Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

14 Celebridades que poderiam ter atuado em papéis famosos, mas por diversas razões acabaram perdendo a chance

Que a produção de filmes e séries é um processo bastante complexo não é novidade para ninguém. Mas você sabia que muitas coisas podem mudar desde o planejamento até o início das gravações? Frequentemente, os roteiristas e diretores escrevem um personagem já com um ator em mente, mas, no fim, ele pode acabar não passando no teste de audição ou até ser substituído ainda durante o processo de pré-produção. Isso quando os próprios astros não recusam a oferta por diversas razões. Como aconteceu, por exemplo, com Macaulay Culkin, estrela da comédia Esqueceram de Mim, que foi convidado diversas vezes para atuar no seriado de sucesso The Big Bang Theory, mas recusou repetidamente todas as ofertas — Macaulay simplesmente não gostou da ideia da série.

Incrível.club encontrou 14 casos em que atores renomados poderiam ter atuado em um papel de sucesso, mas acabaram perdendo a chance ou nem mesmo sendo escalados. Confira!

Mulher-Maravilha: Angelina Jolie — Gal Gadot

Hoje em dia, ao pensar na Mulher-Maravilha, certamente é a imagem de Gal Gadot que vem à cabeça para a maioria das pessoas. No entanto, quando Joss Whedon ainda era o roteirista responsável pela criação do longa, ele via apenas Angelina Jolie para a personagem. Whedon, que também é o criador de Buffy, a Caça-Vampiros, acreditava que Angelina era a atriz que mais se assemelhava à guerreira amazona.

“Para mim, a Mulher-Maravilha era basicamente a Angelina Jolie. Ela passa muito tempo voando pelo mundo. Ela atua em diversos países diferentes. E ela fica consternada pelo jeito que as pessoas tratam umas as outras”.

Arlequina: Amanda Seyfried — Margot Robbie

Amanda Seyfried foi cotada para o papel de Arlequina em Esquadrão Suicida antes mesmo de Margot Robbie. Naquela época, Seyfried já era uma atriz famosa e, para o papel, teria de vestir shorts curtos, prender o cabelo com dois rabos de cavalo e ainda tomar um ’banho’ de glitter.

Isso pode ter feito a atriz não aceitar o papel? É possível. Afinal, ela já tinha recusado atuar como Gamora em Guardiões da Galáxia apenas porque não queria ter de ficar horas sentada enquanto esperava ser inteiramente maquiada de verde todas as manhãs. Assim, quem acabou dando vida à Alerquina foi Margot Robbie.

Senhor das Estrelas: Joseph Gordon-Levitt — Chris Pratt

Joseph Gordon-Levitt foi um dos primeiros atores cotados para o personagem do Senhor das Estrelas. O artista, que tinha gravado para o melodrama (500) Dias com Ela, ficou famoso pelo seu carisma juvenil. Contudo, Joseph acabou recusando a oferta para participar do longa Guardiões da Galáxia. Portanto, no fim, quem ficou com o papel do super-herói foi Chris Pratt.

Lolita: Natalie Portman — Dominique Swain

Em 1997, a então jovem Natalie Portman foi convidada para interpretar Lolita na adaptação cinematográfica do romance homônimo de Vladimir Nabokov. No entanto, a atriz recusou imediatamente, pois não queria interpretar essa controversa personagem. O papel, então, foi para Dominique Swain. Um tempo depois, Natalie Portman explicou a sua decisão em uma entrevista.

“Não estava disposta a fazer aquilo. Não era a coisa certa para mim naquela época. Eu não queria me envolver em um papel com cenas adultas aos 13 — 14 anos, e ainda assim não o faria hoje em dia”.

Vampira: Kate Winslet — Anna Paquin

A estrela do seriado True Blood, Anna Paquin, interpretou a mutante Vampira no longa de sucesso X-Men: O Filme, que estreou nas telonas em 2000. Hoje em dia, é difícil imaginar outra pessoa dando vida a essa personagem, mas, inicialmente, os produtores do estúdio 20th Century Fox queriam que a mutante aparentasse ser mais madura e até convidaram Kate Winslet para o papel. No entanto, a atriz recusou.

Wolverine: Johnny Depp — Hugh Jackman

Johnny Depp é famoso por já ter recusado diversos papéis de sucesso no cinema. Por exemplo, ele não aceitou atuar como o mutante Wolverine em X-Men: O Filme. Por outro lado, Hugh Jackman, ao aceitar participar do projeto, ainda ganhou na loteria: o ator se tornou mundialmente famoso e interpretou Wolverine nas telonas por quase duas décadas!

Mas ainda há uma outra coincidência envolvendo esses dois: o personagem Jack Sparrow — que se tornou um dos personagens mais famosos de Depp — foi, no início, especialmente planejado para Hugh Jackman (daí a relação Jackman — Jack). Contudo, na época, Hugh ainda era pouco conhecido fora da Austrália, então os estúdios da Disney decidiram oferecer o papel para Johnny Depp, que era mais famoso.

Leonard: Macaulay Culkin — Johnny Galecki

O papel de Leonard foi oferecido a Macaulay Culkin diversas vezes. No entanto, o ator recusou firmemente todas as ofertas, pois ele não gostou do roteiro do seriado. No fim, o personagem acabou indo para Johnny Galecki. Em uma entrevista, Macaulay reconheceu que deixou de ganhar centenas de milhões de dólares no projeto, mas que todo esse dinheiro não valia a sua “paz de espírito”. De fato, os artistas que interpretaram os personagens principais da série receberam cerca de 1 milhão de dólares por episódio.

Mitchie: Selena Gomez — Demi Lovato

Camp Rock é uma comédia juvenil bastante popular nos Estados Unidos. O longa, inclusive, trouxe a fama para a atriz e cantora Demi Lovato. Inicialmente, os estúdios da Disney ofereceram o papel principal para Selena Gomez, uma vez que ela poderia mostrar seus talentos vocais nas telonas, mas a jovem recusou: na época, Selena concluiu que não tinha experiência de atuação suficiente para aceitar a oferta.

Napoleon Solo: Tom Cruise — Henry Cavill

Que artista não sonha em participar de uma produção de Guy Ritchie? Inicialmente, o diretor via George Clooney para o papel principal de sua comédia de ação O Agente da U.N.C.L.E. O ator até chegou a aceitar, contudo, uma lesão nas costas acabou o impedindo de participar. Então, uma verdadeira fileira de estrelas se formou para as audições. A propósito, entre os candidatos, estavam Robert Pattinson, Matt Damon e Christian Bale.

Guy Ritchie, por fim, acabou escolhendo Tom Cruise, que de início concordou com a proposta, mas depois teve de recusar para poder participar do blockbuster de sucesso Missão: Impossível — Nação Secreta. Assim, o papel foi para Henry Cavill.

Catherine Tramell: Michelle Pfeiffer — Sharon Stone

Já bastante famosa na época, Michelle Pfeiffer recusou a oferta de Paul Verhoeven para atuar em Instinto Selvagem. Antes disso, a proposta do diretor também tinha sido negada por outra estrela — Kim Basinger. Assim, a busca por uma atriz para a personagem principal continuou, até que Sharon Stone foi escolhida para o trabalho. No fim, a artista acabou se tornando mundialmente famosa graças a sua atuação no longa.

Noah Calhoun: George Clooney — Ryan Gosling

Ryan Gosling atua nas telonas desde a sua juventude, mas a fama mundial só veio, de fato, depois de seu trabalho em Diário de uma Paixão. Contudo, inicialmente, o planejado era que o já famoso George Clooney desse vida ao protagonista Noah. E o ator quase chegou a gravar, mas acabou recusando a atuação de última hora.

Clooney admitiu que já estava pronto para encarnar Noah, porém o problema estava no veterano de Hollywood que interpretaria a versão do personagem na terceira idade, Paul Newman. O ator percebeu que não era nem um pouco parecido com Newman e, então, decidiu deixar o projeto.

“Ele é um dos caras mais bonitos que você já viu na vida. Nós nos encontramos (novamente) e eu lhe disse: ’Eu não posso atuar com você. Eu não me pareço nem um pouco com você. Isso é loucura’”.

Lydia Deetz: Sarah Jessica Parker — Winona Ryder

Atualmente, o nome de Tim Burton é uma verdadeira marca. Quando as pessoas vão ao cinema assistir a uma de suas produções elas já sabem o que esperar: uma mistura de tendências góticas com elementos de contos de fadas e um humor estranho, mas cativante. Gravar com Burton é quase uma certeza de 100% de sucesso para o artista. Mas nem sempre foi assim.

O papel de Lydia Deetz na comédia de terror Os Fantasmas Se Divertem foi recusado por muitas atrizes, dentre elas Sarah Jessica Parker. No fim, quem passou nas audições foi Juliette Lewis, mas o diretor viu como a então jovem Winona Ryder tinha atuado no drama juvenil A Inocência do Primeiro Amor e resolveu oferecer a personagem para ela.

Django Freeman: Will Smith — Jamie Foxx

Will Smith trabalhou em estreita colaboração com o diretor Quentin Tarantino para a criação do longa Django Livre, mas eles acabaram desenvolvendo entendimentos conflitantes acerca da história. Will disse que seu projeto era gravar a maior história de amor que os afro-americanos já viram. Por fim, no lugar do ator, escalaram Jamie Foxx, e a produção recebeu alguns prêmios Oscar.

“A gente conversou, se encontrou e sentamos por horas e horas discutindo isso. Eu queria muito gravar esse filme, mas eu sentia que a única forma de dar certo era através de uma história de amor, e não de vingança. Eu não acredito na violência como resposta à violência. Então, quando eu vejo isso, eu penso: ’Não, não, não. Tem que ser para o amor’”.

Vivian: Michelle Pfeiffer — Julia Roberts

O papel principal em Uma Linda Mulher foi oferecido para muitas estrelas. Daryl Hannah, por exemplo, disse que a personagem era degradante para as mulheres. Outra celebridade que negou participar do projeto foi Michelle Pfeiffer. Ela contou ao diretor que não gostou do tom do roteiro. Mas se Pfeiffer tivesse aceitado, então a Vivian, muito provavelmente, poderia ter sido loira.

Por fim, a então jovem e relativamente pouco conhecida Julia Roberts decidiu tentar o papel. E, de fato, surgiu uma “química” entre Richard Gere e a atriz já no primeiro encontro. No entanto, o ator queria recusar o trabalho e, quando estava ao telefone pronto para oficializar sua recusa, Julia lhe entregou um bilhete que dizia: “Por favor, diga ’sim’”. Ele, então, decidiu aceitar o papel.

Certamente, os atores não podem prever o sucesso de um filme apenas pelo roteiro. Mas, por outro lado, o fato de eles terem recusado algumas ofertas deu oportunidade a novas estrelas até então pouco conhecidas, como Hugh Jackman e Julia Roberts.

Você achou plausível os motivos pelos quais os atores recusaram participar de grandes produções? Negaria um papel simplesmente por não gostar do roteiro ou acredita que o ator deve ser versátil e se adaptar a todas as situações? Conte para a gente na seção de comentários.

Compartilhar este artigo