Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

11 Erros e imprecisões históricas nos figurinos de séries e filmes famosos

A criação dos figurinos dos heróis do cinema é uma tarefa complexa e envolve uma equipe de dezenas de especialistas das mais diversas áreas. Eles desenvolvem o estilo dos personagens e garantem que os trajes correspondam às características da época em que se passa o longa. Mas, às vezes, até esses profissionais acabam cometendo erros e imprecisões históricas, e os diretores, muitas vezes, optam por deixar o erro passar, em nome da praticidade e da estética.

Nós, do Incrível.club, decidimos analisar o figurino dos filmes de sucesso de Hollywood em busca de imprecisões, e encontramos 11 erros em trajes e falhas de maquiagem para compartilhar com você. Confira!

Três Vidas e Um Destino

Os acontecimentos do filme se passam nos anos 30, ainda assim, ao contrário da moda na época, a personagem de Penélope Cruz aparece usando sobrancelhas naturais. Charlize Theron, por outro lado, estava muito mais ambientada: os maquiadores visivelmente adaptaram suas sobrancelhas aos padrões estéticos daquele período.

The Tudors

É impossível imaginar um traje para os Tudor sem a tradicional braguilha, peça fundamental do vestuário masculino da época. No entanto, os produtores do seriado decidiram abrir mão desse detalhe do figurino, e ainda alongaram as calças do personagem.

Outra imprecisão histórica no seriado são os cabelos soltos de Ana Bolena, que, na verdade, deveriam estar presos em um penteado, seguindo a moda da época, e usando um capuz francês. Em algumas cenas, Natalie Dormer ainda aparece usando um adereço similar na cabeça, contudo em um formato diferente do usado no século XVI.

Amor Extremo

Em uma das cenas, as personagens principais estão brincando e levantando as pernas, momento em que podemos ver Keira Knightley usando meia-calça para corrigir o tom da pele. Contudo, os acontecimentos do filme se dão nos anos 40, antes mesmo das meias-calças modernas terem sido inventadas.

Dirty Dancing — Ritmo Quente

Apesar de a história do filme se passar nos anos 60, tanto os figurinos, como a aparência dos personagens mais se assemelham às tendências da década de 1980. A personagem de Jennifer Grey ostenta cabelos ondulados soltos, enquanto Patrick Swayze usa o característico corte mullet, que só virou moda muito depois.

Vikings, os Conquistadores

Nessa produção, a personagem de Janet Leigh usa um sutiã em forma de cone, que, claro, correspondia perfeitamente à moda dos anos 50. No entanto, na sociedade escandinava medieval, dificilmente alguma mulher usou um sutiã nesse formato.

Emma

Populares no século XIX, os chapéus eram comumente usados ao sair na rua. E para que o acessório não voasse com o vento, ele era amarrado com fitas no queixo. Na mais recente adaptação cinematográfica de Emma, contudo, vemos uma prática completamente diferente. As fitas do chapéu da protagonista estão sempre mal amarradas ou prestes a se soltar. E ainda assim, a garota consegue mantê-lo na cabeça sem que ele caia ou saia voando.

The Virgin Queen

Durante todo o seriado, o personagem de Tom Hardy frequentemente aparece vestindo sua camisa doublet aberta, o que, na época, poderia ser considerado altamente indecente, equivalente a, nos dias de hoje, deixar o zíper da calça aberto.

Mil Séculos Antes de Cristo

Os acontecimentos do filme se desenrolam em uma Pré-história fictícia, onde os heróis, literalmente, lutam para sobreviver: eles enfrentam insetos gigantes, dinossauros e até lagartos. E se os personagens masculinos até correspondem à imagem que temos da aparência de nossos ancestrais pré-históricos, as mulheres têm suas sobrancelhas bem-feitas, cabelos penteados, maquiagem perfeita e pele cuidada, o que, sinceramente, chega a ser cômico.

Maria Antonieta

No filme, os servos presenteiam Maria Antonieta com um par de sapatos incrivelmente bonitos, mas é possível ver a diferença entre o calçado esquerdo e o direito. No entanto, a rainha foi sentenciada à morte em 1793, muito antes desse estilo de sapato ter sido inventado e começarem a utilizar moldes diferentes para o calçado do pé esquerdo e do pé direito.

Troia

As personagens femininas do filme são, de fato, lindas, mas há algumas imprecisões em suas aparências. O fato é que, naquela época, as mulheres gregas costumavam prender os cabelos em um penteado semelhante a um coque depois do casamento, mas as atrizes aparecem durante todo o longa usando seus cabelos soltos.

Bons Costumes

Na escolha dos trajes, os figurinistas do filme não consideraram um fato muito importante. A trama se desenrola nos anos 20 do século passado, quando a silhueta tubular era a tendência e os vestidos retos, pouco justos e sem decote estavam em moda. E para poder combinar com esse visual mais sóbrio, as mulheres ainda vestiam roupas íntimas especiais. No entanto, os produtores optaram por enfatizar às curvas de Jessica Biel, vestindo-a com figurinos mais justos.

Você costuma reparar no figurino dos personagens nos filmes? Já percebeu algum erro, ou acha que eles não contam muito? Conte para a gente na seção de comentários.

Compartilhar este artigo