Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Viajei para mais de 190 países e estou pronto para compartilhar algumas curiosidades inusitadas encontradas nos mercados e feiras ao redor do mundo

4-31
15k

Olá! Meu nome é Mikhail Zarubin e viajei por todo o mundo para visitar os cantos mais misteriosos do planeta onde muitos turistas não ousam nem pensar em explorar. Durante minhas aventuras, encontrei muitas coisas inusitadas, tradições e segredos que só podem ser descobertos visitando-se o epicentro da vida local — as feiras e mercados centrais.

Especialmente para o Incrível.club, contarei sobre algumas das curiosidades que mais me impressionaram em diferentes partes do mundo. Confira!

Feira dos lavadeiros, Costa do Marfim

No centro da maior cidade da Costa do Marfim, Abidjan, há um parque nacional por onde flui um pequeno riacho estreito e não muito limpo. Lá funcionam verdadeiras lavanderias a céu aberto operadas apenas por homens. Muitos jovens ganham dinheiro lavando roupas no rio enquanto as mulheres ficam cuidando da casa, pois esse trabalho é considerado exclusivamente masculino e, até certo ponto, prestigiado.

Para se tornar um verdadeiro lavadeiro, o iniciante deve trabalhar de graça por 3 anos até aprender o ofício pesado de lavar roupas em pneus velhos. E a receita secreta de um sabão cinza utilizado por eles é um segredo familiar transmitido através de gerações, de pai para filho.

Medina, Marrocos

Medina, no Marrocos, significa uma área urbana cercada por muralhas, mas, na realidade, aparenta como qualquer bairro comercial central de qualquer cidade grande. Os mercados marroquinos são sempre uma mistura de cores e aromas. Só não entendia apenas uma coisa: como os mercadores conseguem empilhar verdadeiras pirâmides de tempero tão altas. Acontece que dentro delas está escondido um cone de ferro comum sob o qual os temperos são colocados de forma a aparentar espetacular aos olhos dos visitantes.

Mercado central de Phnom Penh, Camboja

No mercado central da capital do Camboja, no espaço estreito entre as barracas que vendem frutas e legumes, é possível encontrar pessoas cortando o cabelo. Outra coisa interessante é que motocicletas usam essas passagens estreitas entre as barracas como se fossem ruas. E como normalmente não há geladeiras na feira, os feirantes simplesmente molham as carnes com água para que elas não apodreçam no balcão sob um calor de 40 ºC .

Mercado flutuante em Bangkok, Tailândia

Bangkok é frequentemente chamada de Veneza oriental por causa da abundância de canais que envolvem a capital. Existem vários mercados flutuantes, e o maior deles, Damnoen Saduak, está localizado a 100 km de distância da cidade. Foi nesse mercado que um dos filmes de James Bond foi filmado, assim como várias outras produções hollywoodianas. O lugar atrai muitos diretores e turistas pela sua atmosfera única.

Hargeisa, Somalilândia

Hargeisa é a capital de um Estado não reconhecido dentro da Somália, na África. A Somalilândia se separou da Somália em 1991, mas a comunidade internacional ainda não reconheceu a independência do país. Nos últimos anos, a moeda local se depreciou tanto que 1 dólar vale 9 mil shillings.

Para comprar alguns itens para um jantar modesto no mercado, é preciso um carrinho inteiro cheio de dinheiro. Portanto, hoje em dia, até mesmo na vila mais remota você pode pagar usando apenas um telefone celular, mesmo que esteja sem internet — basta enviar uma mensagem com alguns números e o código pessoal do vendedor. Os clientes simplesmente transferem dinheiro de uma conta móvel para outra. Praticamente ninguém mais usa dinheiro em espécie na região. Por isso, a Somalilândia caminha para ser o primeiro país (embora não reconhecido) a abolir o dinheiro em espécie no mundo.

O mercado de rua de Chandni Chowk, Índia

Chandni Chowk é uma área densamente povoada e com um enorme e famoso mercado na cidade velha de Deli. As barracas estão cheias de especiarias coloridas, frutas secas, doces e o ar cheira a incenso. No entanto, a imensa quantidade de ratos que corre entre as barracas, lojas e os pés dos visitantes estraga toda a experiência. Os habitantes locais não prestam atenção a eles e tratam os roedores com equanimidade, explicando aos turistas que as pessoas ali são apenas visitantes, e os ratos são os verdadeiros proprietários do lugar, pois moravam lá antes mesmo do aparecimento dos seres humanos.

Mercado de peixes dourados, Hong Kong

Para os chineses, os peixes dourados trazem felicidade e prosperidade, portanto todo mundo deve ter um em casa. Em um dos distritos de Hong Kong, você pode encontrar um mercado enorme, onde milhares de peixes de todos os tipos e tamanhos são vendidos. Além disso, nesse mercado também há tartarugas, crocodilos, e outras espécies aquáticas exóticas que dificilmente seriam encontradas em zoológicos ou aquários.

Mercado de Moroni, Comores

Este mercado em Comores, um pequeno país insular próximo à costa leste da África, parece bastante comum. Legumes e frutas simples, como em qualquer lugar. Mas existe um porém: os moradores do país ainda acreditam que você pode roubar a alma de uma pessoa através de uma foto, por isso, é proibido fotografar ali.

Mercado das Bruxas, Bolívia

O mercado das Bruxas é o lugar mais místico de La Paz, a capital da Bolívia. É amplamente conhecido na América do Sul por vender tudo que é necessário para a realização de rituais de bruxaria, desde poções mágicas até estranhos cones coloridos que, segundo prometido pelos vendedores, podem enfeitiçar a pessoa amada, trazer boa sorte e até prosperidade.

Carrinhos, casas de boneca e dinheiro falso são vendidos ali, mas, certamente, não para o público infantil. Acredita-se que adquirir tais lembrancinhas nessa feira permita que você realize o sonho de comprar um carro, uma casa ou até alcance a prosperidade financeira.

Bamako, Mali

Outro mercado místico interessante está localizado na África, mais precisamente em Bamako, capital do Mali. Apesar de mais da metade dos habitantes do país ser composta por muçulmanos, nessa feira você pode encontrar vários materiais para práticas de vodu. As opções são bastante diversas: há ossos, caveiras, carcaças secas de vários animais e ervas medicinais.

Qual foi a coisa mais incrível que você já encontrou enquanto viajava em outro país? Costuma visitar os mercados e feiras locais? Conte para gente na seção de comentários.

Imagem de capa Pixabay
4-31
15k