Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Anos após a estreia de “Crepúsculo”, mostramos como os atores estão hoje e o que aconteceu com eles

Não há dúvidas de que a saga cinematográfica Crepúsculo, formada por cinco filmes baseados nos livros escritos por Stephenie Meyer, fez um sucesso astronômico. A cada lançamento, milhões de jovens, crianças e adolescentes apaixonados pelos personagens corriam para acompanhar o desenrolar da história protagonizada por grupos de vampiros. Hoje, passado um bom tempo, os integrantes do elenco seguiram caminhos profissionais bem diferentes entre si.

Nós, do Incrível.club, tivemos a curiosidade de pesquisar sobre o que os atores de Crepúsculo têm feito nos últimos anos, e compartilhamos tudo com você.

1. Kristen Stewart

Apesar de Kristen ter começado a atuar cedo (aos 12 anos ela viveu a filha de Jodie Foster em O Quarto do Pânico, e o sucesso alcançado pelo filme abriu as portas de Hollywood para a garota), foi com o papel protagonista na saga Crepúsculo que ela definitivamente se consagrou na carreira. No longa, Bella Swan se apaixona pelo vampiro Edward Cullen, interpretado por Robert Pattinson. E mexendo ainda mais com os fãs, o romance saiu das telas para a vida real. Na mesma época da saga, Kristen atuou em outro filme de fantasia: Branca de Neve e o Caçador, interpretando a ingênua princesa.

Hoje, com 30 anos, a atriz demonstra estar longe da inocência de Bella e Branca de Neve, e apesar de ter ficado mundialmente famosa com um blockbuster, ela nunca se encaixou no estereótipo hollywoodiano de diva linda e bem-sucedida. A personalidade de Kristen fica marcada não apenas pelo seu estilo punk chic, mas se traduz também nas produções independentes que escolhe para atuar. Recentemente, ela cruzou o Atlântico para participar das gravações de Acima das Nuvens, que rendeu à artista um prêmio César de melhor atriz coadjuvante. Além disso, trabalhou com Woody Allen em Café Society e chegou a encarnar Jean Seberg no filme intitulado Seberg Contra Todos. A forma de atuar de Kristen foi muito associada à da polêmica atriz falecida em 1979, e ela não parece se incomodar com a ligação feita entre elas.

2. Robert Pattinson

Não há como questionar o fato de que o papel principal na saga Crepúsculo catapultou o ator rumo ao estrelato. Nesse período, ele tornou-se mundialmente famoso e as revistas que criam listas de celebridades, como Time Forbes, incluíram Pattinson entre os mais influentes e mais bem pagos do mundo. Contudo, o ator britânico já era bem conhecido na época. Aos 15 anos, ele começou a atuar no clube de teatro de Londres, e algum tempo depois foi escalado para interpretar Cedric Diggory no aclamado filme Harry Potter e o Cálice de Fogo.

No entanto, apesar de ter interpretado papéis em produções comerciais, ele sempre preferiu seguir o caminho do cinema independente. É certamente por isso que seus demais personagens parecem não combinar com o vampiro campeão de bilheteria. Depois de trabalhar em dramas românticos, ele fugiu das produções com orçamentos de grandes proporções para apostar em personagens polêmicos, como o milionário manipulador de Cosmópolis, enveredando também pelo terror e pela ficção científica.

Como se fosse pouco, Pattinson compõe músicas e desde 2015 apoia campanhas voltadas à proteção dos direitos infantis. Recentemente, foi anunciado que ele estrelará a próxima versão cinematográfica do justiceiro de Gotham City: em janeiro deste ano, o ator começou a gravar The Batman, filme dirigido por Matt Reeves que deve chegar aos cinemas em 2021. Pelo visto, ele cedeu aos convites para trabalhar em grandes produções.

3. Billy Burke

Antes de ser o pai de Bella Swan, o ator ficou bem conhecido pelo público no começo dos anos 2000, aparecendo na série de TV 24 Horas e também em Gilmore GirlsFringe — Fronteiras, essa última uma produção de ficção científica. Na mesma época em que interpretava o pai de Bella, participou de A Garota da Capa Vermelha e representou o personagem Miles Matheson, um dos principais no seriado de ficção científica Revolution. Alguns anos depois do fim da saga, ele trabalhou no filme de terror Lights Out. Nos dias de hoje, pode ser visto na série de ação 9-1-1: Lone Star.

Antes de ser ator, Burke foi músico; com 15 anos, já integrava bandas musicais, e foi por conta de um acordo com uma gravadora que ele se mudou para Los Angeles. Porém, a carreira no mercado fonográfico parece não ter decolado.

4. Sarah Clarke

Antes de viver Renée, a imatura mãe de Bella Swan, Clarke foi colega de elenco de Billy Burke na série 24 Horas, produção em que interpretou a personagem Nina Myers. Mas sua estreia nas telas foi no ramo da publicidade, mais especificamente em um comercial da Volkswagen cujo tema era sincronicidade. Depois da saga, e mesmo durante as gravações, ela passou pelo mundo do crime e da espionagem ao viver a agente da CIA Lena Smith na série Assuntos Confidenciais, rodada no Canadá. Hoje, está no elenco de Bosch, ficção protagonizada por um detetive.

5. Justin Chon

Na saga, Chon interpretou Eric Yorkie, colega de turma de Bella. Ele ficou conhecido no meio artístico em 2006, quando encarnou Peter Wu em Wendy Wu: A Garota Kung-Fu. Após terminar as gravações de Crespúsculo, ele protagonizou A Vingança dos Dragões Verdes, produzido por Martin Scorsese, além de outros longas independentes e a série de detetives O Truque de Black, de 2018.

Mas o jovem explorou também outras atividades além da atuação. Desde 2015, ele vem escrevendo e dirigindo ― um de seus filmes, Gook, recebeu vários prêmios, sendo um deles o de melhor diretor ―, mantém um canal no YouTube e é membro do BgA, grupo que faz paródias de K-pop,famoso gênero musical nascido na Coreia do Sul. Além de tudo isso, é coproprietário de uma rede de lojas de roupas na Califórnia. Nas horas livres, pratica surfe, skate e snowboard. Podemos dizer que Justin se dedicou a atividades bem diversificadas desde seu trabalho em Crepúsculo.

6. Michael Welch

Antes de viver Mike Newton, Michael Welch ficou conhecido pelo papel de Luke Girardi na série Joan of Arcadia. Apesar de inicialmente ter feito testes para o papel do vampiro Edward Cullen, no fim das contas acabou interpretando Mike, o amigo apaixonado por Bella, nunca correspondido pela amada. Depois de Crepúsculo, ele foi escalado para protagonizar Z Nation, série pós-apocalíptica lançada em 2014, tendo trabalhado também no filme Boy Meets Girl.

Entretanto, quando analisamos todo o currículo do artista, podemos dizer que seu ponto forte é, sem dúvidas, o tema “produções envolvendo crimes e detetives”. Para ser exato, ele pode ser visto em uma das mais famosas séries de televisão norte-americanas: CSI.: Investigação Criminal, e também em seus spin-offs ambientados em Miami e Nova York. Ele também participou das séries Bones, Grimm, Crossing JordanCriminal Minds.

7. Anna Kendrick

Ao contrário do que aconteceu com a maioria dos seus colegas de elenco em Crepúsculo, o papel de Jessica, uma das amigas da protagonista, está bem longe de ser o mais importante de sua carreira, estando mais para um detalhe em seu extenso currículo artístico. Talvez ela tenha sido a que mais fama alcançou após o fim da saga, e de maneira totalmente independente. A verdade é que, apesar de ela ter vivido um papel secundário em Crepúsculo, sua trajetória já era considerada promissora mesmo antes dessa produção: ainda criança, Anna conquistou o papel principal no musical da Broadway Alta sociedade.

Na mesma época de Crepúsculo, ela foi indicada a um prêmio de melhor atriz coadjuvante por seu trabalho em Amor sem Escalas. E o caminho da jovem rumo ao topo continuou com Um Brinde à Amizade, os musicais Caminhos da FlorestaA Escolha Perfeita e a ácida comédia Um Pequeno Favor. Além disso, ela dublou a princesa dos Trolls, Poppy, no filme Trolls, repetindo o trabalho na sequência Trolls 2. Sua veia musical ficou clara no videoclipe da canção Cups, da primeira parte da franquia A Escolha Perfeita.

Anna já atuou lado a lado com grandes nomes, a exemplo de George Clooney, Meryl Streep e Ben Affleck. E por mais incrível que pareça, ela encontrou tempo para escrever sua autobiografia, intitulada, Scrappy Little Nobody. Atualmente, Anna estrela o seriado Love Life, lançado este ano pela HBO.

8. Christian Serratos

Depois de dar vida a Angela Weber, a melhor amiga humana de Bella, o papel mais importante da atriz foi, sem dúvidas, o de Rosita Espinosa em The Walking Dead. A ficção de terror pós-apocalíptico oriunda das histórias em quadrinhos é uma das mais assistidas dos últimos tempos. No início da carreira, a atriz fez participações menores em produções para a TV e também interpretou a personagem Suzie Crabgrass na série Manual de Sobrevivência Escolar do Ned. Ainda em 2020, a expectativa é de vê-la interpretando Selena Quintanilla na série da Netflix Selena: A Série, que contará a vida da cantora de sucesso.

Na vida pessoal, a atriz promove um estilo de vida vegano e namora com David Boyd, principal vocalista da banda de rock dinamarquesa New Politics.

9. Nikki Reed

Antes de participar da saga como Rosalie Hale, a filha adotiva de Carlisle e Esme Cullen, Nikki Reed ficou conhecida em 2003 por interpretar um dos papéis principais em Aos Treze. Ela é uma das autoras do roteiro, junto com Catherine Hardwicke, que também dirigiu a primeira parte da bem-sucedida franquia dos vampiros. Aos Treze é baseado na vida da própria Nikki, rendendo diversas indicações a prêmios, incluindo ao Oscar de melhor atriz coadjuvante.

Após a saga Crepúsculo chegar ao fim, Nikki participou de outras séries e filmes, mas suas atividades se diversificaram também em outros campos. Ela trabalhou com música, dirigiu clipes musicais e, junto ao então marido, Paul McDonald, lançou dois EPs, batizados de The Best Part (2012) e I’m Not Falling (2014). Há alguns anos, a atriz teve seu primeiro filho com outro “vampiro”, o ator Ian Somerhalder (protagonista da série Diários de um Vampiro). Os dois se casaram em abril de 2015, após Nikki se divorciar de McDonald. Ela fundou sua própria marca de joias sustentáveis, chamada BaYou With Love, que posteriormente passou a oferecer também roupas e produtos de beleza.

A atriz ainda encontra tempo para ser muito ativa nas redes sociais. Em seu perfil no Instagram, ela está sempre mostrando seu jeito relaxado e saudável de viver. Só para dar um exemplo, é comum ela aparecer por lá praticando a chamada acroyoga de maneira impecável.

10. Kellan Lutz

Em Crepúsculo, Kellan Lutz é Emmett, um dos membros do clã de vampiros Cullen. Em 2006, ele tinha estreado no cinema com o filme para adolescentes Virada Radical, mas foi com Crepúsculo que ele conheceu a grande fama em nível mundial. Após a saga, interpretou personagens marcantes (e fortões!). Foi Poseidon em Imortais, emprestou sua voz aos personagens título das produções animadas Tarzan: A Evolução da Lenda e Hércules. Seu trabalho mais recente é como protagonista da série FBI: Most Wanted, que estreou em janeiro de 2020. Nela, Lutz é o agente Kenny Crosby.

Como alguns de seus colegas de elenco, ele integra organizações beneficentes para defender e proteger os direitos das crianças, além de conscientizar as pessoas em relação ao respeito com animais domésticos e aqueles ameaçados de extinção.

11. Ashley Greene

Ella vive Alice Cullen, filha adotiva de Carlisle e Esme Cullen, e uma das personagens mais queridas pelos fãs da série. Antes de conquistar o papel, a atriz não era conhecida no universo da dramaturgia. Enquanto a saga Crepúsculo era produzida, ela estrelou filmes de suspense e de terror, como ManíacosA Aparição, em 2012. Mas de maneira geral, suas participações em seriados e filmes desde então têm sido raras. Uma delas pode ser vista na série Pan Am, que contou com uma única temporada, e o filme O Escândalo, lançado em 2019. Em ambas as produções a atriz aparece em papéis menores.

12. Jackson Rathbone

O ator, que integrou o clã Cullen ao interpretar Jasper Hale, continuou atuando após a saga em filmes como City of Dead MenHeart, Baby!, mas sua energia parece estar voltada principalmente ao ramo musical. Aliás, na mesma época das filmagens, ele fez parte da banda 100 Monkeys, saindo em turnê nos anos de 2010 e 2011. Algum tempo depois, deixou o grupo para investir em sua carreira solo. E foi assim que ele já lançou dois álbuns: American Spirits Blues, no qual mostra seus dons ao tocar diversos instrumentos, como violão, banjo, gaita e bandolin; e outro com uma banda formada com seu filho pequeno, chamada, The Yes No’s, voltada a canções infantis.

Você conhece mais alguma curiosidade sobre os “vampiros” da nossa lista e que nós não mencionamos? Sabe de algum outro integrante do elenco que enveredou por caminhos diferentes do meio artístico? Comente!