Incrível
Incrível

Momentos inesquecíveis da cerimônia do Oscar que são parte de nossa história

A febre do Oscar aumenta a cada ano, trazendo mais e mais telespectadores interessados em assistir à premiação. A cerimônia sempre nos surpreende de alguma forma: seja pela tão esperada vitória de um ator amado pelo mundo ou pela selfie do século. Mas, ao longo da história desse prêmio, também encontramos fatos curiosos que talvez muitos desconheçam.

Incrível.club traz hoje um breve passeio pela história deste grande prêmio cinematográfico. Esperamos que você goste.

  • O prêmio recebeu o nome de Oscar apenas em sua sexta edição. Foi batizado assim pelo colunista Sidney Skolsky. Anteriormente, era entregue como uma estatueta “anônima”. Existem diversas versões sobre essa denominação: há que diga que a atriz Bette Davis alegou que a estatueta lembrava muito seu quarto marido, Harmon Oscar Nelson. Outros dizem que a bibliotecária da Academia e diretora executiva Margaret Herrick achava a estatueta muito parecida com um tio seu, de nome Oscar. Infelizmente, nunca saberemos a verdade.
  • A maioria das pessoas sabe que o discurso de agradecimento dos premiados tem um tempo limitado: a orquestra interromperá impiedosamente aqueles cujas palavras excederem 45 segundos. Isso não foi necessário no discurso de Alfred Hitchcock em 1968. O cineasta pronunciou apenas uma palavra: “Obrigado”.

    É possível que ele tenha ficado ofendido pois seus dois filmes indicados ao Oscar, “Psicose” e “Janela Indiscreta”, não levaram nenhuma estatueta. Ele apenas subiu ao palco naquele dia para receber o prêmio Irving Thalberg, que é outro prêmio da cerimônia, em que não é dada a famosa estatueta de ouro, mas sim um pequeno busto de bronze.
  • Nos primeiros anos de história desses prêmios, as melhores atrizes e os melhores atores eram escolhidos de uma maneira um pouco diferente da atual: vários filmes eram levados em conta durante um certo período, e não apenas um único papel, como acontece agora.
  • Às vezes, pode acontecer de mais de um ator desempenhar um papel muito bem e na mesma categoria. Nesses casos, a Academia gostaria de dar o prêmio para todos. Houve um tempo em que isso não era problema. Sendo assim, em 1932, Fredric MarchWallace Beery receberam a estatueta de “Melhor Ator”. Já em 1969, Katharine HepburnBarbra Streisand subiram ao palco para receber o prêmio de “Melhor atriz”.
  • Em 1973, a música “Ben,” do filmeBen, o Rato Assassino, interpretada por um jovem Michael Jackson de apenas 14 anos, foi indicada ao Oscar. Curiosamente, para o cantor, essa performance foi o primeiro solo apresentado em um grande palco, fora do grupo Jackson Five. O público ficou impressionado com a performance do garoto e não o perdeu de vista: logo, ele se tornou o verdadeiro Rei do Pop.
  • Estatísticas tristes dos últimos anos: as atrizes que receberam seu primeiro Oscar na categoria de “Melhor atriz” divorciaram-se pouco tempo após a cerimônia. Isso aconteceu com Hilary Swank, Julia Roberts, Reese Witherspoon, Kate WinsletSandra Bullock.
  • A atriz Cate Blanchett recebeu uma estatueta de “Melhor Atriz” por interpretar Katharine Hepburn no filme “O Aviador”. Katharine, interpretada por Blanchett, por sua vez, foi a atriz que mais vezes ganhou o Oscar: das 12 vezes que foi indicada, ganhou 4, mais do que qualquer outra atriz ou ator na história desse prêmio.

Cate Blanchett, no filme "O Aviador" e Katharine Hepburn.

  • Talvez, um dos fatos mais importantes da história do Oscar tenha acontecido em 2017, quando ocorreu um erro épico ao ser anunciado o “Melhor Filme”. Devido a confusão com os envelopes, “La La Land” foi anunciado como o filme que levaria a estatueta, embora de fato, nesta categoria, o drama “Moonlight — Sob a Luz do Luar” tenha sido o verdadeiro vencedor.

    Como foi descoberto após uma pequena investigação, um funcionário confundiu-se com os envelopes porque estava distraído nos bastidores para tirar uma foto. Devido a esse grave acidente, hoje há controles mais rígidos: uma pessoa acompanha todo o processo e os funcionários estão proibidos de tirar fotos durante a cerimônia.
  • O principal perdedor do Oscar, por incrível que pareça, não é Leonardo DiCaprio. O ator Peter O’Toole foi indicado oito vezes e não ganhou nenhuma. Mas ambos foram facilmente superados pelo compositor Kevin O’Connell: foi indicado ao Oscar de melhor mixagem de som em vinte e uma ocasiões, vencendo somente o de 2017, pelo filme “Até o Último Homem” — muito merecidamente, diga-se de pasagem.
  • Quando foram gravar seu nome na estatueta tão esperada, Leonardo DiCaprio brincou de forma brilhante sobre ele mesmo, dirigindo-se à funcionária: “Desculpe, os nomes são gravados no Oscar todos os anos? É minha primeira vez”.
  • John Ford é o único ganhador de 4 estatuetas para “Melhor Direção”. Na entrega de suas primeiras três estatuetas, ele não pôde participar da cerimônia pelas seguintes razões: “Da primeira vez, fui pescar; da segunda, houve uma guerra; da terceira, quando me dei conta, estava bêbado”.
  • Até 1961, havia o Oscar Juvenil, que era dado para os atores menores de 18 anos. A atriz Shirley Temple foi premiada com essa estatueta, quando tinha apenas 6 anos de idade.
  • Outra recordista é a atriz Tatum O’Neal. Ela recebeu uma estatueta em 1973 como “Melhor Atriz Coadjuvante” por sua atuação no filme “Lua de Papel”, quando tinha apenas 10 anos de idade.

Tatum O'Neill e Shirley Temple.

  • Às vezes, as emoções literalmente invadem os vencedores e eles não conseguem disfarçar o que estão sentindo: o ator e diretor Roberto Benigni começou a pular de alegria entre os assentos, Gwyneth Paltrow chorou no meio do palco e Jennifer Lawrence ficou tão nervosa que se enroscou em seu próprio vestido e caiu na escada do palco.

    Mas muito mais imprevisível foi a reação de Adrien Brody quando subiu para pegar a estatueta por seu papel em O Pianista. Ele estava tão feliz que abraçou forte Halle Berry (ela entregou o prêmio a ele) e a beijou! Para o deleite do público, a atriz aproveitou o momento e respondeu da mesma forma. A propósito, até aquele dia os dois não se conheciam.

E você, gosta de à cerimônia do Oscar? Quais partes foram mais marcantes, em sua opinião? Comente!

Incrível/Famosos/Momentos inesquecíveis da cerimônia do Oscar que são parte de nossa história
Compartilhar este artigo