Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10+ Evidências de que a vida de ator não é nada fácil

----
577

Quando estamos nos divertindo assistindo a um filme, nem imaginamos o trabalho duro por trás de todo o processo. Um dia inteiro de filmagens, equivale a aproximadamente 1-4 minutos de tempo de tela, e ainda, os atores passam 5-8 horas sendo maquiados para filmar uma única cena. A vida é dura para o pessoal que trabalha no mundo do cinema e, às vezes, os diretores levam o processo de filmagem para outro nível, como James Cameron que recolheu os celulares de todo o elenco de “Avatar”.

Incrível.club coletou histórias por trás dos bastidores de como os filmes são feitos e todo o processo envolvido. Acompanhe, isso vai muito além da nossa imaginação.

1. James Cameron colocou o elenco de “Avatar” para morar em uma selva e recolheu todos os celulares

James Cameron é um dos maiores perfeccionistas de Hollywood, e sua equipe tem que suar bastante. Zoe Saldana, que interpretou Neytiri em “Avatar”, disse que antes do início das filmagens, Cameron levou os atores ao Havaí, onde eles tiveram que viver por 4 dias na selva, seminus, pulando entre árvores e comendo apenas os peixes que conseguiam capturar. A atmosfera selvagem, segundo o diretor, ajudaria os atores a entrar no clima e se acostumar com o papel.

No estúdio de filmagem, Cameron tinha uma pistola de pregos na mão: se o telefone de alguém tocasse durante as filmagens, ele recolhia e pregava na parede.

2. Durante a filmagem do filme “A Paixão de Cristo”, o ator principal foi atingido por um raio

O ator que interpretou o papel de Cristo, James Caviezel, não teve que fingir sofrimento: ele realmente o experimentou. Apesar de as filmagens terem sido realizadas no inverno, o ator vestia apenas uma pele de leão; além disso, ele levou uma chicoteada para que houvesse uma cicatriz no seu ombro; e a cruz, que o intérprete carregava no Calvário pesava 70 kg. Se você pensa que não pode piorar, espere um pouco, durante a filmagem da cena do Sermão do Monte da Vizela, o ator foi atingido por um raio. Felizmente, isso não lhe causou nenhum dano sério, e alguns consideraram como um sinal divino.

3. Daniel Day-Lewis em “Gangues de Nova York” estava usando no olho uma prótese de vidro especial

Bill “The Butcher” Cutting que foi interpretado por Daniel Day-Lewis, tinha um olho de vidro. O ator teve que usar uma prótese de vidro na íris, porque na história, seu personagem teve que bater no olho usando a ponta de uma faca. E o ator conseguiu fazer isso sem piscar.

No mesmo filme, durante a filmagem de uma das cenas, Leonardo DiCaprio acidentalmente quebrou o nariz de Day-Lewis, mas ele continuou atuando sem ceder à dor, e ficou muito satisfeito por a cena ter sido tão bem-sucedida.

4. O batmóvel do filme “Batman Begins” se envolveu em um acidente real

Enquanto filmava nas ruas de Chicago, um carro bateu inesperadamente contra o batmóvel. O motorista estava aparentemente bêbado, e explicou à polícia que bateu no batmóvel por instinto de pânico, porque ele pensava que o veículo era uma nave alienígena que estava invadindo o planeta.

5. Jim Carrey teve que passar por um treinamento de tortura para filmar “O Grinch”

Jim Carrey levava pelo menos 2 horas para finalizar o processo de aplicação da maquiagem para desempenhar o papel de Grinch. Não surpreendentemente, era extremante difícil para o ator permanecer imóvel por tanto tempo. Além disso, o traje feito de elastano e lã era bem desconfortável, e o processo de colocar as lentes de contato que davam o aspecto amarelado causavam muita dor no ator. Para sobreviver aos três meses de filmagem, Carrey foi forçado a receber um treinamento de um especialista que treina agentes da CIA para suportar tortura.

6. A produção do filme “Batman — O Cavaleiro das Trevas” teve que montar e desmontar um ônibus dentro do local de filmagem

A cena do assalto ao banco foi filmada no antigo prédio dos correios de Chicago. Para fazer isso, a produção desmontou e remontou o ônibus inteiro na sala, que apareceu na cena. Era impossível destruir a parede real do prédio, então eles construíram uma falsa no interior do prédio e esconderam o ônibus atrás dela, no momento certo, o veículo foi jogado com ajuda de um superpoderoso ventilador.

7. O medo no rosto de Alan Rickman em “Duro de Matar” é real

Para filmar a cena da queda de Hans Gruber, o vilão do filme “Duro de Matar”, Alan Rickman teve que ser convencido por um logo tempo a pular para trás de certa altura: até os dublês profissionais não gostam dessas cenas. Além disso, ficou combinado que o cabo conectado a Rickman seria solto quando contasse até 3 e o ator teria tempo para se concentrar para fazer a cena. A equipe o enganou, e Alan foi puxado no primeiro segundo. Portanto, o medo em seu rosto é absolutamente genuíno.

8. O monstro em “Stranger Things” foi interpretado por este homem à esquerda

A Netflix publicou uma foto em seu Instagram que mostra o ator que interpretou o monstro na terceira temporada de “Stranger Things”. Foi na frente desse simpático homem que os atores principais tiveram que demonstrar um tremendo medo, o que serve como mais uma prova de como eles são incrivelmente talentosos. Confira o vídeo do monstro.

9. O Código dos Piratas no filme “Piratas do Caribe” foi feito à mão e pesa 36 kg

No filme “Piratas do Caribe: No Fim do Mundo” foi apresentado o Código dos Piratas, um código de prática e regras que todos os piratas deveriam seguir. Um especialista em manuscritos antigos foi convidado para desenvolvê-lo, e os escritores estudaram livros antigos para se inspirarem e imaginarem como seria a vida de um pirata. Como resultado, o design do livro captou o verdadeiro espírito dos piratas: manchas de sangue e vinho, restos de sementes e cinzas de tabaco compuseram as páginas de pergaminho do código de conduta. O livro tinha de tudo, desde receitas de cerveja até os endereços dos bordéis em Singapura, e claro, o principal, instruções de como atacar um navio ou um castelo.

10. Nos estúdios de “Harry Potter”, 14 carros da Ford foram batidos e o 15º foi roubado bem no set de filmagens

O papel do Ford Anglia de 1992, o carro voador de Arthur Weasley, foi “desempenhado” por vários carros idênticos ao mesmo tempo. Durante as filmagens da cena com o salgueiro, 14 modelos foram destruídos, e o último sobrevivente, apesar de estar em más condições foi roubado dentro do estúdio. A polícia até hoje não sabe quem é o culpado. Ou foram fãs de Harry Potter ou colecionadores de carro antigos, vai saber.

11. A neve nos filmes antigos costumava ser feita com amianto, um composto cancerígeno

Até a década de 1920, o algodão era usado como neve em Hollywood, até que um dos bombeiros sugeriu trocar esse material altamente inflamável por amianto refratário. As fibras brancas e macias do amianto industrial foram usadas nos filmes até os anos 1950. Por exemplo, em “O Mágico de OZ”, não apenas a neve era feita de amianto, como também a vassoura mágica e o traje do espantalho inteiro. Apenas anos mais tarde, foi descoberto que a inalação do pó desse composto causa câncer de pulmão.

Bônus: como foi filmado “O Grande Hotel Budapeste”

Qual filme você tem curiosidade para saber mais sobre os bastidores? Conte para a gente nos comentários.

Imagem de capa netflix / Instagram
----
577
Compartilhar este artigo