Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Personagens literários que foram baseados em pessoas reais e em uma baleia

Ler um livro é descobrir um novo mundo, é como empreender uma aventura repleta de surpresas, experiências e ainda um jeito incrível de adquirir conhecimentos e novos vocabulários. Com a leitura também conhecemos jeitos de viver e de pensar de personagens que acabam marcando a nossa vida. Desde aqueles com os quais nos identificamos, por sua personalidade e pelos conflitos vividos, aos vilões mais cruéis. É surpreendente como a imaginação e a criatividade dos autores são capazes de criar personagens tão complexos a partir do nada, mas também é interessante descobrir que alguns são baseados em pessoas de carne e osso. Por esse motivo, a representação dessas pessoas no cinema acaba sendo marcante, mas, claro, com a ajuda de talentosos atores, que deixam sua marca de interpretação primorosa.

O Incrível.club compilou uma lista para mostrar 10 personagens que acabaram nas telas do cinema ou da TV inspirados em pessoas reais e em uma baleia também real. Surpreenda-se!

1. HuckleberryFinn (As Aventuras de Huckleberry Finn)

A origem desse personagem nem sempre foi clara. No entanto, em sua autobiografia, Mark Twain afirma que o garoto é um retrato do seu amigo de infância chamado Tom Blankenship e que o construiu exatamente como era: “ignorante, sujo, desnutrido, mas com um coração tão bom quanto nenhum outro menino”. O que se sabe sobre Tom Blakenship é que ele foi preso por assalto em diversas ocasiões e morreu cinco anos após a publicação do livro As aventuras de Huckleberry Finn.

2. Hazel Grace Lancaster (A Culpa é das Estrelas)

Em 2012, John Green publicou um de seus romances mais famosos, A Culpa é das Estrelas, que narra a história da protagonista, uma garota de 16 anos, Hazel Grace Lancaster, que tem câncer na tireoide. Para criar a personagem, John se baseou na história de Esther Earl, uma garota diagnosticada com câncer terminal aos 13 anos de idade. Esther era vlogger (blogueira de vídeo) e conheceu John on-line, e os dois por certo tempo estabeleceram uma amizade muito forte e enternecedora.

3. Madame Bovary (Madame Bovary)

A protagonista dessa história foi inspirada na vida de uma mulher chamada Delphine Delamare, que Gustave Flaubert descobriu em um recorte de jornal. Delphine era filha de um proprietário de terras francês e viveu na propriedade de sua família, até conhecer Eugéne Delamare, homem viúvo e mais velho do que ela. Eles se casaram, tiveram uma filha, mas Delphine, que teria tido vários amantes, acabou tirando a própria vida em 1848, por se sentir entediada. Flaubert sentiu-se profundamente tocado pelo drama dessa história e decidiu eternizá-la em um romance.

4. Moby Dick (Moby Dick)

A obra de Herman Melville, Moby Dick, além de um romance, é um texto interessante que retrata a indústria baleeira do século XIX. Mas a sua ligação com a realidade não para aí, porque a baleia branca, que tirava o sono do capitão Ahab, por mais sobrenatural que parecesse, não era um produto da imaginação do autor, pois realmente existiu uma baleia conhecida como Moby Dick. Esse animal enorme e de comportamento agressivo acabou se tornando a inspiração perfeita para o livro.

5. D’Artagnan (Os Três Mosqueteiros)

Esse conhecido personagem fictício, criado por Alexandre Dumas e protagonista de diversas aventuras, foi inspirado em Charles de Batz-Castelmore D’Artagnan, que, na verdade, viveu na época de Luís XIV. Ele nasceu no ano de 1611 e pertencia a uma família da baixa nobreza. E era, na realidade, o capitão dos mosqueteiros. D’Artagnan exerceu várias atividades, desde servindo como canal de comunicação entre o cardeal e a rainha, até lutando no campo de batalha. Ele morreu em combate durante a Guerra Franco-Holandesa em 1673.

6. Dean Moriarty (Na Estrada)

O escritor americano Jack Kerouac baseou-se na vida do ícone da chamada geração beat, Neal Cassady, para criar o personagem Dean Moriarty, do romance Na Estrada. Nascido em 1926 nos Estados Unidos, Cassady passou a infância em bairros pobres e se tornou uma referência da contracultura. O jovem foi um incansável aventureiro e apareceu em vários romances de Kerouac e em obras de outros autores sob vários nomes. Cassady faleceu no México, em fevereiro de 1968.

7. Vito Corleone (O Poderoso Chefão)

Amado e odiado, Vito Corleone, protagonista de O Poderoso Chefão, é um personagem baseado em vários chefes (capos) da máfia italiana, incluindo Vito Genovese, Joe Profaci, Carlo GambinoAngelo Bruno. Embora o autor do livro homônimo, Mario Puzo, também tenha afirmado que a sua maior inspiração foi sua mãe, de personalidade “implacável e ao mesmo tempo que inspirava muito carinho”. Essa incrível história nos mostra como a criatividade dos autores realmente não tem limites.

8. Patrick Bateman (Psicopata Americano)

O autor Bret Easton Ellis disse que Tom Cruise foi uma forte influência para a criação do personagem Patrick Bateman, um yuppie (estereótipo da juventude urbana) assassino de Manhattan e protagonista do livro O Psicopata Americano, que também foi adaptado ao cinema. Mas não significa que Tom Cruise seja um assassino ou algo parecido, mas sim que Ellis achou que a personalidade um tanto egocêntrica do ator era perfeita para descrever o personagem. Até mesmo o ator Christian Bale disse que se inspirou no comportamento do seu colega para desenvolver o protagonista.

9. Harry Potter (a saga de Harry Potter)

Harry Potter é um dos bruxos mais famosos de todos os tempos e sua autora, J. K. Rowling, disse que o jovem de óculos foi inspirado em Ian Potter, um vizinho que cresceu no mesmo bairro que o dela. Ian costumava brincar vestido como um mágico e isso já foi o suficiente para inspirar a escritora. De fato, quase todos os personagens da saga de Harry Potter foram inspirados em pessoas reais, que fizeram parte da vida de J. K. Rowling.

10. Hardin Scott (After)

Anteriormente, os livros inspiravam os fãs, mas, graças à tecnologia e às novas plataformas, agora pode acontecer o oposto: os fãs escrevem livros. E é o caso de After, um romance escrito por Anna Todd, que começou apenas como uma fanfiction. Um dos personagens principais, chamado Hardin Scott, foi baseado no cantor Harry Styles, mundialmente famoso por pertencer à banda One Direction. Anna era tão fã do grupo, que começou a escrever uma história no Wattpad (um aplicativo que permite compartilhar histórias com outras pessoas). Sua narrativa foi tão bem-sucedida que acabou sendo publicada por uma editora e levada ao cinema.

Você consegue imaginar seu vizinho como um vilão em uma história de terror? Ou algum amigo em uma história de comédia? Quais outros personagens literários você conhece e que existiram na vida real? Deixe sua opinião nos comentários!