Incrível
Incrível

15+ Famosos que interpretaram o papel de empreendedores na vida real

Muito provavelmente, ao ver uma celebridade, você acredite que ela só precise posar para as câmeras para ganhar muito dinheiro e viver sem preocupações, cercada de luxos e centenas de admiradores. No entanto, nem sempre é assim. Seja pela realização de um sonho, para ter um hobby ou mesmo por necessidade, alguns famosos foram além de suas atividades artísticas e empreenderam uma aventura no mundo empresarial, investindo em produtos de beleza, restaurantes, design e até serviços pela Internet que talvez você conheça.

Incrível.club apresenta os negócios nos quais as celebridades se empenharam muito para estar ainda mais perto do público e de seus fãs.

1. Jessica Simpson: roupas e acessórios

Em 2005, a cantora e atriz americana colaborou com o designer Vince Camuto em uma linha de sapatos. O sucesso obtido com o projeto a impulsionou a criar uma grife comercial com seu nome. Hoje em dia, a coleção de Jessica Simpson oferece roupas, sapatos, óculos de sol e acessórios, gerando rendimentos anuais próximos a um bilhão de dólares. A famosa ressalta que Maxwell, sua filha, é parte fundamental da inspiração para criar seus produtos.

2. Kylie Jenner: cosméticos

Em 2015, a socialite lançou no mercado um kit labial que foi um grande sucesso de vendas. Esse foi o gatilho para a criação da Kylie Cosmetics, cujos produtos incluem paletas de sombras, blushes e corretivos. Posteriormente, desenvolveu a Kylie Skin, uma nova linha para o cuidado da pele com ingredientes sem glúten e sem parabenos. Kylie declarou que em sua juventude não encontrava um batom e um delineador que combinassem perfeitamente com seus lábios, daí surgiu a ideia de criar o item.

3. Lenny Kravitz: design de interiores

Kravitz Design é uma empresa fundada em 2003 pelo músico e vencedor do Grammy, dedicada principalmente ao design de interiores. Seu trabalho pode ser admirado nas decorações de hotéis, residências e condomínios. Também realiza colaborações com outras marcas, como as câmeras fotográficas Leica. Kravitz não frequentou nenhum curso de desenho, no entanto considerou que a observação e a relação com diferentes artistas criativos foram suficientes para dar asas à sua imaginação.

4. Rihanna: cosméticos, lingerie, roupas e acessórios

A cantora de Barbados ingressou no mundo dos negócios em 2017 com a Fenty Beauty, uma linha de cosméticos que traz um toque de beleza às mulheres, independentemente do tom de pele. Também inclui uma linha exclusivamente dedicada aos cuidados cutâneos. Como se isso não bastasse, está à frente de uma coleção de lingerie chamada Savage X Fenty, assim como da marca de roupas e acessórios Fenty. Em 2019, a própria Rihana, com sua equipe, fez uma apresentação completa de seus produtos de beleza.

5. Selena Gómez: cosméticos

Uma das famosas que recentemente decidiram criar uma linha foi essa cantora americana. Seguindo seu conceito pessoal de beleza, em 2020 Selena lançou a marca Rare Beauty, que inclui cosméticos e produtos faciais adequados para mulheres que desejam se sentir únicas. A artista fez uma de suas primeiras apresentações de sua linha de maquiagem acompanhada de NikkieTutorials, youtuber especializada em beleza.

6. Paul McCartney: direitos autorais

Após a separação dos Beatles, Paul decidiu criar uma sociedade dedicada a proteger seus interesses comerciais. Foi assim que, em 1969, nasceu a empresa MPL Communications. Além de ser o escritório que representa o músico em suas atividades profissionais, segundo informação da mídia musical detém os direitos sobre 25 mil composições, como obras de Buddy Holly, Carl Perkins e Louis Jordan, entre outros compositores, e concede licenças para que possam ser comercializadas.

7. Drew Barrymore: produtora, cosméticos, móveis e decoração

A atriz tem uma longa experiência como empresária. Começou em 1995 quando fundou a companhia Flower Films com Nancy Juvonen, que continua atuando na produção de filmes e séries. Fora do âmbito artístico, em 2013 criou sua linha de cosméticos Flower Beauty, enquanto em 2019 entrou para o negócio de móveis e decoração com a Flower Home. Drew comentou que a criação de sua marca de maquiagem surgiu durante sua passagem como codiretora criativa da empresa CoverGirl.

8. Mark Wahlberg: restaurante

O ator se juntou a dois de seus irmãos, Donnie e Paul, para iniciar um negócio de fast-food, ao qual deu o nome de Wahlburgers. O que começou em 2011 com seu primeiro estabelecimento hoje é uma franquia com várias filiais nos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra, oferecendo hambúrgueres, sanduíches, saladas e os pratos preferidos para cada membro da família. A fama obtida com o negócio inspirou a realização de um reality show, que já conta com 10 temporadas.

9. Karlie Kloss: educação

top model esteve presente em algumas das melhores passarelas do mundo, mas sua faceta menos conhecida tem um valor igualmente importante. Aplicando seus conhecimentos em programação e com a ajuda de outras empresas, em 2015 criou o Kode with Klossy, um programa educativo de duas semanas para que garotas entre 13 e 18 anos aprendam a usar adequadamente as ferramentas da tecnologia. Karlie declarou que seu desejo por empreender surgiu antes de se dedicar ao mundo da modelagem.

10. Justin Timberlake: roupas

Em 2005, o ator e cantor fundou com seu amigo Trace Ayala a William Rast, uma linha de roupa casual identificada com o sul dos Estados Unidos. A formação do nome da marca deriva dos avós de ambos os fundadores. De acordo com a explicação de Justin Timberlake na apresentação de sua coleção, a inspiração das peças que fabricam vem do Tennessee, seu estado de origem, e foi misturada ao glamour dos astros clássicos de Hollywood, como James Dean e Marlon Brando.

11. Beyoncé: perfumes

Depois de ser reconhecida como uma das celebridades femininas mais poderosas de 2019, a cantora empregou parte de sua fortuna em alguns projetos empresariais. Um deles é sua linha de perfumes, iniciada em 2010 com o lançamento de seu primeiro produto: Heat. Nos primeiros três anos, as vendas de suas fragrâncias alcançaram a soma de 400 milhões de dólares.

12. Danny Trejo: comida

O ator de Machete agrega ao seu exemplo de vida seu lado empresarial, que conquista o paladar de muita gente. Danny inaugurou em 2016 seu primeiro restaurante, o Trejo’s Tacos. Atualmente, existem filiais distribuídas na Califórnia oferecendo variedade de tacos e um cardápio de comida vegana. E para os amantes dos donuts e café, o Trejo’s Coffee & Donuts é o lugar indicado. Em uma entrevista, o artista declarou que foi durante as gravações de um filme que teve a ideia de investir em comida.

13. Jennifer Garner: alimentos para crianças

Se você acredita que Elektra foi a única oportunidade de admirá-la como super-heroína, então deve conhecer outra parte da vida da atriz. Garner foi uma das fundadoras, em 2017, da Once Upon a Farm, uma linha de produtos alimentícios para crianças feitos com ingredientes orgânicos, muitos deles cultivados em uma fazenda da Califórnia. Com base na sua experiência como embaixadora de uma organização beneficente, a famosa explicou que desejava associar-se a uma empresa para melhorar a alimentação dos pequenos.

14. Natalie Portman: time de futebol

Alguns atores incursionaram como acionistas de equipes esportivas, mas somente uma ganhadora do Oscar fundou um time de futebol. Portman uniu forças com Julie Uhrman e Kara Nortman para criar uma equipe de futebol feminino, sediada em Los Angeles. Espera-se que o projeto, nomeado provisoriamente de Angel City, inicie suas atividades no esporte profissional em 2022. A atriz ressaltou a importância de ter mulheres como modelos para meninos e meninas. Outras famosas, como Eva Longoria, América Ferrara e Jennifer Garner, terão participação na organização como investidoras.

15. Clint Eastwood: empreendimento imobiliário

Uma área superior a 800 hectares se converteu em um lugar perfeito para o ator levar a cabo um projeto imobiliário, onde é possível conviver plenamente com a natureza. Foi assim que nasceu Teháma, empreendimento localizado em Carmel, Califórnia. Em troca de uma generosa cifra, você pode ser dono de parte desse paraíso verde para construir seu patrimônio. Nesse local há também um clube de golfe, um salão de eventos e áreas de lazer com piscina. Eastwood comentou que se deu conta do aproveitamento do lugar quando se alistou no exército, nos anos 50.

16. Kate Hudson: roupas esportivas

Se você se pergunta porque a atriz fez poucas participações no show business ultimamente, a resposta está em sua marca chamada Fabletics. Em outubro de 2013, Kate Hudson, com os fundadores da Justfab, Don Ressler e Adam Goldenberg, colocaram em marcha a criação de roupas esportivas de alta qualidade a um preço acessível. Em uma entrevista ela ressaltou que, graças ao trabalho diário em sua empresa, apenas faz os filmes que deseja.

17. Reese Witherspoon: roupas e acessórios

Em 2015, a atriz criou uma linha de roupas e a batizou de Draper James. Atualmente, a marca ampliou seus horizontes e também oferece acessórios femininos, entre os quais se destacam bolsas, chapéus e joias. De acordo com as palavras de Reese, o nome do negócio vem de seus avós Dorothea Draper e James Witherspoon. Também destaca que eles foram a principal inspiração para sua grife carregar uma marca de sua herança sulista nas peças comercializadas.

18. Quentin Tarantino: sala de cinema

O famoso diretor de filmes como Kill Bill Pulp Fiction: Tempos de Violência entrou para o mundo dos negócios ao se tornar dono da New Beverly Cinema, uma sala de cinema localizada em Los Angeles e fundada em 1978 por Sherman Torgan. Desde 2007, ano em que Tarantino se tornou proprietário, a sala oferece regularmente duas sessões de filmes no formato 35 milímetros. O próprio cineasta é o curador do conteúdo das projeções e colabora com resenhas exclusivas para o site.

Assim como esses famosos, você tem um negócio próprio do qual se sinta orgulhoso?

Incrível/Famosos/15+ Famosos que interpretaram o papel de empreendedores na vida real
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos