Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

14 Atores que foram demitidos no meio das filmagens

2-2-
91k

Gravar um filme não é um processo fácil. Tudo precisa sair perfeito. E quando a produção ganha obstáculos colocados pelos próprios atores envolvidos, o mais fácil para a direção é demitir os artistas, ainda que eles sejam grandes astros das telonas.

O Incrível.club resolveu contar 17 histórias de famosos que foram dispensados durante as filmagens por conta de "maluquices" criadas por eles mesmos. Ao fim do post, você vai conhecer o caso de um ator que foi demitido e depois readmitido, recebendo um pedido de desculpas pela situação constrangedora.

Natalie Portman - Claire Danes

Natalie Portman foi escalada para o papel de protagonista no filme "Romeu + Julieta", no qual contracenaria com Leonardo DiCaprio. No entanto, a atriz, então com 14 anos, precisou ser dispensada por conta da baixa estatura. Ao lado do ator, que tinha 21 anos à época, ela parecia pequena demais. Com isso, algumas cenas poderiam até ser vistas como abuso infantil. No fim das contas, Portman foi substituída por Claire Danes.

Robert Downey Jr. - George Clooney

Um dos papéis principais do longa "Gravidade" foi oferecido a Robert Downey Jr., que costuma improvisar muito durante as gravações. Faltando poucos dias para o começo das filmagens, a equipe se convenceu de que Downey Jr. não servia para o papel. O diretor do filme, Alfonso Cuarón, afirmou: "Robert é um ator incrível, mas os aspectos tecnológicos de 'Gravidade' serão um grande obstáculo para seu estilo de atuação". Quem acabou ficando com o papel foi George Clooney.

Megan Fox - Rosie Huntington-Whiteley

Durante a produção de "Transformers: O Lado Oculto da Lua", Megan Fox e o diretor Michael Bay se desentenderam seriamente. O motivo foi a exigência para que a atriz ficasse bronzeada e ganhasse 4 quilos. Megan disse que Bay era um verdadeiro "Hitler", afirmando ainda que "trabalhar com uma pessoa assim é um pesadelo". A bela foi demitida na hora. O vaga deixada foi ocupada por Rosie Huntington-Whiteley.

Nicole Kidman - Jodie Foster

Nicole Kidman passou 18 dias filmando o papel na mãe no thriller "O Quarto do Pânico", mas precisou abandonar o set. Ela estava se recuperando de uma lesão no joelho, ocorrida quando ela gravava o musical "Moulin Rouge: Amor em Vermelho". Quem se deu bem na história foi Jodie Foster.

Ryan Gosling - Mark Wahlberg

Ryan Gosling não foi demitido durante as filmagens, e sim antes do início dos trabalhos. O fato é que Gosling engordou muito antes da gravação de "Um Olhar do Paraíso", já que era a aparência que o personagem precisava ter. Quem não ficou nada satisfeito com os quilos a mais foi o diretor Peter Jackson, que mandou o ator de volta para casa. O papel caiu no colo de Mark Wahlberg.

Samantha Morton - Scarlett Johansson

Neste caso, não foram as atrizes em si que foram substituídas, e sim suas vozes. No filme "Ela", Samantha Morton emprestou sua voz ao sistema sexual batizado de “Samantha”. Contudo, durante a pós-produção, o diretor Spike Jonze percebeu que a voz de Morton não soava com a de alguém por quem o protagonista Joaquin Phoenix poderia se apaixonar. Assim, Jonze convidou Scarlett Johansson para dar voz à máquina. Tudo o que sobrou de Samantha no longa foi o nome do sistema.

Richard Gere - Perry King

O drama "Os Lordes de Flatbush", de 1974, teria sido a estreia de Richard Gere, então com 25 anos, mas não foi por conta do comportamento do ator no set. Alguns dias antes do início das filmagens, o jovem ator brigou com parte da equipe, chegando às vias de fato com outros integrantes do elenco. A gota d'água foi uma discussão com Sylvester Stallone por uma bobagem. Supostamente, Gere deixou cair de propósito um pedaço de frango nas calças de Stallone. Ele foi demitido logo em seguida, e o protagonista foi interpretado por Perry King.

James Remar - Michael Biehn

Durante as gravações de "Aliens, O Resgate", James Cameron inesperadamente demitiu o ator James Remar, substituindo-o por Michael Biehn. A razão oficial foram as "diferenças criativas". Muitos anos depois, o próprio Remar admitiu que, no início das filmagens, foi preso por posse de drogas. E para cumprir o cronograma, o diretor precisou encontrar outro ator.

James Purefoy - Hugo Weaving

James Purefoy trabalhou de máscara durante 6 semanas protagonizando o filme "V de Vingança". Mas os então irmãos Wachowski (que hoje são mulheres e dirigiram Matrix) perceberam que a voz do ator não era ameaçadora o suficiente, e resolveram demití-lo. Para ficar em seu lugar e dar voz ao ator demitido, a equipe convidou Hugo Weaving, já conhecido pelo trabalho em "Matrix".

Stuart Townsend - Viggo Mortensen

Quando faltavam 4 dias para o começo das gravações, o diretor de "O Senhor dos Anéis", Peter Jackson, passou a considerar o ator Stuart Townsend, que interpretava Aragorn, jovem demais para o personagem. Viggo Mortensen assumiu o posto, tornando-se ainda mais famoso graças à trilogia.

Anne Hathaway - Katherine Heigl

O papel principal do filme "Ligeiramente Grávidos" foi oferecido a Anne Hathaway. Mas ainda no começo dos trabalhos, a atriz descobriu que haveria uma cena de parto no longa. Anne não aceitou participar, brigou com o diretor e fez com que o papel ficasse com Katherine Heigl.

Jean Claude Van Damme - Kevin Peter Hall

Quando Van Damme tinha 27 anos, aceitou interpretar o papel do Predador no filme de mesmo nome (1987), no qual atuou também Arnold Schwarzenegger. Mas 2 dias depois do início das filmagens, Van Damme abandonou o projeto, pois não estava satisfeito com o papel de um alienígena que não falava e que exigia o uso de um figurino quente e de uma máscara incômoda. Mas os produtores não lamentaram muito, pois o Predador interpretado pelo belga era muito mais baixo e magro do que Schwarzenegger, comprometendo o ar ameaçador que o personagem precisava ter. Sem falar que Van Damme brigou com um dublê. Quem ficou com o papel foi Kevin Peter Hall. Falando nisso, neste link você pode ver imagens de arquivo que mostram Jean Claude Van Damme como o Predador.

Kevin Spacey - Christopher Plummer

Os escândalos sobre abusos sexuais em Hollywood minaram recentemente a carreira de Kevin Spacey. A Netflix retirou o ator do elenco da série "House of Cards", da qual o ator era protagonista. O diretor Ridley Scott também decidiu não trabalhar mais com Spacey, excluindo suas cenas do filme "All the Money in the World". Como a estreia do longa foi programada para 22 de dezembro de 2017, as cenas cortadas foram regravadas com um novo ator: Christopher Plummer.

Eric Stoltz - Michael J. Fox

Eric Stoltz interpretou Marty McFly durante 5 semanas, na primeira parte da saga "De Volta para o futuro". Mas segundo o diretor Robert Zemeckis, Stoltz "não possuía algo que tornasse o personagem realmente divertido e memorável". O ator Michael J. Fox aceitou o papel Marty, e o produtor Steven Spielberg imediatamente aprovou o novo candidato. Como resultado, o estúdio precisou regravar o material desde o começo. A estratégia, como sabemos, deu muito certo.

Bônus: Christian Bale foi substituído por DiCaprio e depois chamado de volta

Em 2000, os criadores de "Psicopata Americano" logo de cara aprovaram o então pouco conhecido ator Christian Bale para o papel principal. Mas o já famosão Leonardo DiCaprio se interessou pelo trabalho, fazendo com que Bale fosse demitido junto com a diretora Mary Harron, que defendia a permanência do primeiro ator. Por outro lado, fãs de DiCaprio o convenceram de que tal papel prejudicaria sua imagem, então marcada pelo sucesso de "Titanic". Assim, tanto Christian Bale quanto Mary Harron voltaram ao set, recebendo pedidos de desculpas por parte da equipe.

Imagem de capa kinopoisk, kinopoisk
2-2-
91k