15 Vezes em que as mulheres da realeza britânica usaram as mesmas joias, mas de um jeito diferente

As joias da casa real britânica incluem colares, brincos, broches, pedras preciosas, coroas e tiaras, espadas e bastões de grande valor que foram passados de geração para geração; assim como a coleção particular da rainha Elizabeth II e as joias da princesa Diana de Gales foram herdadas por seus netos. As coleções são administradas por um joalheiro real, que se encarrega da sua conservação. Seria como ter um museu de joias familiares à sua disposição, que só podem ser escolhidas para serem usadas em ocasiões especiais!

O Incrível.club mostra alguns dos eventos especiais em que a rainha Elizabeth II permitiu que as damas da realeza usassem as joias da coroa.

1. Kate Middleton usou os brincos de pérolas e diamantes da rainha Elizabeth II

A rainha Elizabeth usou pela primeira vez os brincos de diamantes e pérolas para celebrar seu jubileu de prata em 1977. Em abril de 2021, a duquesa de Cambridge prestou uma homenagem pelo aniversário da rainha, que completou 95 anos de idade, usando os brincos da Sua Majestade, durante a visita ao centro de cadetes aéreos. A visita e o evento foram realizados em homenagem ao duque de Edimburgo, que foi o comodoro-chefe honorário do esquadrão por 63 anos.

2. A rainha Elizabeth II usou a tiara com franjas da rainha Mary no dia do seu casamento, como um “objeto emprestado”

A rainha mãe por volta de 1937 e a rainha Elizabeth II em seu casamento em 1947

tiara com franjas da rainha Mary foi criada a pedido da avó da rainha Elizabeth II, em 1919. Ela foi elaborada com diamantes cravejados em ouro e prata mais antigos, que faziam parte de um colar recebido por Mary como presente de casamento em 1893. Mais tarde, em 1936, Mary deu a tiara à rainha-mãe, que o emprestou à Elizabeth II para usá-la em seu casamento. A cerimônia ocorreu na Abadia de Westminster em novembro de 1947, e o casal de monarcas comemorou seu aniversário de casamento de platina em 2017.

3. As princesas Anne e Beatrice também usaram a tiara da rainha Mary em seus casamentos

Casamento da princesa Anne em 1973

A filha da rainha Elizabeth II, a princesa Anne, também usou a tiara da rainha Mary no dia do seu casamento com o capitão Mark Phillips. O evento foi realizado na Abadia de Westminster, em Londres, em novembro de 1973. A rainha mãe foi quem novamente emprestou a tiara, pois Elizabeth II a recebeu como herança da mãe no ano de 2002.

Atualmente, Elizabeth II é dona da tiara e a emprestou para a sua neta, a princesa Beatrice de York, assim como o vestido de noiva para o casamento dela em julho de 2020. Essa roupa foi usada pela primeira vez pela rainha Elizabeth em um jantar na embaixada britânica em Roma em 1961. O vestido foi sutilmente transformado pelo estilista Stewart Parvin para o casamento e, posteriormente, foi exibido no Castelo de Windsor.

4. Camilla, a duquesa da Cornualha, emprestou a tiara Greville que a rainha mãe costumava usar

A rainha mãe usando a tiara em 1990 e Camilla, a duquesa da Cornualha, portando o adereço em um evento da família real holandesa em Amsterdã, no ano de 2013

tiara é de diamantes e platina e foi desenhada em 1921 por Lucien Hirtz, da casa de joias Boucheron, de Paris. A rainha mãe recebeu a tiara em 1942 como um legado da senhora Greville, de quem recebeu o nome, assim como todas as suas outras joias. Era uma das peças favoritas da rainha mãe e ela a usou durante toda sua vida. Depois, a rainha Elizabeth a emprestou por um longo tempo à sua nora, a duquesa Camilla da Cornualha, que o usa constantemente em suas aparições públicas. A rainha nunca usou essa tiara em público.

5. A princesa Diana de Gales e a duquesa de Cambridge usaram a mesma tiara

A princesa de Gales em um evento em Washington D. C. em 1985

Em 1913, a rainha Mary (a avó da atual monarca) encomendou à joalheria Garrard uma cópia da tiara usada por sua tia, a grã-duquesa de Mecklenburg-Strelitz. A nova “tiara do nó do amante”, da rainha Mary, foi herdada pela rainha Elizabeth II em 1953. Em 1981, foi dada de presente à princesa Diana de Gales, que a usava constantemente. Após o divórcio de Diana e Charles de Gales, a tiara voltou a fazer parte da coleção da rainha. A duquesa de Cambridge, esposa do neto da rainha, usou pela primeira vez a tiara em 2015, e desde então a usa com frequência.

A duquesa de Cambridge em Londres em 2018

6. Lady Di e a duquesa de Cambridge emprestaram e usaram uma gargantilha da rainha Elizabeth II

gargantilha de pérolas japonesas de quatro fileiras foi produzida pela joalheria Garrard, usando pérolas da coleção da rainha, dadas de presente pelo governo japonês em 1970. A rainha emprestou a gargantilha à princesa de Gales para uma visita oficial aos Países Baixos em 1982. A rainha também usou a joia em uma visita a Bangladesh em 1983. Kate Middleton usou a gargantilha em público pela primeira vez em 2017, durante a celebração do 70.º aniversário de casamento da rainha Elizabeth II e Philip de Edimburgo. Depois, em abril de 2021, voltou a usá-la para assistir ao funeral do duque de Edimburgo.

7. Kate Middleton também usou um elegante colar de pérolas e diamantes que pertencia à rainha mãe

O colar fazia parte de um conjunto de joias feito por Garrard em 1862, que incluía uma tiara, broche e um par de brincos que pertenceram à rainha Alexandra da Dinamarca. Alguns elementos do conjunto foram herdados pela rainha Mary, que posteriormente os deu à rainha mãe. Ela usou o colar pela primeira vez no casamento da rainha Elizabeth II em 1947 e o utilizou em várias ocasiões ao longo da sua vida. A rainha Elizabeth II herdou o colar em 2002 e o emprestou à duquesa de Cambridge pela primeira vez em 2018, para um evento no Palácio de Buckingham.

8. O colar Nizam de Hyderabad também foi emprestado à duquesa de Cambridge

colar Nizam de Hyderabad foi modificado pelo joalheiro Cartier em 1935 e foi um presente de casamento do governante de Hyderabad para a rainha Elizabeth. A rainha usou o colar com frequência após seu casamento, mas, com o tempo, passou a usá-lo apenas em algumas ocasiões. Em fevereiro de 2014, a duquesa de Cambridge o usou pela primeira vez durante uma recepção de gala na National Portrait Gallery em Londres, com um vestido de Jenny Packham.

9. A princesa Anne e sua filha Zara usaram a tiara Meandro

tiara Meandro foi outro presente dado à rainha no dia do seu casamento por sua sogra, a princesa Alice da Grécia e Dinamarca. A princesa Anne usou a tiara em diversas ocasiões reais durante sua juventude e recebeu a tiara como um presente da sua mãe em 1972. Em 2011, a filha da princesa Anne, Zara Tindall, manteve a tradição familiar, usando a tiara no dia do seu casamento.

10. A tiara usada por Kate Middleton no seu casamento também foi usada pelas princesas Margaret e Anne

A irmã da rainha, a princesa Margaret, usando a tiara em 1950, e a duquesa de Cambridge no dia do seu casamento em 2011

tiara de Halo foi elaborada por Cartier em 1936. O rei George VI deu-a de presente de aniversário à rainha-mãe. Mais tarde, foi entregue à sua filha Elizabeth II, como um presente de aniversário em 1944. A rainha sempre emprestou a tiara à sua irmã Margaret, que a usou constantemente durante sua juventude e na coroação da rainha em 1953. Depois a tiara foi utilizada com frequência pela filha da rainha, a princesa Anne. Finalmente, em 2011, Kate Middleton usou a tiara no seu casamento com o príncipe William na Abadia de Westminster.

A princesa Anne durante uma visita à Nova Zelândia em 1970

11. A rainha emprestou à princesa Diana o colar de diamantes e platina

colar rei Khalid, da Arábia Saudita, leva o nome do rei que deu a joia de presente à Elizabeth II durante uma visita de Estado à Arábia Saudita em 1979. O colar é um dos mais usados pela rainha desde a década de 1980. A princesa Diana de Gales também usou o adereço, combinando-o com um vestido vermelho de gestante, durante uma visita ao Barbican Centre em Londres em 1982.

12. A rainha também emprestou o colar de rubis Greville à duquesa de Cambridge

colar de rubis Greville foi elaborado com rubis e diamantes por Boucheron para Margaret Greville em 1907. A peça foi uma das numerosas joias deixadas pela senhora Greville para a rainha mãe em 1942. O Rei George VI e a rainha mãe deram o colar à Elizabeth II como presente de casamento. Em 2017, a duquesa de Cambridge usou o colar durante uma visita de Estado espanhola ao Palácio de Buckingham.

13. A rainha compartilhou um colar de 300 diamantes com a princesa Diana de Gales e a duquesa de Wessex

colar do rei Faisal da Arábia Saudita foi um presente à rainha Elizabeth em 1967. O colar foi elaborado na década de 1950 por Harry Winston com mais de 300 diamantes. A peça se tornou uma das joias preferidas de Elizabeth II para eventos do Estado. Foi emprestada à princesa Diana de Gales para ser usada durante um evento de caridade na Austrália em 1983. Elizabeth II também emprestou suas joias à sua nora, a condessa de Wessex, que usou o colar com uma tiara da rainha no casamento do duque de Luxemburgo com a condessa Stephanie de Lannoy, em 2012.

14. A tiara usada por Meghan Markle no seu casamento pertenceu à rainha Mary

tiara usada por Meghan Markle durante o seu casamento em 2018 foi encomendada pela rainha Mary em 1932. No dia do seu casamento, a rainha Mary recebeu de presente do Condado de Lincoln um broche de flores com 10 diamantes . Então pediu o desenho da tiara para usar com o broche. O centro da tiara carrega o broche, que é desmontável, e em várias ocasiões a rainha Mary usou outros broches no lugar.

15. A tiara Vladimir da rainha Elizabeth II foi herdada da sua avó

A rainha Mary usando a tiara Vladimir com as esmeraldas e a rainha Elizabeth II usando a mesma tiara com o conjunto de pérolas em 1958

tiara Vladimir pertenceu à grã-duquesa Vladimir do Império Romanov. Foi um desenho reelaborado pelo joalheiro da corte imperial russa, Bolin, no ano de 1874 aproximadamente. A rainha Mary a comprou em 1921 e encarregou Garrard de restaurá-la. É uma tiara particular, pois as pérolas podem ser removidas. A rainha Mary encarregou-o de adaptar uma coleção de esmeraldas para a tiara em 1924. A rainha Elizabeth II herdou o conjunto de joias em 1953 e o usou com frequência durante seu longo reinado.

A rainha Elizabeth II usando a tiara Vladimir com esmeraldas durante um evento diplomático no Palácio de Buckingham em 2019

Quais são suas joias preferidas da realeza e por quê? Qual é o objeto mais precioso da sua família e que tem sido passado de geração para geração? Você tem fotos para compartilhar? Adoraríamos vê-las.

Compartilhar este artigo