Incrível

16 Belas atrizes que eram famosas nos anos 1980 e 1990, mas hoje estão esquecidas

2-11
30k

Nos anos 1980 e 1990, quando todos estavam habituados a assistir filmes apenas nos cinemas ou precisavam visitar videolocadoras para assistir seu VHS em casa, foram lançados filmes como Top Gun — Ases Indomáveis, Tudo por uma Esmeralda, À gauche en sortant de l’ascenseur (sem versão em português), entre outros. Além disso, nos foram apresentadas as maravilhosas divas do cinema mundial, que conquistaram os nossos corações. Esse foi o nosso primeiro amor que nunca vamos esquecer.

A nostálgica equipe do Incrível.club lembra das atrizes cult que eram muito famosas nos anos 1980 e 1990, bem como as inesquecíveis personagens que ganharam vida a partir dessas artistas.

Julia Ormond

Atriz britânica, era uma superestrela dos anos 1990. Julia Ormond atuou no filme Lendas da Paixão (1994), juntamente com Brad Pitt. Depois estrelou no filme Lancelot, o Primeiro Cavaleiro (1995) com Sean Connery e Richard Gere, e em Sabrina (1995) com Harrison Ford.

Desde os anos 2000, ela costuma atuar em séries de TV, mas em filmes faz aparições esporádicas como coadjuvante. A última atuação da atriz foi na série de drama americana Incorporated (sem versão em português) (de 2016 a 2017). Além disso, Julia realiza várias palestras sobre prevenção à SIDA.

Rene Russo

Rene Russo se tornou famosa em 1992, quando estrelou no filme de ação e comédia Máquina Mortífera 3 com Mel Gibson. Depois disso, seguiram-se vários filmes de sucesso, entre os quais se destaca Thomas Crow — A Arte do Crime (1999), com Pierce Brosnan.

Nos anos 2000, a atriz fez uma pausa em sua carreira, fazendo um retorno triunfante: atuou no filme O Abutre (2014) recebendo a avaliação máxima dos críticos e foi nomeada duas vezes para 2 dos prêmios mais importantes do cinema, Prêmio Saturno e BAFTA. A última atuação de Rene Russo foi no filme Vingadores: Ultimato, em 2019.

Carré Otis

Carré Otis não teve uma carreira muito extensa, atuando em apenas 4 filmes. Mas a sinergia entre ela e Mickey Rourke no filme Orquídea Selvagem (1990), de Zalman King, é inesquecível, tanto que em 1992 resultou em um matrimônio. E em 1996, o casal atuou junto no filme Exit in Red (sem versão em português).

Hoje a ex-modelo e atriz tem uma vida mais tranquila, é casada com um ecólogo e tem 2 filhos. Aos seus 51 anos, Carré continua uma mulher linda, o que prova o seu perfil no Instagram.

Kelly McGillis

Em 1985, Kelly McGillis atuou no filme de terror A testemunha com Harrison Ford, e foi nomeada para o Globo de Ouro. Porém, o auge de sua fama foi no filme cult Top Gun — Ases Indomáveis (1986), no qual atuou como instrutora de pilotagem, astrofísica e a menina dos sonhos do personagem de Tom Cruise.

Depois disso, a atriz não teve tanto sucesso, ainda que continuasse atuando nas décadas de 1990 e 2000. Infelizmente, ela não fará parte da continuação de Top Gun, que será lançado em 2020.

Jacqueline Bisset

A atriz britânica Jacqueline Bisset ficou famosa nos anos 1970. Ela trabalhou com diretores famosos, como François Truffaut, George Cukor, Roman Polanski, e ficou marcada pelos seus papéis no filme Anna Karenina (1985), na minissérie Napoleão e Josefine: Uma História de Amor (1987), nos filmes Orquídea Selvagem (1990) e Leave of Abscence (sem versão em português) (1994).

Hoje Jacqueline tem 75 anos, e não só continua atuando como é uma atriz requisitada pelos diretores, tanto em Hollywood como na Europa. Devido ao seu talento ímpar, hoje ela interpreta personagens excêntricas, diferentemente das musas do passado.

Emmanuelle Béart

Entre as décadas de 1980 e 1990, os espectadores de todo o mundo se apaixonaram por essa atriz francesa. É bem provável que até hoje lembramos da vizinha sensível do personagem interpretado por Pierre Richard, na comédia À gauche en sortant de l’ascenseur (sem versão em português) (1988). Devido a atuação no filme Une femme française (sem vesão em português) (1995) que ganhou vários prêmios do Festival Internacional de Cinema de Moscou, a atriz definitivamente pode ser considerada uma das principais estrelas do cinema dos anos 1990.

Agora ela continua atuando, e também faz trabalhos filantrópicos como Embaixadora da Boa Vontade da UNICEF e luta diariamente pelos direitos humanos.

Nastassja Kinski

A delicada atriz atuou tanto em filmes russos baseados nos livros de Ivan Turguêniev e Fiódor Dostoiévski, Correntes da Primavera (1989) e Humilhados e Ofendidos (1991) respectivamente, como em filmes americanos.

A última atuação de Nastassja foi em 2012, no filme Il turno di notte lo fanno le stelle (sem versão em português). O diretor Quentin Tarantino a escalou para atuar no filme Bastardos Inglórios, mas ocorreram divergências entre os dois.

Erika Eleniak

Em julho de 1989, a revista masculina Playboy a concedeu o título de “Mulher do Mês”. Logo depois, ela começou a interpretar o papel mais importante da sua carreira, na série Baywatch: S.O.S. Malibu (de 1989 a 1992). Em seguida, Eleniak atuou em 2 filmes baseados em Baywatch e outros longas-metragens como protagonista. Contudo, esses filmes não atingiram o mesmo sucesso que a série.

A atriz continua a atuar em filmes e séries. Porém, o início da carreira em Baywatch foi o auge de sua fama.

Andie MacDowell

Andie MacDowell ficou famosa após a atuação no drama Sexo, Mentiras e Videotape (1989), pela qual foi nomeada para o seu primeiro Globo de Ouro. Em seguida, atuou em filmes aclamados pelo público, como Green Card — Passaporte para o Amor (1990), Feitiço do Tempo (1993) e Quatro Casamentos e um Funeral (1994). Ela foi nomeada para 2 Globos de Ouro, pelas atuações no primeiro e no último filme.

Infelizmente, em meados dos anos 1990, a carreira da atriz entrou em declínio em função das atuações em filmes comerciais que foram verdadeiros fracassos. Nos anos 2000, ela se tornou o rosto da marca francesa L’Oréal. Uma das suas últimas atuações, foi como protagonista na série Cedar Cove (sem versão em português) (de 2013 a 2015).

Meg Ryan

Meg Ryan é a estrela das comédias românticas cult, como Harry e Sally — Feitos um para o Outro (1989), Sintonia de Amor (1993), Surpresas do Coração (1995), Mensagem Para Você (1998), entre outras. Nos anos 2000, ela continuou atuando como protagonista.

Em 2006, a atriz adotou uma menina, e em 2015 decidiu trilhar seu caminho como diretora do drama Ithaca, e também interpretando um dos papéis do longa.

Mena Suvari

Mena Suvari ficou famosa depois de atuar no filme Beleza Americana (1999), pelo qual foi nomeada para o Oscar. Ela acordou famosa: dando um número enorme de entrevistas, tendo seu rosto estampado em várias capas de revistas, e pelas revistas masculinas era considerada uma das mulheres mais atraentes do mundo. No mesmo ano, foi lançado mais um filme com a atriz, American Pie — A Primeira Vez é Inesquecível, que se tornou um sucesso, apesar do tipo de humor apelativo e questionável.

Em geral, a atriz atuou em mais de 50 trabalhos, incluindo filmes, séries, dramas, comédias e até mesmo filmes de terror. Depois de todo esse currículo, Mena Suvari parece ter decaído, ainda que há quem acredite que o maior papel de sua carreira ainda está por vir.

Alyssa Milano

Alyssa Milano é uma das atrizes americanas que fez sucesso em séries dos anos 1990. Ela começou sua carreira aos 11 anos, atuando na série Who’s the Boss? (sem versão em português) (de 1984 a 1992), e posteriormente em Melrose Place (de 1997 a 1998). Mas o auge de sua carreira foi no filme Jovens Bruxas (de 1998 a 2006), interpretando a bruxa Phoebe.

De 2013 a 2014, Alyssa atuou como Savannah Davis na série Mistresses. Porém, deixou esse projeto de lado por causa do nascimento de sua filha. Atualmente, ela não só atua em filmes, como também trabalha como escritora e possui projetos de caridade. A sua última obra é o livro infantil Hope: Project Middle School.

Jodie Foster

Jodie Foster ganhou 1 Oscar e 3 Globos de Ouro, inclusive por conquistas na carreira cinematográfica. Os seus filmes mais famosos são Acusados (1988), O Silêncio dos Inocentes (1991), Nell (1994) e Anna e o Rei (1999).

A atriz continua atuando no cinema e marca sua presença na televisão, como diretora e produtora.

Kathleen Turner

Depois de estrelar no filme de Robert Zemeckis, Tudo por uma Esmeralda (1984), juntamente com Michael Douglas, Kathleen Turner viu sua carreira decolar, tornando-se uma superestrela e conquistando, inclusive, um Globo de Ouro. No ano seguinte, atuou na continuação desse filme, A Joia do Nilo (1985). O auge de sua fama foi após a atuação no filme Peggy Sue — Seu Passado a Espera (1986), de Francis Ford Coppola, pela qual foi nomeada para o Oscar.

Infelizmente, em 1993, Kathleen foi diagnosticada com uma doença autoimune, artrite reumatoide, e o tratamento hormonal ficou visível em sua aparência, como o aumento de peso. A atriz mal conseguia andar em função das fortes dores no corpo.

A doença progrediu por 8 anos, até que no início dos anos 2000 os médicos conseguiram interromper a evolução do problema. Consequentemente, a atriz voltou às telas de cinema e aos palcos de teatro.

Carrie-Anne Moss

Hoje o nome da atriz canadense parece ser totalmente desconhecido entre os amantes do cinema, mas no final dos anos 1990 e no início de 2000, Carrie-Anne Moss ascendeu à fama. Foi ela que deu vida a Trinity, a hacker que vestia uma roupa de látex preta, do filme cult Matrix (1999). A atriz também atuou nas duas sequências do filme e foi a voz de várias personagens de desenhos animados e jogos de computador baseados em Matrix.

Carrie-Anne continua atuando até hoje, mas em filmes que nem de longe alcançam o sucesso de Matrix.

Brooke Shields

Desde a sua infância, Brooke Shields trabalhou como modelo e ficou famosa depois de atuar no filme A Lagoa Azul (1980), apesar de ter recebido o “demérito” Framboesa de Ouro. Em seguida, atuou em Amor sem Fim (1981) do diretor Franco Zeffirelli. Nos anos 1990, a atriz provou aos espectadores e aos críticos de cinema que o sucesso dela não foi uma coincidência, pois trabalhou em filmes diferentes.

Hoje a atriz tem 54 anos, continua linda e atuando em filmes, mas que não alcançam tanto sucesso. Uma das últimas atuações de Brooke Shields foi no drama Daisy Winters (2017), no qual atuou como a mãe solteira de uma menina que sonhava em encontrar o seu pai.

Qual das atrizes dos anos 1980 e 1990 você mais admira? Você lembra de mais alguém que possa somar à nossa lista? Compartilhe com a gente!

2-11
30k