à vida e Caras & Bocas já está há mais de 7 anos morando nos EUA.

Machado, embora dê aulas de ioga em um estúdio, fisicamente e pela internet, não descarta voltar a atuar, algo que considera a “sua paixão”, inclusive no Brasil. Mas, antes de tudo, prioriza passar o tempo com os filhos e investindo em sua educação.

Guilherme Berenguer

Se você lembra da temporada da famigerada novela Malhação em que tinha a “Vagabanda”, provavelmente também lembra de Guilherme Berenguer, um dos galãs e protagonistas que roubavam os corações das meninas da época. Hoje, o ator vive uma vida mais reclusa nos Estados Unidos, junto a sua esposa e dois filhos, e se dedica aos estudos e ao trabalho como produtor.

Em entrevista, falou da relação com a família e das prioridades em sua vida: “Passar tempo com meus filhos é essencial e primordial para construirmos e amadurecermos algo que nenhum dinheiro nesse mundo pode comprar: amor e comunhão”.

Ludmila Dayer

Por falar em Malhação, como esquecer de Ludmila Dayer, a grande protagonista Joana da sétima temporada? Fora do Brasil desde 2006, a loira prefere ficar longe dos holofotes e manter uma vida mais reservada, atuando como produtora e roteirista de cinema, além de ter a sua própria produtora.

“Hoje minha vida é nos Estados Unidos e não penso em voltar ao Brasil. Inclusive, minha família está aqui. Adoro fazer novela, mas no momento acho difícil por conta da minha rotina. Toparia fazer uma participação mais curta”, fala Ludmila sobre a sua relação com o país norte-americano.

Erik Marmo

Conhecido pelos inúmeros personagens memoráveis na TV brasileira, como Cláudio em Mulheres Apaixonadas e Gabriel em Sete Pecados, o ator Erik Marmo deu adeus à rotina no Brasil para tentar uma nova vida em Los Angeles, nos EUA, com a esposa e os dois filhos, um projeto que tinha para sua vida desde a infância.

“A mudança foi uma motivação mais emocional que racional. Meu pai trabalhou em empresa de aviação a vida inteira e morou em Nova York em 69. Eu tinha essa vontade no DNA de morar fora” conta. Com outras fontes de renda, Marmo, além de produtor e dublador, trabalha com marketing, aluga os imóveis próprios e é até coach de futebol. Mas também tem conquistado seu espaço em Hollywood e feito participações em séries renomadas.

Nivea Stelmann

Em Orlando, EUA, desde 2017, Nivea Stelmann conta que abrir mão da carreira no Brasil — há muito consolidada, e com muitos papéis de destaque no currículo — em prol da família, foi uma decisão complicada, mas não se arrepende da mudança, afinal, morar nos Estados Unidos “sempre foi um sonho”.

Para ela, o mais importante era proporcionar paz e tranquilidade para os parentes. No que diz respeito à rotina empregatícia, conta que no exterior não pôde dar continuidade ao seu trabalho (atuação), mas que vem ao Brasil, trabalha e volta, embora não pense mais em se fixar nas terras tupiniquins. Contudo, em suas próprias palavras: “O futuro a Deus pertence”. Nunca diga nunca, né?!

Cid Moreira

Conhecido por ser o primeiro âncora do famoso Jornal Nacional, da Rede Globo, Cid Moreira também deixou o Brasil para viver em terras norte-americanas. O ex-apresentador, embora já tenha passado dos 90 anos, não possui uma rotina monótona. Além dos exercícios frequentes e da alimentação vegana, adora visitar parques temáticos e assistir a shows de jazz com sua esposa, Fátima, na Califórnia, onde vive.

Em casa, possui um espaço destinado às suas gravações. Não é à toa que em 2020, ele, que esteve na linha de frente dos protótipos radiofônicos do Brasil, voltou à rádio integrando a equipe da Web Rádio Conhecer. Incrível, não?

Tania Khalill

Compondo o time das celebridades que foram atrás do seu “sonho americano”, a atriz Tania Khalil escolheu Nova York para viver com o marido e as duas filhas. Na América do Norte, portanto, não abandonou a atuação e já chegou, inclusive, a participar de uma das produções da HBO. Além disso, mantém um projeto chamado “Grandes Pequeninos” com o marido, que tem como objetivo inserir crianças no universo artístico.

Leandro Hassum

Foi em 2016 que Leandro Hassum decidiu se mudar para Orlando, nos Estados Unidos, de onde não tem intenção de sair tão cedo, ainda que não descarte morar no Brasil novamente. Conta que no país faz shows, sai em turnê e fecha parcerias para comerciais sempre que possível. “Como faço o que amo, quero trabalhar sempre e para sempre (...) Não existe uma rotina. Chamou, eu vou”. Bacana, né?

Fernanda Pontes

Nos EUA desde 2013, Fernanda Pontes se mudou para trabalhar como apresentadora da Globo Internacional, mas não tem planos de voltar a morar no Brasil. Na gringa, conta que aprendeu a organizar a agenda de trabalho com a vida de dona de casa, e que faz questão de levar e buscar os filhos na escola, assim como sair para jantar com o marido.

Além de já ter participado de diversas edições do BR Day (Dia Brasileiro) — festa que ocorre em Nova York para enaltecer a cultura tupiniquim — Pontes fundou sua própria ONG, a IF YOU Foundation, que tem como slogan ’A nossa causa é a causa de todos’: “Nunca deixei de lutar pelos brasileiros e elevar ainda mais a minha cultura, mesmo vivendo em outro país (...) onde aprendi a me reinventar e acreditar que tudo é possível quando se tem determinação para se realizar”.

Você tem vontade de conhecer ou morar em alguma cidade norte-americana ou já o fez? Caso não, conhece alguém que passou pela experiência? Conte tudo para nós na aba dos comentários!

Compartilhar este artigo