Incrível
Incrível

16 Celebridades que eternizaram presença em eventos com seus trajes icônicos

Muitos dos visuais que as celebridades criam para o tapete vermelho se tornam verdadeiramente icônicos e permanecem na história da moda e na memória dos fãs por um longo tempo. Algumas famosas simplesmente chocam o público com a originalidade de suas roupas, enquanto outras vestem trajes nada convencionais que escondem uma história curiosa por trás.

Nós, do Incrível.club, decidimos relembrar as ocasiões em que looks marcantes de celebridades se tornaram o tema principal do evento.

Lizzy Gardiner

A figurinista australiana Lizzy Gardiner chocou o público quando foi ao Oscar de 1995 com um vestido feito inteiramente de cartões de crédito American Express dourados. Todos os cartões eram genuínos, mas expirados. Sua aparição com uma roupa tão ousada se tornou um dos principais assuntos no tapete vermelho, mas para alguns dos presentes tal ato não causou agrado, mas incômodo.

Em uma entrevista, Lizzy observou que o vestido era muito controverso para a época, e muitas mulheres se sentiram incomodadas e zangadas por ela não ter levado tudo tão a sério. A estilista também disse que escolheu uma roupa tão extravagante simplesmente porque estava sem dinheiro na época e não tinha nada para vestir.

Princesa Diana

Em 1996, a princesa Diana participou do famoso Met Gala, apenas três meses após seu divórcio com o príncipe Charles. Na época, seu visual foi um dos mais memoráveis. Segundo testemunhas, toda a atenção estava voltada para Diana e ela se tornou a verdadeira rainha da noite. Lady Di apareceu no evento com um vestido de seda Dior azul marinho. Sua escolha foi debatida por várias razões.

Em primeiro lugar, foi um dos primeiros trajes que o estilista John Galliano criou para a Dior. E, claro, tal publicidade só lhe trouxe vantagens. Em segundo lugar, para a época, a escolha de um vestido tão cândido, que lembrava roupas íntimas em grande estilo, foi bastante ousada. Diana teve até receio da reação de seu filho, o príncipe William, que na época tinha 14 anos. Para complementar o look, a princesa usou uma gargantilha feita de um broche, dado a ela pela rainha no dia do seu casamento.

Céline Dion

Hoje, Céline Dion é considerada com razão um dos ícones fashion modernos: ela não tem medo de ousar e agrada regularmente os fãs com novos visuais. No entanto, ela demonstrou um estilo rebelde nos anos 90. Basta olhar para sua roupa no Oscar em 1999, que estava à frente de seu tempo em muitos aspectos. Na época, a cantora vestiu um terninho branco, cujo blazer foi usado de trás para a frente.

Céline depois comentou sua escolha da seguinte forma: “Todas as mulheres usavam vestidos em eventos, não calças. Eu era a única de calça e um blazer vestido ao contrário. Se eu me vestisse assim hoje, seria considerado normal. Mas na época era vanguarda.”

Elle MacPherson

Em 2005, a modelo foi ao Met Gala com um longo vestido verde limão da Calvin Klein, e seu look se tornou um dos mais memoráveis ​​daquela noite. O fato é que a estrela escondeu um segredinho no seu look: ela calçou confortáveis rasteirinhas, já que as sandálias não eram visíveis sob o longo vestido.

Além disso, a modelo tem 1,83 m de altura, de modo que os saltos não fizeram falta. É claro que tal violação do protocolo tradicional não poderia deixar de causar uma reação negativa, mas a própria Elle amou seu visual.

Lady Gaga

Lady Gaga é a verdadeira rainha do sensacionalismo. No entanto, em 2010, ela se superou e usou um vestido feito com pedaços de carne. Essa roupa inusitada foi criada pelo designer Franc Fernandez para o VMA da MTV. No entanto, essa não foi apenas uma provocação fashion, mas um gesto sério de direitos humanos da cantora. Como resultado, a revista Time nomeou o “vestido de carne” a principal Declaração de Moda de 2010. Fernandez disse depois que o vestido seria conservado e colocado na coleção de roupas da cantora.

Elle Fanning

No Festival de Cinema de Cannes de 2017, Elle Fanning impressionou o público em seu luxuoso vestido tomara que caia por Vivienne Westwood. O traje remonta à cultura do salão dos séculos XVII-XVIII. O que atraiu a atenção do público, no entanto, foi a estampa incomum na longa cauda com um unicórnio, uma estrela cadente chamada Elle, um coração e um planeta, todos pintados à mão.

Aparentemente, o unicórnio foi ideia de Elle e é uma referência aos vestidos de Vivienne de sua coleção primavera 2005. Dez pessoas trabalharam na criação do figurino e levou mais de 300 horas para ser finalizado à mão.

Sarah Jessica Parker

Sempre que Sarah Jessica Parker vem a público, ela escolhe cuidadosamente suas roupas. Em 2018, enquanto participava do Met Gala, a estrela criou um dos visuais mais memoráveis. O tema da noite foi “Corpos Celestes: Moda e Imaginação Católica”, e a atriz interpretou à sua maneira. Ela usou um luxuoso vestido dourado Dolce & Gabbana com uma longa cauda. No entanto, o detalhe mais marcante foi o enorme acessório na cabeça.

O acessório na cabeça era um presépio, com detalhes incríveis e ricas decorações.

Kim Kardashian

Kim Kardashian apareceu no Met Gala 2021 em um conjunto Balenciaga preto que cobria cada centímetro de seu corpo, incluindo o rosto. Segundo relatos, dessa forma a estrela queria criar uma nova subcultura e fazer uma declaração de moda com sua roupa: “Não há logotipo, nem rosto, mas todo mundo sabe que é a Kim”.

Cardi B

Em 2019, a cantora Cardi B chocou o público com seu luxuoso vestido de penas do designer Tom Brown. Na confecção desse grandioso traje, 35 pessoas trabalharam por 2.000 horas. O comprimento da cauda era de 3 m, e foi preciso a ajuda de cinco homens para carregá-lo escada acima.

Foram usadas 30.000 penas no vestido e seu corpete foi adornado com rubis reais no valor de 250.000 dólares.

Grimes

A cantora canadense Grimes nunca perde a oportunidade de chocar os fãs, portanto, todos estavam à espera por sua aparição épica no Met Gala. E, verdade seja dita, não decepcionou. Ela apareceu na imagem de uma elfa de batalha armada com uma espada. O traje prateado futurista era decorado com miçangas e seu rosto estava escondido sob uma máscara cromada. Segundo a cantora, o filme Duna a inspirou a criar tal visual.

No entanto, os brincos élficos merecem atenção especial. O fato é que, ao colocá-los em um evento tão importante, Grimes glorificou a designer Sofia Pavlova, que confecciona joias há muito tempo, mas só ganhou fama mundial após o último Met Gala.

Miley Cyrus

Quando Miley Cyrus se prepara para qualquer evento, suas escolhas de moda são bastante previsíveis: tem de ser algo brilhante, extravagante e excêntrico. Sua aparição no MTV Video Music Awards não foi exceção. A cantora optou por um mini vestido de látex rosa com balões na forma das palavras Do It presos a ele: uma referência ao título de uma de suas músicas. Felizmente, os balões sobreviveram à cerimônia e não estouraram no momento crucial.

Kim Petras

Parecia que depois de aparecer no VMA da MTV com uma máscara estranha, a cantora alemã não poderia mais surpreender seus fãs. No entanto, ela logo chegou ao baile do Met Gala com uma roupa ainda mais extravagante, complementada por uma enorme cabeça de cavalo. Kim Petras também usou um longo rabo de cavalo trançado. Durante uma entrevista, a estrela disse que dessa forma ela queria representar “todas as garotas e cavalos humanos presentes no evento”, seja lá o que isso signifique. A cantora também observou que levou duas semanas para o traje ser preparado.

Gemma Chan

Qualquer cerimônia do Oscar se distingue por um grande número de trajes extravagantes e ostentosos. Em 2019, o volumoso vestido rosa de Gemma Chan se tornou um verdadeiro triunfo no tapete vermelho. A propósito, um dos estilistas observou espirituosamente que a roupa lembrou um pouco um paraquedas. Esse vestido apareceu pela primeira vez na passarela durante o desfile de inverno da marca Valentino, e o desfile foi tão lindo que até fez muitos convidados chorarem. E como era de se esperar, Gemma e seu estilista decidiram se apressar e escolheram esse visual para o evento.

Um dos detalhes memoráveis ​​do vestido foram os bolsos, que Gemma fez questão de mostrar aos fotógrafos.

Tilda Swinton

Não é nenhum segredo que essa atriz britânica sabe como aparecer efetivamente no tapete vermelho e suas roupas muitas vezes se tornam assunto de discussão. O Festival de Cinema de Veneza de 2020 não foi exceção: Tilda apareceu diante do público segurando uma máscara luxuosa que parecia mais uma obra de arte do que um mero acessório.

Foi feito especialmente para Tilda por James Merry, que também é conhecido por sua parceria de longo prazo com a cantora Björk. James se inspirou em esqueletos de raias, algas marinhas, orquídeas e esculturas que adornam o mercado de peixes de Rialto, em Veneza.

Meghan Markle

Em 2017, o príncipe Harry e sua amada Meghan Markle anunciaram o noivado. A atriz apareceu diante dos repórteres em um elegante casaco branco com um cinto largo. No entanto, todas as atenções estavam voltadas para os saltos, que eram claramente grandes demais para ela. Essa escolha incomum de Megan ainda é lembrada por muitos.

Sarah Jessica Parker

Em 2013, o tema do Met Gala foi “Punk: do caos à alta-costura”. O evento foi especialmente memorável pelo figurino de Sarah Jessica Parker. A atriz complementou o vestido feito à mão com um enorme moicano, tão grande que ela teve de se sentar no chão do carro a caminho do Metropolitan Museum of Art.

Os convidados do evento ficaram impressionados com o figurino da atriz. Jennifer Lawrence nem mesmo conseguiu resistir e foi até Parker para tocar o moicano.

Que traje, na sua opinião, é o mais memorável?

Incrível/Famosos/16 Celebridades que eternizaram presença em eventos com seus trajes icônicos
Compartilhar este artigo