Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Filmes cujo final foi mudado pouco antes da estreia

Dá pra imaginar filmes como ET, Titanic e Uma Linda Mulher com finais diferentes dos que conhecemos? Bem, talvez você não saiba, mas muitos desses clássicos tiveram seus roteiros mudados pouco antes da estreia, como você confere a seguir:

12. Alien, o Oitavo Passageiro

O clássico de 1979 de Ridley Scott era mais sombrio que o que vimos no final. De acordo com o roteiro original, na batalha entre o homem e o "Alien", este último ganha. Mas, depois de verem a versão original, os produtores convenceram o diretor a voltar a gravar a última cena, o que deu aos fãs dos filmes em sequência uma história interessante.

11. E.T. – O Extraterrestre

Steven Spielberg não imaginava muito bem como seria uma forte amizade entre um garoto e um extraterrestre. De acordo com sua ideia, E.T. tinha de morrer abandonado não só por seu amigo terrestre Elliot, como por toda a humanidade. Spielberg decidiu testar esse final com exibições para pequenas plateias.

Diante da péssima reação do público, que ficou aterrorizado, o Estúdio Universal decidiu mudar a história, dando a ela um final feliz.

10. Guerra Mundial Z

Os produtores previram que esse filme seria um fracasso. Mas as expectativas não se concretizaram e o filme arrecadou 540 milhões de dólares em todo o mundo, maior bilheteria de Brad Pitt até então. A cena final do filme de suspense iria se desenvolver na Praça Vermelha de Moscou, onde o personagem de Pitt voltaria a lutar com zumbis. E a esposa do personagem tentava escapar das mãos dos mortos-vivos num campo de refugiados. Essa opção quase foi filmada, mas o diretor Damon Lindelof, resolveu mudar o final, dando ao filme um desfecho otimista. O resultado foi uma demora de 6 meses e um aumento nos custos que acabou compensado pela bilheteria.

9. Uma Linda Mulher

Este conto de fadas moderno deveria, na verdade, ser um drama obscuro. Segundo a história original, a encantadora Vivian não só trabalhava como prostituta, como também era viciada em drogas. Por sua vez, o magnata das finanças, Edward (Richard Gere), seria um mau caráter. O título provisório do filme era "3.000', representando os 3 mil dólares que o magnata ofereceria à prostituta pelo programa. E é claro que o final feliz não estava previsto. Na versão original, o personagem de Gere, num gesto nada elegante, empurra a garota de um carro de luxo, jogando o dinheiro sobre ela. Vivian escapa desesperada, chega em casa e se injeta uma dose letal. Você está chocado? Pois nós também.

Mas, como um bom filme produzido pela Disney, a história acabou sendo reescrita como um conto de fadas moderno e que fez o maior sucesso.

8. 007 - Permissão para Matar

Uma situação curiosa e muito difícil de acreditar aconteceu com o filme número 16 sobre James Bond, já na fase de pós-produção. Os produtores planejavam estreá-lo com o nome "Licença Revogada", mas como se viu depois, o público simplesmente não entendia o significado da palavra "revogada". Muitos inclusive a relacionavam, de alguma maneira, com a licença para dirigir. Tiveram de mudar o título e retirar centenas de cartazes e outros itens de promoção.

7. Eu Sou a Lenda

Para esse filme apocalíptico sobre zumbis, desde o início foram gravados 2 finais que interpretavam o desfecho da história de diferentes maneiras.

A versão trágica prevaleceu e os fãs ficaram tristes, mas, ao mesmo tempo, orgulhosos pela coragem do protagonista, que se sacrifica diante de uma multidão de mortos-vivos.

A outra versão tinha um sabor completamente diferente.

Desta maneira o diretor quis mostrar ao público que os zumbis também sentem afeto e protegem seus entes queridos.

6. Titanic

Você consegue imaginar o maior sucesso de James Cameron com outro final? É difícil acreditar, mas inicialmente existiam outros 45 minutos de um trágico desenlace do filme.

Metade desses 45 minutos eram dedicados à luta do personagem de Leonardo DiCaprio, Jack Dawson, com o guarda-costas de Cal, Billy Zane. Os sortudos que viram as projeções de testes disseram que a cena era "muito lenta" e arruinava o ritmo dinâmico do filme. Além disso, uma luta tão longa numa situação em que o navio está afundando não soaria real.

O final do filme também não agradou a audiência. Em vez da dramaticidade que todos conhecemos, originalmente havia uma versão cômica. Na parte da frente do barco, o caçador de tesouros Brock Lovett convencia a já envelhecida Rose a lhe dar o colar, mas a pedra de qualquer maneira acabava debaixo da água.

5. A Identidade Bourne

Você se lembra do doce e romântico desfecho de "A Identidade Bourne" ? Antes de mostrar a versão conhecida de final do mítico filme nas telas de cinema, os diretores pensaram em uma cena com mais doçura. Bourne caminha com uma foto nas mãos, ao longe vê a sua amada e eles correm um em direção ao outro.

4. Rambo: Programado para Matar

Carolco Pictures

Uma longa história sobre um veterano de guerra do Vietnam poderia terminar no primeiro capítulo. Segundo o romance homônimo de David Morrell, o personagem principal morre nas mãos do coronel Trautman.

Mas, se acabasse por aí, Rambo (e suas seuências) não seria o sucesso que foi. A franquia foi salva por exibições teste cujo resultado indicou que a audiência não queria a morte do fortão logo no primeiro filme.

O diretor Ted Kotcheff imediatamente optou por fazer um novo final. Rambo sobreviveu e a história continuou com mais dois filmes, batendo recordes de bilheteria.

3. Premonição

Mais um caso de filme salvo por exibições-teste. O primeiro capítulo terminaria com a morte do protagonista e o nascimento de seu filho. É lindo, inspirador, mas sem indícios de uma possível continuação. Por isso, os espectadores do teste votaram contra o final feliz. Com o quarto capítulo aconteceu justamente o contrário. Os criadores do filme matavam todos os personagens com requintes de crueldade. Mais tarde essa opção seria substituída por uma versão menos sangrenta.

2. Efeito Borboleta

Para um filme com um enredo tão complexo como "Efeito Borboleta" seria possível iniciar vários desfechos terríveis. O mais reduzido é um em que Evan, o personagem principal, se transporta para o momento de seu nascimento e morria. Além desse, foram filmados outros três finais possíveis e relacionados uns com os outros. No primeiro, o personagem principal se torna um psicólogo de sucesso e se encontra com Kayleigh, já mais velha, mas os protagonistas se afastam olhando um para o outro. No segundo, Evan dá meia volta e segue a Kayleigh. No terceiro, os dois se viram ao mesmo tempo e começam a conversar.

1. O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final

Carolco Pictures

Você se lembra da última cena deste clássico? A despedida do menino com o T-800, sua expressão sombria e "a morte" do programa de computador. Tudo isso foi simplesmente doloroso. Mas os diretores queriam ir ainda mais longe e apresentar aos expectadores a corajosa Sarah Connor e ao novo senador da cidade John Connor. O estúdio, no entanto, insistiu em cortar as últimas cenas para que nos cinemas absolutamente todos chorassem com o desfecho oficial.