Incrível
Incrível

15+ Fatos escondidos em “Malévola” que nos deixaram de queixo caído

Boa parte dos amantes de cinema assistiu à releitura mais humanizada da história da vilã dos contos de fadas e da animação da Disney. O primeiro filme fez muito sucesso, inclusive foi considerado o quarto filme de maior bilheteria de 2014 e ganhou 54% de aprovação da crítica. Já Malévola: Dona do Mal teve uma arrecadação mais modesta, porém superou filmes que estrearam na mesma época como CoringaZombieland: Double Tap.

Nós, do Incrível.club, amamos trazer curiosidades sobre películas de sucesso. Por isso, selecionamos 18 detalhes dos filmes Malévola, que vão surpreender os fãs, já que a maioria provavelmente nem chegou a perceber tais detalhes.

1. Os olhos foram inspirados nos de um animal

Muitos fãs perceberam que os estonteantes olhos da atriz Angelina Jolie estavam um tanto diferentes na trama. Isso foi graças às lentes de contato que foram feitas à mão, especialmente para a personagem, pela artista do ramo Cristina Patterson. O acessório imitava o tom colorido dos olhos da famosa, mesclado à cor de uma pedra chamada labradorita que tem um acabamento metálico; a pupila foi feita para ficar parecida com a das cabras.

2. Angelina Jolie contracenou com os filhos

De acordo com a própria Angelina Jolie, as crianças que foram entrevistadas para interpretar Aurora, tiveram medo quando a viram caracterizada de Malévola. Até mesmo os seus filhos tinham receio e Vivienne foi a única que via a querida mãe sem se assustar. Nas gravações da cena em que ela pega a menina nos braços e diz: “Vá embora!”, a frase foi dublada, já que Jolie não conseguiu dizer isso à filha. Na trama também aparecem Pax e Zahara, filhos da atriz, na cena do batizado de Aurora.

3. A cantora Lana Del Rey foi escolhida por Angelina Jolie para a trilha sonora

A cantora Lana del Rey regravou uma nova versão da música Once Upon a Dream, da animação da Disney “A Bela Adormecida” de 1959. Quem escolheu a intérprete para uma das principais canções do filme Malévola foi a própria Angelina Jolie. A versão de Lana já tem mais de 45 milhões de views em seu canal do YouTube.

4. A protagonista não aceitou dublê

Nas gravações das duas versões do filme Malévola, a atriz principal não se incomodou em fazer ela mesma as cenas mais difíceis da sua personagem. Angelina recusou os dublês e o Instagram do filme mostra alguns momentos nos quais ela aparece suspensa por cabos ou por um tipo de guindaste. No vídeo acima, podemos ver Jolie gravando no set com o fundo chroma key, onde depois as imagens foram incluídas digitalmente.

5. O castelo foi inspirado na animação

A produção do filme se esforçou para que os cenários ficassem semelhantes aos que vimos na animação de A Bela Adormecida, de 1959. E o castelo foi um desses itens, sua construção teve caracterização de acordo com a época em que a história é contada (século XVI), pisos de mármore e um imenso salão que levou mais de três meses para ser finalizado.

6. O arranjo de cabeça da personagem

Rick Baker, maquiador de efeitos especiais, foi o responsável pela criação dos chifres da personagem com o chapeleiro Justin Smith, que fez o design. A equipe de Baker montou nada menos que três chifres diferentes para Malévola. O acessório foi feito de resina, o que o tornou mais durável e leve, além disso teve fixação por ímãs nas próteses mais pesadas.

7. A influência na maquiagem

As bochechas angulares da personagem foram inspiradas na maquiagem extravagante da cantora Lady Gaga no clipe Born This Way. Os maquiadores de efeitos especiais Arjen Tuiten e Rick Baker, além do maquiador particular da atriz, Toni G, foram os responsáveis pelas próteses no rosto de Jolie. A ideia era dar um visual diferente, mas ao mesmo tempo conservar a beleza da atriz, sem fazer a personagem ficar estranha nem caricata.

8. Cenas como as da animação A Pequena Sereia

Podemos ver também uma semelhança à cena de outro clássico da Disney. Quando Aurora fica noiva de Philip, nessa parte do filme, os dois são envoltos parcialmente por um tipo de árvore com galhos pendentes, muito parecida com um salgueiro-chorão. Na animação A Pequena Sereia, o casal Ariel e Eric estão dentro de um barquinho e, quando vão se beijar, também são parcialmente cobertos por galhos de uma árvore igual, tudo ao som de Kiss The Girl.

9. A importância do corvo nas duas versões da história

Na animação, o fiel companheiro de Malévola é um corvo; no filme ele também aparece, no entanto pode se transformar em outros animais como lobo, dragão e até em homem. O ator que interpreta a figura humana de Diaval é Sam Riley, e ele inclusive contou que teve de memorizar os movimentos do pássaro para que sua interpretação fosse convincente. O ator também usou lentes pretas e penas no cabelo para compor a caracterização.

10. A princesa Aurora e suas intérpretes

Dados interessantes em relação às “intérpretes” da princesa Aurora:

  • Na animação de A Bela Adormecida, de 1959, a personagem aparentava ter pelo menos 20 anos de idade e a dubladora da versão original em inglês, Mary Costa, tinha quase 30 anos na época;
  • Na primeira edição do filme Malévola, a atriz Elle Fanning, que interpretou a princesa Aurora prestes a completar 16 anos, tinha na época das gravações apenas 14 aninhos, ela só fez 16 anos no ano da estreia do filme.

11. Malévola vira um animal alado e lendário

Quase no final do segundo filme sobre Malévola, podemos ver a protagonista ressurgindo das cinzas, como o lendário pássaro fênix, para impedir a verdadeira vilã da trama de atuar contra a princesa Aurora. Transformação bem semelhante da que a antagonista da animação passou, quando precisou enfrentar o príncipe, se tornando um grande dragão. Mais um link ligando a película à versão em desenho, de 1959.

12. As fadas eram “patinhos de borracha”

As três fadinhas foram interpretadas no filme pelas atrizes Juno Temple, Lesley Manville e Imelda Staunton. Na parte em que elas são menores, entrou em cena a turma da computação gráfica, que gravou os movimentos dos rostos das atrizes com nada menos que 200 câmeras. Todas essas informações foram adicionadas a um corpo desenhado digitalmente e, no set, os personagens que interagiam com elas, na verdade, falavam com patinhos de borracha.

13. O que a roca representa?

Os contos de fadas sempre tiveram uma mensagem importante para o leitorA Bela Adormecida de Perrault não é diferente. A história dos livros mostra uma princesa aventureira e curiosa, que na primeira oportunidade explora o mundo em que vive. Em Malévola, Aurora também decidiu o que queria para sua vida, recusando esperar um príncipe salvador. Ela escolhe morar com Malévola e, mesmo quando descobre a verdade sobre sua própria vida, continua a decidir o seu futuro.

14. A Rainha Ingrith é má como outras antagonistas de animações

Apesar de muitos pensarem em Malévola como a figura má dessa história, em Malévola 2: Dona do Mal, logo conseguimos perceber que a maldade está na Rainha Ingrith. Em muitos momentos da trama, ela imita outras vilãs de histórias de contos de fadas: usa um capuz para se esconder quando elabora maldades, assim como Mãe Goethel de Enrolados. Outra semelhança é o gato de estimação cinza, assim como o da Madrasta Má de Branca de Neve.

15. A discussão das fadas sobre a cor do vestido

Outra homenagem à animação de 1959 foi no final da trama de Malévola 2: Dona do Mal, no casamento da princesa Aurora. No desenho, as fadas mudam de rosa para azul até que concordam que o azul é o mais bonito. Já no filme, o vestido começa rosa e passa a verde, também por conta da discussão das fadas.

16. Atores cogitados para a trama

Como a maioria dos filmes, muitos nomes famosos foram cogitados antes que tudo fosse acertado. Com isso, nomes como Guillermo del Toro e Tim Burton foram pensados para a direção. Na lista de atores e atrizes, consideraram Kristen Stewart como a princesa Aurora, Jude Law como Rei Stefan, India Eisley como a Malévola jovem, além de Judi Dench e Emma Thompson interpretando as fadas. Os produtores gostaram da ideia de ter como fadas as protagonistas de Abracadabra: Sarah Jessica Parker, Kathy Najimy e Bette Midler.

17. Algumas falas foram iguais às da animação

Muitas falas e cenas da trama foram reproduzidas fielmente à animação, um exemplo foi o batizado da pequena Aurora. Desde a entrada de Malévola, tudo foi copiado milimetricamente, cada gesto, cenário e cada palavra dita. A ideia de dar vida ao desenho foi cumprida com sucesso e capricho nesse filme.

18. Vilã ou anti-heroína?

Uma onda de filmes e séries que trabalham a “humanidade” de vilões tem invadido nossas TVs e o cinema. Quem não se lembra do filme Coringa, de 2019, no qual Arthur Fleck mostra suas motivações e seu lado psicologicamente instável? Da mesma forma, Malévola contou a história da protagonista sob sua própria perspectiva, cheia de mágoa e ressentimento. Se isso não a torna uma mocinha, mostra pelo menos a sua faceta de anti-heroína quando faz a coisa certa por meios errados.

Gostou de saber um pouco mais sobre as curiosidades dos filmes Malévola? Tem mais alguma coisa que você gostaria de saber e não está listado acima? Conte para nós nos comentários.

Incrível/Famosos/15+ Fatos escondidos em “Malévola” que nos deixaram de queixo caído
Compartilhar este artigo