Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

9 Exemplos de que nunca é tarde para encontrar o seu príncipe ou a sua princesa

Você era o tipo de criança que queria se casar com um príncipe ou com uma princesa? Claro que a possibilidade de que isso se tornasse realidade era baixa, mas não impossível. Aconteceu com a atriz de Hollywood Grace Kelly, que foi casada com o príncipe de Mônaco. Obviamente, a fama ajudou, mas ela não é o único exemplo.

Confira a lista de pessoas que tiveram o mesmo destino. Entraram para a família real de diferentes países e mostraram que o amor é mais importante do que um título.

Harry, príncipe do Reino Unido, e a atriz Meghan Markle

Megan Markle cresceu em uma família 'normal': sua mãe trabalha como professora de ioga e seu pai, como operador de câmera na televisão. Ela escolheu a carreira de atriz e ficou muito famosa pela série Suits.

Ela conheceu o príncipe em 2016, em Londres, em uma festa de amigos. Desde então, eles começaram a sair, mas sempre escondidos. Em 27 de novembro de 2017, o casal anunciou o compromisso, e o casamento acontecerá na primavera de 2018. Para isso, Meghan abandonou a carreira em Hollywood e se mudou para o Palácio de Kensington, em Londres. Ela é a primeira norte-americana a entrar para a família real britânica desde o casamento de Edward VIII e Wallis Simpson.

Jigme Khesar Namgyal Wangchuck, rei do Butão, e a estudante Jetsun Pema

A história de amor começou há muitos anos, quando a bela Jetsun Pema tinha apenas 7 anos. O futuro rei brincou que quando crescesse se casaria com ela, e foi isso que aconteceu. Alguns anos depois, eles se reencontraram: Jigme já era o rei do Butão e ela estava acabando os estudos em uma universidade na Índia. O casamento, muito tradicional, foi rapidamente organizado.

No Butão existe uma tradição que permite ao rei se casar com mais de uma mulher, mas Jigme se negou a cumpri-la.

A modelo Kendra Spears e o príncipe Rahim Aga Khan

A família Aga Khan não governa nenhum Estado, mas dirige um negócio multimilionário e uma comunidade de nizaris (grupo ilsâmico), fiéis do ismailismo nizari. A família tem o costume de escolher como esposas belas mulheres de Hollywood, por exemplo a atriz Rita Hayworth, que foi casada com um dos príncipes.

O príncipe Rahim Aga Khan se casou com a supermodelo Kendra Spears, que saíra em diferentes capas de revistas. Ela precisou adotar outro nome, um nome de princesa: Salwa Aga Khan. Se converteu ao islamismo, mas não abandonou a carreira de modelo completamente.

Carlos Filipe, príncipe da Suécia, e a estrela da televisão Sofia Kristina Hellqvist

Antes de conhecer o príncipe em uma discoteca, Sofia trabalhava como garçonete, instrutora de ioga, participava em um reality show e já havia saído em capas de revistas. Antes do encontro com seu futuro marido, ela havia estado em Gana como voluntária e tinha fundado uma associação para criançar carentes.

A família real não se mostrou muito feliz com a escolha de Carlos, mas teve de ceder ante a ameaça de abdicação do trono. O lindo casamento reuniu mais de 400 convidados e, hoje, o casal tem dois filhos.

Mohamed VI, rei do Marrocos, e a engenheira Lalla Salma

Filha de um professor e órfã de mãe, a futura princesa foi criada pela avó. Lalla recebeu uma boa educação e trabalhou alguns anos como engenheira. Com frequência ela representa o país em eventos oficiais e viaja muito. Ela gosta de se vestir bem e muitas vezes é escolhida como um modelo de estilo e bom gosto. Além disso, é muito querida pelo seu povo.

A bancária Máxima Zorreguieta e Guilherme Alexandre, rei dos Países Baixos

Muito tempo antes do casamento, Máxima começou a construir uma carreira como bancária e teve grande sucesso. Ela trabalhou na área comercial e sempre mostrou muito interesse e capacidade como investidora.

O casamento com o príncipe quase não aconteceu porque seu pai havia sido ministro da agricultura do governo do ditador argentino Jorge Rafael Videla. No final, o casamento foi autorizado, mas os pais da noiva não puderam participar da festa.

A organizadora de eventos Tatiana Blatnik e o príncipe Nicolau da Grécia e Dinamarca

Tatiana nasceu na Venezuela, em uma família de imigrantes eslovenos, estudou nos Estados Unidos e na Suíça. Durante muito tempo, ela trabalhou na casa de moda da estilista Diane von Fürstenberg, onde ajudou a montar muitos desfiles. A proposta de matrimônio veio alguns anos depois. O casamento aconteceu na Grécia em 2010, e juntou grande parte da realeza da Europa.

Joel Makonnen, príncipe da Etiópia, e a crítica de arte Ariana Austin

O casal se conheceu há 12 anos, embora Joel tenha mantido o caso em segredo por muito tempo. O jovem cresceu em Roma, onde sua família esteve exilada após o golpe de estado que ocorreu na Etiópia em 1974. Naquele então, o último imperador, Haile Selassie I (bisavô de Joel), foi derrubado.

Hoje, Makonnen atua como advogado e Ariana Austin, sua esposa norte-americana, trabalha com arte. O casamento foi realizado de acordo com os costumes da igreja ortodoxa etíope.